terça-feira, 16 de julho de 2019

A delação deve ter sido bem proveitosa para os fins da Operação Calvário...

Operação Calvário não parou: Louzada ganha prisão domiciliar
MarconeFerreira.com

Engana-se quem pensa que a investigação da Operação Calvário está parada. Nesta terça-feira (16), teve uma movimentação a partir da Paraíba, através de uma decisão do desembargador Ricardo Vital, que concedeu liberdade a Michelle Louzada.

Michelle Louzada, de acordo com a investigação do Gaeco do Ministério Público, era quem repassava o dinheiro da Cruz Vermelha, desde o Rio de Janeiro, para os cabeças das campanhas do PSB na Paraíba.

Diz-se, nos bastidores, que Louzada já falou tudo sobre tudo como funcionava a transferência de propina, desde as caixas de vinho a dinheiro vivo trazido supostamente em avião de aluguel.

Como se sabe, foi Michelle Louzada foi quem entregou a caixa de dinheiro a Leandro Nunes, flagrada pelas câmeras internas de um hotel de luxo no Rio de Janeiro.

Nenhum comentário: