quinta-feira, 8 de junho de 2017

Um grupo de pais de alunos se organizou para concorrer ao conselho do colégio Pedro II, no Rio de Janeiro, após se indignarem com a doutrinação que o partido de extrema-esquerda PSOL estava realizando no ambiente escolar. Demasiadas exposições contra o capitalismo e apologia a revoluções comunistas, além da defesa de ideologia de gênero e outras pautas de extrema-esquerda eram constantes.

Inconformados, um grupo de pais se inscreveu para disputar o conselho do colégio e conseguiram vencer todos os cargos, não sobrando nenhuma vaga para os psolistas.

O reitor do colégio está sendo processado por fazer propaganda do partido dentro da instituição. Vejam um vídeo.

Nenhum comentário: