quinta-feira, 18 de junho de 2020

O inquérito continua no STF

Com 10 votos a 1, STF considera legal inquérito das fake news
Dez ministros votaram pela legalidade da ação que investiga notícias falsas e discursos de ódio contra o STF. Apenas ministro Marco Aurélio foi contra
Márcio Neves, Do R7
Maioria dos ministros do STF consideraram legal o inquérito das fake news

O STF (Supremo Tribunal Federal) aprovou pela maioria de votos nesta quinta-feira (18) a validade jurídica e continuidade do inquérito das fake news que investiga a produção e divulgação de notícias falsas e difamação contra membros da corte.

Dez dos 11 ministros votaram favoráveis a investigação, sendo que apenas o ministro Marco Aurélio foi contra e criticou a investigação. "É um inquérito do fim do mundo, sem limites", afirmou Marco Aurélio.

O julgamento, que durou três sessões do STF, foi retomado nesta quinta para a leitura dos votos de Marco Aurélio, do ministro Celso de Mello, e do presidente da Corte, o ministro Dias Toffóli, e foi encerrado as 17h12 com a proclamação do resultado.

Nenhum comentário: