sexta-feira, 9 de junho de 2017

É 'lá e lô'...

Ex-ministro do Turismo está preso em decorrência de investigações em Brasília e em Natal
MARCELO ROCHA - Época
Henrique Eduardo Alves

O criminalista Marcelo Leal, que defende o ex-ministro Henrique Eduardo Alves, protocolou nos tribunais regionais federais da 1ª Região (Brasília) e da 5ª Região (Recife) habeas corpus em favor do peemedebista. Alves está preso por causa de duas apurações. Na capital do país, ele é investigado por corrupção envolvendo recursos do FI-FGTS, administrado pela Caixa Econômica Federal. A apuração em Natal está relacionada a desvio de verbas destinadas à construção do estádio Arena das Dunas.

Um comentário:

Marcos Diniz disse...

Oxe,o home pode pagar defensor.