quarta-feira, 17 de julho de 2019

Sem energia?

MEC anuncia processo contra ‘má gestão’ na UFMT
RenovaMídia
Após corte de luz em universidade federal, MEC anuncia processo contra “má gestão”.

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, afirmou, nesta terça-feira (16), que irá tomar medidas administrativas e judiciais contra “envolvidos pela má gestão” da Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT).

A decisão foi tomada após a instituição federal de ensino ter o fornecimento de energia cortado por falta de pagamento.

Em nota, a pasta afirma que o ministro Weintraub vai adotar medidas emergenciais para restabelecer a energia nos campi da UFMT e que, quando soube da iminência do corte na quinta-feira (11), autorizou o repasse de R$ 4,5 milhões à instituição, informa o jornal Folha.

A dívida com a concessionária de energia, que segundo a nota foi herdada do governo anterior, seria de R$ 1,8 milhão. A UFMT ainda não se pronunciou sobre esta questão.

Nenhum comentário: