quarta-feira, 5 de abril de 2017


Estes são os donos do site de humortadela que quer mandar Fernando Holiday para o tronco.

Os brancos da foto querem ensinar ao vereador paulista o que é ser negro da periferia, afinal eles leram sobre o assunto. Fernando Holiday é apenas negro da periferia (além de vereador eleito), quem é ele para saber o que é ser negro da periferia?
O site acaba de fazer uma "piada" dizendo que Fernando Holiday não sabe que negros foram escravizados, descobrindo numa aula de história

Será que a aula de história que os mortadelas mencionaram explicou aos alunos que:

- A escravidão é tão antiga quanto a humanidade, não é exclusividade de qualquer nação, credo ou raça? Que é uma abominação que infelizmente mancha a história de todos os povos?

- Quando o primeiro europeu comprou o primeiro escravo na África o comércio de escravos já existia no continente há pelo menos mil anos?

- Até no Brasil negros escravizaram negros? Que Zumbi dos Palmares tinha escravos?

- Os europeus ocidentais cristãos não inventaram a escravidão mas foram eles que aboliram e não só em seus países como em praticamente todos os outros?

- Infelizmente a escravidão ainda existe, especialmente em países com a ideologia que os mortadelas defendem como na Coréia do Norte?

Se Fernando Holiday presenciou esta aula, compromissada com a verdade e não com narrativa ideológica, saiu de lá revigorado e com esperanças num país menos racialista e escravizado mentalmente pela esquerda.

Pense o que quiser de Fernando Holiday, mas você acha mesmo que os mortadelas da foto defendem negros ou só aqueles presos às correntes ideológicas permitidas pelos senhores de engenho da esquerda?

Eu discordo democraticamente de algumas opções políticas de Fernando Holiday, mas ele é um livre pensador, o que a turma racialista que faz humoratadela e jornalismo militante não aceita.

Negro só é negro para a esquerda quando é de esquerda.

Nenhum comentário: