terça-feira, 7 de março de 2017

GUILHERME AMADO
OGlobo
Diante da profusão de esquemas de Sérgio Cabral que aos poucos é descoberta, investigadores da Lava-Jato têm dito, meio de brincadeira, meio a sério, que a impressão geral é de que o plano de governo de Cabral para o Rio era complementar. Diz um investigador: — O verdadeiro projeto, ao que tudo indica, era roubar.

Nenhum comentário: