sexta-feira, 2 de junho de 2017

New York, New York? Frank Sinatra curiu isso...Veja.

A ORCRIM em Nova York
O Antagonista

Joesley Batista está negociando um acordo com as autoridades dos Estados Unidos, segundo o Estadão.

João Vaccari Neto, o herói do povo brasileiro, movimentou 23 milhões de dólares numa conta da JBS em Nova York.

E Lula e Dilma Rousseff, por meio de Guido Mantega, receberam 150 milhões de dólares em propinas em duas contas da JBS transferidas para Nova York.

A ORCRIM petista vai entrar de uma vez por todas no radar dos procuradores americanos.

As contas do PT denunciadas na Suíça

Lula chamou Joesley Batista de “canalha”.

Em seguida, debochou da denúncia de que ele e Dilma Rousseff receberam 150 milhões de dólares em propinas no exterior.

As contas do PT, porém, já foram denunciadas na Suíça.

Leia um trecho da reportagem de Jamil Chade, do Estadão:

“Antes mesmo de vir à tona o conteúdo das delações de Joesley Batista na Operação Lava Jato, um banco suíço usado para movimentar recursos ilícitos para abastecer campanhas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da presidente cassada Dilma Rousseff, conforme relato do empresário, denunciou suas contas para autoridades do país europeu. O volume de dinheiro e os padrões de transferências sem justificativa levantaram a suspeita de crimes financeiros, embora a instituição desconheça os beneficiários das movimentações (…).

Da conta 06384985 no Julius Baer, o dinheiro seguiu para o JP Morgan Chase Bank, em Nova York. Para ocultar os proprietários da conta, os recursos estavam em nome da empresa de fachada Lunsville Internacional Inc. Uma segunda empresa, a Valdarco, também foi usada.

Apesar do encerramento das contas, o Julius Baer informou as suspeitas às autoridades de combate à lavagem de dinheiro da Suíça”.

Nenhum comentário: