quarta-feira, 11 de março de 2020

Existem crise e crise...

Resultado de imagem para carne no açougue baixou
Onde foi parar a Grande Crise da Carne? Sumiu, ninguém viu
Colunista adverte: público não vai acreditar mais na imprensa se continuar sendo informado de crises que não existem
J.R.Guzzo - Metrópoles

Alguém por aí se lembra da crise da carne, que ainda há umas poucas semanas estava ameaçando o Brasil, os brasileiros, a alimentação popular, a taxa de inflação, o bem de todos e a felicidade geral da nação? Pois é: o que aconteceu com a Grande Crise da Carne, por conta da forte alta de preços no atacado e no varejo, durante dias seguidos?

O que aconteceu foi o seguinte: quando os preços estavam subindo, o assunto era um dos interesses mais urgentes da mídia. A cada dia, novas manchetes, e a cada telejornal, apresentadores com cara de apocalipse anunciando: “Hoje, o preço da carne subiu mais tanto e bateu o recorde de ontem”, etc. etc. Quando os preços começaram a cair, como era inevitável que cairiam, não saiu praticamente nenhuma notícia dizendo: “Hoje, o preço da carne baixou mais tanto”.

Resultado: só houve a crise na carne, e não houve o fim da crise da carne. O assunto simplesmente sumiu – e o público, que havia sido mal informado sobre o aumento dos preços, não foi informado sobre a sua redução. Soube dos preços indo ao açougue, e não pela mídia.

Os veículos de comunicação já vão mal das pernas, em termos de credibilidade. As notícias só existem quando abrem espaço para se dizer que tudo vai mal – e que a culpa deve ser do governo. Se não é assim, não interessa. O público não vai acreditar mais na imprensa se continuar sendo informado de crises que não existem.

Nenhum comentário: