terça-feira, 20 de junho de 2017

Da Caneta Desesquerdizadora: enquanto os pobres pagarem a universidade dela, ela vai continuar lá.

Nova presidente eleita da UNE estuda pedagogia há 8 anos com recursos dos mais pobres
Ilisp

A baiana Marianna Dias, de 25 anos, foi eleita na noite deste domingo (18) nova presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), durante o 55º Congresso da entidade em Belo Horizonte.

A presidente eleita estuda pedagogia há 8 anos na Universidade do Estado da Bahia (Uneb), que é financiada com recursos dos mais pobres através do ICMS, principal imposto do governo estadual da Bahia. A presidente ainda afirmou em uma entrevista ao G1 que vai continuar na defesa de universidade pública para ela e com o dinheiro dos impostos dos mais pobres: “Defender o caráter público e gratuito da universidade vai ser uma das coisas que a UNE não vai abrir mão de falar no próximo período, além de defender programas como o Fies e o Prouni, que a gente não admitirá que sejam retirados, caso haja movimentações pra isso”

Nenhum comentário: