sexta-feira, 26 de maio de 2017

Presidente do BNDES, Maria Silvia Bastos pede demissão
Executiva, que alegou motivos pessoais para deixar o cargo, era alvo de fogo amigo no governo; diretor de operações assume interinamente
O Estado de S.Paulo

A presidente do BNDES, Maria Silvia Bastos Marques, pediu demissão do banco de fomento nesta sexta-feira, 26. A executiva será sucedida interinamente pelo diretor de operações Ricardo Ramos, funcionário de carreira da instituição. Maria Silvia alegou motivos pessoais para deixar o cargo. Em comunicado, ela diz que deixa o posto "com orgulho de ter feito parte da história da instituição". A executiva assumiu o cargo em junho do ano passado e era alvo de fogo amigo no governo.

Em nota, o presidente Michel Temer manifestou profundo agradecimento à executiva e afirmou que Maria Silvia presidiu o banco "de forma honesta, competente e séria". Em meios às críticas nos bastidores da classe empresarial de que a executiva estava fazendo uma gestão dura no banco, ampliando a dificuldade de acesso ao crédito, a nota ressalta que o trabalho de Maria Silvia "honrou o governo e moralizou um setor estratégico para o País". "Despolitizando a relação com o setor empresarial e elegendo critérios profissionais e técnicos para a escolha de projetos a serem contemplados com financiamentos oriundos de recursos públicos", afirma. "Deixará como legado um modelo a ser seguido em toda máquina pública", completa.

Temer esteve com Maria Silvia hoje, às 14h30, numa reunião que foi incluída posteriormente em sua agenda. Logo após, o BNDES divulgou um comunicado oficial informando sobre a saída da executiva. O diretor de operações indiretas, Ricardo Ramos, responderá interinamente pela presidência do banco. Ramos é funcionário de carreira da instituição de fomento.

Nenhum comentário: