quinta-feira, 28 de maio de 2020

Procuradoria Geral da República investiga governadores

COMPRA DE RESPIRADORES Folha revela que João Azevedo (e mais sete) está sendo investigado pela PGR
Helder Moura
João Azevedo, além de João Dória (SP), Wilson Witzel (RJ) e mais cinco governadores estão sendo investigados pela Procuradoria-Geral da República por supostas irregularidades em contratos celebrados durante a pandemia do novo coronavírus na compra de equipamentos e serviços. A informação é da edição desta quarta (dia 27) da coluna de Mônica Bergamo (Folha de São Paulo).
Segundo a Folha, a PGR fez uma avaliação preliminar sobre as acusações contra os oito governadores e decidiu encaminhar todo material “ao STJ (Superior Tribunal de Justiça) um pedido de autorização para a abertura de inquérito”. Devido à prerrogativa de foro, governadores só podem ser investigados formalmente depois de autorização do STJ. O jornal informou que alguns requerimentos já estão no tribunal.

A coluna revela que também estão sendo investigados Wilson Miranda Lima (AM) e Helder Barbalho (MDB). Os demais não foram explicitados. (Mais em https://bit.ly/2X5bxmv)

Witzel – A Polícia Federal realizou, nesta terça (dia 26), buscas no Palácio das Laranjeiras, residência oficial do governador Wilson Witzel, como parte da Operação Placebo, que investiga suspeitas de desvios na Saúde do Estado nas ações de combate ao novo coronavírus.

Os agentes também fizeram buscas no Palácio Guanabara, sede do governo, na casa onde Witzel morava antes de ser eleito, no Grajaú, e no escritório de advocacia onde trabalha a primeira-dama, Helena Witzel.

Nenhum comentário: