quinta-feira, 6 de julho de 2017

Exclusivo: As notas fiscais de Palocci falam
O Antagonista

Joesley Batista não revelou qualquer ilegalidade nas consultorias de Antonio Palocci para a JBS, mas as notas fiscais emitidas pela Projeto falam por si.

Reparem onde funcionava a sede da empresa do ex-ministro de Lula quando Joesley o contratou: Rua Padre João Manuel 450, sala 68.

Sim, mesmo edifício onde funcionavam a LFT e a Touchdown, de Luleco; a G4, de Lulinha e Fernando Bittar; a Editora Gol, de Jonas Suassuna; a Newlink, ligada à PlayTV e à Gamecorp, de Lulinha, Fernando Bittar e Jonas Suassuna; a FlexBR, de Marcos Claudio Lula da Silva e Sandro Luis Lula da Silva; e até o escritório de Adhemar Gianini, advogado de Roberto Teixeira, advogado e compadre de Lula.

Deve ser coincidência...

EXCLUSIVO: CONTRATO DE PALOCCI COM JBS PREVIA 'ÊXITO' DE 0,10%

O contrato de consultoria de Antonio Palocci com a JBS, entregue à PF e obtido com exclusividade por O Antagonista, previa o pagamento da "comissão de êxito" no valor equivalente a 0,10% do negócio, "até o limite de R$ 2 milhões".

O documento previa ainda um adiantamento de honorários de R$ 500 mil.

Na planilha de repasses revelada mais cedo, além dos valores mensais da consultoria política de Palocci, há sete pagamentos acima de 230 mil ocorridos entre agosto de 2009 e fevereiro de 2010.

São valores líquidos, já descontados os impostos, que coincidem com o previsto no documento contratual e, mais, com a compra da norte-americana Pilgrim's - com dinheiro do BNDES.
PGR precisa cobrar explicações de Joesley

O Antagonista revelou ontem, com base em documentos obtidos com exclusividade, que Joesley Batista firmou um contrato com Antônio Palocci, com cláusula de "êxito". Palocci teve pagamentos pelo "êxito" depois que a JBS comprou a empresa americana Pilgrim's.

A Pilgrim's foi comprada com dinheiro do BNDES, mas Joesley Batista disse à PGR que Antônio Palocci não facilitou nenhuma transação da JBS no banco estatal.

Repetindo o que já dissemos: a PGR tem de cobrar explicações de Joesley Batista imediatamente.

Nenhum comentário: