quarta-feira, 3 de maio de 2017

Hipocrisia? Pois é.


Poucas coisas me irritam tanto quanto a hipocrisia. Aqui no Brasil, artistas resolvem usar sua imagem e influência sobre milhões de pessoas da pior maneira possível: desinformando e dando a entender que estão na mesma condição que os demais.

Atores e atrizes da Globo posaram com uma carteira de trabalho, coisa que não devem utilizar de fato há seculos, se dizendo contra a reforma trabalhista. Eles, na verdade, recebem via PJ [Pessoa Jurídica], porque obviamente é mais vantajoso, mas querem que o resto da população fique na CLT e, pior, que essa legislação antiga e inflexível não sofra nenhum tipo de alteração.

Então, caros atores, por que não dizer logo que são contra, por exemplo, a regulamentação do home office? Contra a regulamentação da divisão de férias em 3 vezes? Contra a possibilidade de retirada dos valores acumulados no FGTS com 20% de multa caso o empregado resolva pedir demissão, coisa que antes só era possível em caso de ser demitido? E que são a favor da manutenção da extorsão chamada imposto sindical? Essas são apenas algumas medidas importantes que são BENÉFICAS ao empregado, mas por que ler o projeto se eu posso tirar uma foto com um documento que não uso, para incentivar um regime que não me enquadro e pagar de bonzinho na internet?

A esquerda é isso. Não é sobre ser bom, ser justo, fazer o bem. É sobre parecer ser bom, parecer ser justo e parecer fazer o bem. E que se lasquem os empregados e milhões de desempregados!!

Nenhum comentário: