segunda-feira, 3 de julho de 2017

Rogério Ceni é demitido do São Paulo
Com Veja e Estadão
Ceni deixa a equipe após 49% de aproveitamento (Alexandre Schneider/Getty Images)

O São Paulo anunciou nesta segunda-feira que Rogério Ceni não é mais o treinador da equipe. O clube se pronunciou em um comunicado oficial publicado em seu site, um dia após ser derrotado por 2 a 0 para o Flamengo, na Ilha do Urubu. O técnico deixa o time paulista com 50,4% de aproveitamento: 14 vitórias, 13 empates e dez derrotas.

COMUNICADO
“O São Paulo FC comunica que Rogério Ceni deixa o comando técnico de sua equipe principal. Em sua passagem como treinador, Ceni demonstrou a dedicação e o empenho que o caracterizaram como atleta. Desejamos boa sorte a este que sempre será um dos maiores ídolos de nossa história. “O respeito e o reconhecimento pela grandeza de Rogério Ceni, como figura histórica desta instituição, serão eternamente celebrados”, disse o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva. 

Ceni treinou o clube por apenas seis meses, vencendo a Florida Cup, em janeiro de 2017. Entretanto, o São Paulo acumulou maus resultados e três eliminações em competições mata-mata, sendo elas o Campeonato Paulista, a Copa do Brasil e a Copa Sul-Americana. No Campeonato Brasileiro, a equipe está na 17ª colocação, a primeira na zona de rebaixamento, com 11 pontos.

Vale ressaltar que poucos técnicos têm conseguido se firmar no São Paulo nos últimos dez anos. Apenas Muricy Ramalho, nas passagens entre 2006-2009 e 2013-2015, começou e terminou um ano inteiro como treinador do clube. Desde então, foram 12 trocas de comando, não contando as breves passagens de técnicos interinos, como Milton Cruz, Pintado e André Jardine.

Nenhum comentário: