terça-feira, 19 de maio de 2020

Que todos que queiram possam usar. E a vida segue.

Opositores de Bolsonaro já adotam cloroquina contra covid-19, mas sem alarde
Governadores de vários estados já definiram protocolo de uso da cloroquina contra coronavírus
CláudioHumberto - DiáriodoPoder
Opositores de Bolsonaro já adotam cloroquina contra covid-19, mas sem alarde
Todos chamaram Bolsonaro de "irresponsável", mas adotaram a cloroquina: Paulo Câmara (PSB-PE), Flávio Dino (PCdoB-MA), Waldez de Goes (PDT-AP), Renan Filho (MDB-AL) e Camilo Santana (PT-CE).

Enquanto se repete a ladainha de que a ciência ainda não aprovou o uso da cloroquina contra Covid-19, políticos que acusavam o presidente Jair Bolsonaro de “irresponsabilidade” pela discussão pública do assunto, já adotam o uso do medicamento. Alguns admitem isso publicamente, como os governadores do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), de Alagoas, Renan Filho (MDB), do Tocantins, Mauro Carlesse (DEM) e do Amapá, Waldez Goes (PDT), que introduziram a cloroquina no protocolo de tratamento da doença, mas a maioria, embora use, não admite isso.


Em São Paulo, Roberto Kalil e David Uip, médicos famosos, foram salvos pela cloroquina. Mas só Kalil o admitiu, sem medo de irritar João Doria.

KIT BOLSONARO

Prefeituras no Pará de Helder Barbalho (MDB), crítico do presidente, já distribuem o “Kit Covid-19” com cloroquina e outros medicamentos.

EUA JÁ ADOTARAM

Presidente dos EUA, Donald Trump contou que usa preventivamente a cloroquina, “como fazem os médicos e enfermeiros na ponta”.

SEM SAIR DO PERSONAGEM

O uso crescente da cloroquina parece confirmar que o objetivo continua sendo o de salvar vidas, mas sem esquecer o interesse político-eleitoral.

Nenhum comentário: