sexta-feira, 30 de junho de 2017

'SEMPRE ACREDITEI'
AÉCIO RECEBE COM 'ABSOLUTA SERENIDADE' AUTORIZAÇÃO PARA VOLTAR AO SENADO
'SEMPRE ACREDITEI NA JUSTIÇA DO MEU PAÍS', DIZ O SENADOR TUCANO
DiáriodoPoder
O MINISTRO MARCO AURÉLIO DERRUBOU DECISÃO DE FACHIN, DE 18 DE MAIO, QUE AFASTOU AÉCIO, DENUNCIADO POR CORRUPÇÃO PASSIVA E OBSTRUÇÃO DE JUSTIÇA 

Autorizado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) nesta sexta-feira, 30, para restabelecer o seu mandato parlamentar, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) disse que recebeu a notícia "com absoluta serenidade". O tucano ressaltou que "sempre acreditou na Justiça" e que irá seguir no mandato com "seriedade e determinação".

A decisão que libera a volta de Aécio ao Senado é do ministro Marco Aurélio Mello. Ele Aurélio também rejeitou o pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) para prender Aécio e ainda determinou a devolução do passaporte ao senador, o autorizou a se ausentar do Brasil e a manter contato com outros investigados - o que inclui sua irmã Andrea Neves, que cumpre prisão domiciliar. Os dois são suspeitos de receber propina da JBS.

"Sempre acreditei na Justiça do meu País e seguirei no exercício do mandato que me foi conferido por mais de 7 milhões de mineiros, com a seriedade e a determinação que jamais me faltaram em 32 anos de vida pública", declarou.

O senador mineiro havia sido afastado por corrupção passiva e obstrução de Justiça pelo relator da Operação Lava Jato no Supremo, ministro Edson Fachin, em 18 de maio. Com a decisão de Marco Aurélio, ele poderá participar das votações da Casa a partir da próxima semana.

Nenhum comentário: