terça-feira, 2 de maio de 2017

Constituinte Operária de Maduro, na Venezuela? É como se, no Brasil, houvesse uma constituinte sem voto direto, só com participação dos 'movimentos sociais' petistas!

O GOLPE DE MADURO
O Antagonista

Nicolás Maduro resolveu convocar uma Constituinte. Ele nomeou uma comissão presidencial para realizar a consulta popular. Serão eleitos cerca de 500 constituintes.

Na verdade, é um golpe, uma pouca vergonha, um absurdo: o tirano quer substituir a Assembleia com maioria de oposição por um "parlamento" bolivariano.

A delinquência "operária" de Maduro

Nicolás Maduro disse que uma "Constituinte operária" substituirá "essa Assembleia podre que está aí".

É um delinquente.

Atenção à Venezuela, STF

Atenção à Venezuela, STF.

Ela é o sonho de consumo lulopetista.

Constituinte sem voto direto

A "Constituinte operária" convocada por Nicolás Maduro não será eleita por voto direto, mas escolhida pelos chamados Conselhos Comunais, órgãos locais de poder popular criados por Hugo Chávez em todo o país.

Trata-se de uma Constituinte golpista.

Nenhum comentário: