sexta-feira, 3 de março de 2017

JULGAMENTO SOBRE PRISÃO DE RODOLPHO CARLOS, ACUSADO DE ATROPELAR AGENTE, É ADIADO
PortalCorreio

Quem esperava alguma decisão sobre o habeas corpus que manteve em liberdade o estudante Rodolpho Carlos da Silva, nesta quinta-feira (02), saiu do Tribunal de Justiça desapontado. O julgamento foi adiado por indicação do relator, juiz convocado Aluízio Bezerra Filho, e a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba acatou a decisão. Com a decisão, o processo voltará a pauta de julgamento na próxima terça-feira (07).

Rodolpho é acusado de atropelar e matar o agente de trânsito Diogo Nascimento durante uma blitz no Bessa, em João Pessoa, na madrugada do dia 21 de janeiro.

O habeas corpus nº 0000059-04.2017.8150000 é oriundo da 1ª Vara do Tribunal do Júri da comarca da Capital.

Um comentário:

Anônimo disse...

QUE MAL EU PERGUNTE.

CUSTA ALGUMA COISA UM ADIAMENTO DESSE?