quinta-feira, 22 de junho de 2017

E tem caneta mais pesada ainda...Arrocha o nó!

Moro às vezes é muito bonzinho
O Antagonista

Gerson de Mello Almada, ex-vice presidente da Engevix, recorreu ao TRF-4, para diminuir a pena imposta por Sérgio Moro.

O tribunal revisou, aumentando a pena -- por corrupção ativa, lavagem de dinheiro e organização criminosa -- de 19 para 34 anos de prisão.

Aos olhos dos desembargadores de Porto Alegre, Moro às vezes é muito bonzinho.

Um comentário:

marcos disse...

ESSE É O CASO QUE MEU AVÔ DIZIA:

VAI BESTA, CAIU. AGORA TOME O COICE!