segunda-feira, 22 de maio de 2017

O problema da OAB (nacional e seccionais) é esse: muito lenta nos governos petistas e dotada de uma 'ligeireza' danada contra os outros...


Com base na delação da JBS, a OAB do Ceará decidiu favoravelmente ao impeachment do presidente.

Nenhuma palavra porém foi dada sobre o governador do Estado, o petista Camilo Santana, que recebeu R$ 20 milhões da mesma empresa (contra R$ 15 milhões do Temer).

O mesmo Camilo Santana também aprovou uma PEC que cria o teto dos gastos no estado, e outra que reforma a previdência.

Sobre isso a OAB decidiu também não reclamar, apesar de ter lançado notas contra as mesmas atitudes por parte do governo federal.

Coerência é tudo, parabéns OAB - Ceará

Nenhum comentário: