quarta-feira, 29 de março de 2017

De Manoel Emídio, com inspiração no Zé 'Macaco' Simão, na Folha de São Paulo



Um motel de Brasília se inspirou na Operação Lava Jato para decorar seus quartos. As portas das suítes foram substituídas por grades e as paredes foram ornamentadas com fotos de Zé Dirceu, Vaccari, Lula e até de Cerveró, aquele dos olhos desaprumados (e isso dá tesão?).

Mas como para essa turma de Brasília tudo é motivo de fetiche, inclusive transar olhando o rosto de Cerveró, pelos corredores desse motel ouve-se os gritos: “Vai fundo, Cunha!” “Bota essa propina em pé, Zé Dirrrrceu!” “Errou de buraco de novo, Cerveró!”.

Um comentário:

Marcos Diniz disse...

Num duvido.nada que tem caba se fantasiando de caranguejo.