quarta-feira, 2 de agosto de 2017

SONHO COMUNISTA
DiáriodoPoder
Adhemar de Barros (PSP) estava em campanha para a presidência da República, em 1960, quando certa tocou num assunto delicado: defendeu a aproximação do Brasil com a União Soviética. Um repórter logo provocou:

- O sr. é favorável à legalização do Partido Comunista Brasileiro?

- Claro! Desde que permitam instalar um diretório do PSP em Moscou...

Como ninguém entendeu, ele brincou:

- Seria interessante ver a turma gritando em Moscou “Adhemar, Adhemar...”

Nenhum comentário: