segunda-feira, 24 de abril de 2017

Adiamento da oitiva de Lula aumenta medo de prisão
Percepção interna
Gabriel Mascarenhas
Veja.com
A decisão de Sérgio Moro de adiar o depoimento de Lula, do dia 3 para 10 de maio, acendeu a luz amarela entre os petistas. A mudança elevou a apreensão no partido de que o ex-presidente pode ser preso em breve. Como se sabe, internamente, os aliados de Lula tratam a detenção dele como uma questão de tempo.

Nenhum comentário: