domingo, 16 de abril de 2017

Olha a vantagem!

FUTEBOL
LAURO JARDIM
O Globo
Flavio Godinho, ex-braço-direito de Eike Batista, contou dias atrás a Eduardo Bandeira de Mello, o presidente do Flamengo, que foi muito bem tratado por carcereiros e detentos em Bangu. Motivo: ele era o vice de futebol do clube até o dia de sua prisão na Lava-Jato.

Nenhum comentário: