domingo, 9 de abril de 2017

Na Semana Santa, os cristãos sob o terrorismo no Oriente.

Atentados contra duas igrejas no Egito deixam 36 mortos
Explosões aconteceram enquanto fiéis participavam de cerimônias do Domingo de Ramos
Veja.com
Vítima é carregada após explosão em igreja cristã copta, em Tanta, no Egito

Pelo menos 36 pessoas morreram no Egito neste domingo em duas explosões em igrejas cristãs coptas – igreja cristã nacional do país -, durante as comemorações do Domingo de Ramos, que marca o começo da Semana Santa. O primeiro atentado deixou 25 mortos e sessenta feridos dentro de uma igreja na cidade de Tanta, situada 120 quilômetros ao norte da capital Cairo, informaram fontes de segurança e do Ministério da Saúde. Poucas horas depois, onze pessoas foram vítimas de outra explosão em Alexandria.

A primeira bomba atingiu os fiéis dentro do templo de Mar Guergues (São Jorge, em árabe). O porta-voz do ministério da Saúde, Jaled Mugahed, declarou à televisão estatal egípcia que os hospitais de Tanta já receberam 21 corpos e 59 feridos. Em declarações à emissora privada On TV, o premiê egípcio, Sherif Ismael, condenou o ocorrido e mostrou a determinação do governo para acabar com o terrorismo no país. “Trata-se de um ato terrorista impiedoso, mas erradicaremos o terrorismo do Egito e temos a determinação para acabar com os grupos terroristas”, disse o premiê.

Nenhum comentário: