terça-feira, 16 de junho de 2020

Eita!

Ministro do Supremo quebra sigilo fiscal de dez deputados e um senador
A decisão se deu no âmbito do inquérito que apura a organização de financiamento de atos considerados antidemocráticos, como o que pede o fechamento do Supremo.
EquipeFocus
Dez deputados e um senador, todos ligados ao bolsonarismo, tiveram seus sigilos fiscais quebrados por determinação do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal. A decisão se deu no âmbito do inquérito que apura a organização de financiamento de atos considerados antidemocráticos, como o que pede o fechamento do Supremo. A informação foi obtida pela Estadão nesta terça, 16, e publicada pelo jornalista Fausto Cabral. No entanto, a decisão do ministro, que conduz as investigações, foi tomada no dia 27 de maio.

Veja a lista dos dez

Junior do Amaral, deputado federal (PSL-MG)
Otoni de Paula, deputado federal (PSC-RJ)
Caroline de Toni, deputada federal (PSL-SC)
Carla Zambelli, deputada federal (PSL-SP)
Alessandra da Silva Ribeiro, deputada federal (PSL-MG)
Beatriz Kicis, deputada federal (PSL-DF)
Coronel Girão, deputado federal (PSL-RN)
José Guilherme Negrão Peixoto, deputado federal (PSL-SP)
Aline Sleutjes, deputada federal (PSL-PR)
Aroude de Oliveira, senador (PSC-RJ)

Nenhum comentário: