domingo, 8 de setembro de 2019

Que o nosso Zé Paulo descanse em paz.

VÍDEO: Advogado lamenta morte de cantor cajazeirense e revela descuido dele com a saúde após cirurgias
De acordo com o advogado Luiz Humberto, o cantor será sepultado na cidade de Arapeí, em São Paulo, onde moram sua mãe e irmãos, e não em Cajazeiras
Jocivan Pinheiro - DiáriodoSertão

O advogado Luiz Humberto falou no programa Olho Vivo sobre a morte do seu sobrinho, o cantor cajazeirense Paulo Porto, que lutava contra um câncer na garganta há cerca de três anos e faleceu nesta sexta-feira (06) em um hospital de São Paulo.

Paulo Porto gravou pelo menos três discos e chegou a se apresentar em programas de TV de sucesso nos anos 80 e 90, como o Clube do Bolinha.

Segundo o advogado, Paulo Porto será sepultado na cidade de Arapeí-SP, onde moram sua mãe e irmãos, e não em Cajazeiras, onde reside uma filha dele.

“Surgiram até comentários de que ele poderia vir para Cajazeiras. Não. Ele vai ser sepultado em Arapeí. Nós temos apenas que lamentar e rezar por ele”, disse o advogado.
O cantor cajazeirense Paulo Porto faleceu na sexta-feira (06)

Luiz Humberto conta que Paulo Porto passou por duas cirurgias, mas não seguia recomendações dos médicos. Uma delas era não consumir bebida alcoólica, sobretudo gelada.

Para o advogado, Paulo Porto deixa sua alegria como principal legado: “Paulo deixa um legado de alegria e de grande saudade. Onde ele chegava, contava piadas. Deixou dois ou três CD’s e onde chegava era atração, era aquela pessoa que se dava bem com todo mundo e ria de todo mundo. O maior legado dele vai ser a alegria”.

Nenhum comentário: