sábado, 14 de setembro de 2019

É mesmo, né?

Táxi getulista
DiáriodoPoder
O presidente Getúlio Vargas queria fincar o PTB em solo paulista e mandou a sobrinha Ivete Vargas se candidatar a deputada federal por São Paulo.

Eleita com o peso do sobrenome ilustre, ela pegou um avião e seguiu para a capital do Estado. Ao desembarcar, um jornalista logo a provocou:

“Como explica votação tão expressiva conhecendo São Paulo tão pouco?”

Ela respondeu: “Deve haver algum engano de sua parte. Eu fui candidata a deputada federal e não a chofer de táxi…”

Nenhum comentário: