sábado, 1 de julho de 2017

Mas tudo com muita seriedade e ética...

Joesley pagava 6% de propina para o PT
O Antagonista

Joesley Batista pagava 6% de propina para o PT pelos recursos do BNDES.

Ele detalhou esses pagamentos em depoimento prestado em 12 de junho, aos procuradores de Brasília.

Diz a Veja, que obteve o áudio do depoimento:

"Joesley confirmou que pagava 6% de propina sobre o valor de todos recursos do BNDES e dos fundos de pensão aportados em empresas do grupo J&F, dono da JBS. Ao todo, o conglomerado recebeu mais de 9 bilhões de reais dos cofres públicos. O pixuleco, segundo o empresário, era distribuído da seguinte forma: o ex-ministro Guido Mantega reservava 4% para as contas de Lula e Dilma, o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto ficava com 1% e os presidentes dos fundos de pensão abocanhavam 1%".

Um comentário:

Marcos Diniz disse...

Que mal pergunte.

Foi filé na manteiga, foi?