segunda-feira, 29 de maio de 2017

Vejam o timão! Só herói do povo brasileiro! São sindicalistas que dizem odiar o capitalismo, mas não deixam o dinheiro dos outros em paz...

Operação Greenfield: Justiça aceita denúncia e torna réus 14 investigados
O Antagonista

O juiz Vallisney de Souza Oliveira aceitou denúncia do Ministério Público e tornou réus 14 pessoas investigadas na Operação Greenfield, que investiga um esquemão em fundos de pensão de estatais.

Entre os réus, estão ex-diretores da Funcef, ex-executivos da Engevix, o lobista Milton Pascowitch e João Vaccari Neto:

- Demósthenes Marques, ex-diretor de Investimentos da Funcef;
- Guilherme Narciso de Lacerda, ex-diretor-presidente da Funcef;
- Luiz Philippe Peres Torelly, ex-diretor de Participações Societárias e Imobiliárias da Funcef;
- Antônio Bráulio de Carvalho, ex-diretor de Planejamento e Controladoria da Funcef;
- Geraldo Aparecido da Silva, ex-diretor de Benefícios, em exercício, da Funcef;
- Sérgio Francisco da Silva, ex-diretor de Administração da Funcef;
- Carlos Alberto Caser, ex-presidente da Diretoria Executiva da Funcef;
- José Carlos Alonso Gonçalves, ex-diretor de Benefícios da Funcef;
- Roberto Carlos Madoglio, ex-superintendente Nacional de Fundos de Investimentos Especiais da Caixa Econômica Federal;
- José Antunes Sobrinho, sócio da Engevix /Desenvix;
- Gerson de Mello Almada, ex-vice-Presidente da Engevix;
- Cristiano Kok, sócio da Engevix /Desenvix;
- Milton Pascowitch, lobista;
- João Vaccari Neto, ex-tesoureiro do PT.

As offshores dos cutistas

Para quem reclama do acordo da PGR com a JBS, informamos que os réus da Greenfield são os sindicalistas do Funcef que movimentaram 23 milhões de dólares numa conta de Joesley Batista em Nova York.

Os investigadores sabem agora onde o dinheiro roubado foi parar.

Nenhum comentário: