quarta-feira, 22 de maio de 2019

Motorista do acidente que matou Milena se apresenta em Cajazeiras, e delegado dá detalhes do depoimento
José Eulálio Irmão Neto, de 18 anos, se apresentou na Delegacia Distrital de Cajazeiras acompanhado de um advogado de Campina Grande e um de Cajazeiras
Jocivan Pinheiro - DiáriodoSertão
José Eulálio Irmão Neto, motorista da caminhonete

O Diário do Sertão conversou com o delegado Francisco Filho sobre o depoimento prestado pelo motorista da caminhonete que capotou e caiu em um riacho na manhã de domingo (19), em Cajazeiras, matando uma pessoa e ferindo outras duas.

José Eulálio Irmão Neto, de 18 anos, residente em Campina Grande, se apresentou na delegacia de Cajazeiras nesta terça-feira para dar seu depoimento sobre o acidente. Ele estava acompanhado de um advogado de Campina Grande e um de Cajazeiras.

O delegado disse que no depoimento, José Eulálio negou ter consumido bebida alcoólica e relatou que o veículo capotou após ele tentar evitar colisão com uma cerca. O jovem teria perdido o controle da direção quando acelerou o carro.

José Eulálio detalhou que após o acidente, conseguiu sair pelo para-brisa quebrado, retirou a jovem identificada como Wanessa e o rapaz conhecido como Fabrício, mas não localizou Milena Cartaxo, de 21 anos, que morreu no local. Depois ele foragiu antes da chegada da Polícia Militar.
Milena Cartaxo foi a vítima fatal do acidente

O delegado Francisco Filho confirmou que José Eulálio possui Carteira Nacional de Habilitação provisória e que, segundo o depoimento, o veículo havia sido emprestado por um amigo que também não é proprietário dele.

Ainda de acordo com o delegado, José Eulálio Irmão Neto já está indiciado dentro do Artigo 302 (acidente de trânsito com vítima fatal) e responderá, inicialmente, pelo crime de homicídio culposo. Mas a investigação segue e ainda haverá depoimentos de testemunhas.

Nenhum comentário: