sábado, 11 de março de 2017

Choque de realidade...

Dupla assalta estudante na sala de aula antes de apresentação de TCC na Ufes
Folha de São Paulo

Uma aluna de desenho industrial da Ufes (Universidade Federal do Espírito Santo) foi rendida e assaltada por dois bandidos armados dentro de uma sala de aula da universidade, na manhã desta sexta-feira (10), quando se preparava para apresentar seu TCC (Trabalho de Conclusão de Curso).

A jovem de 24 anos estava com um dos membros da banca que julgaria seu trabalho quando foi abordada, por volta das 10h, em uma sala do prédio Cemuni 4, no campus de Goiabeiras. Os bandidos entraram, mostraram uma pistola e disseram para que elas não reagissem, enquanto pegavam notebooks, celulares, dinheiro e documentos.

"Estou revoltada, ninguém espera passar por uma situação dessa. Eu deveria estar comemorando agora, mas estou resolvendo problemas relacionados ao assalto", afirmou a estudante, que pediu para não ter o nome revelado. Ela disse ainda que não perdeu o trabalho porque havia salvado-o em um HD externo, "senão eu perderia o trabalho de um ano inteiro".
Fachada da Ufes (Universidade Federal do Espírito Santo); bandidos roubaram jovem na sala de aula

Após pegar os pertences, a dupla usou a chave que estava sobre uma das mesas e trancou a aluna e a convidada dela na sala, onde as duas permaneceram por cerca de dez minutos, até que o professor orientador da jovem chegasse e usasse a chave reserva.

Segundo a universidade, seguranças terceirizados que atuam na Ufes perseguiram os suspeitos, mas eles conseguiram sair do campus antes que fossem alcançados. A partir daí, a Polícia Militar foi acionada.

Preocupada com a segurança, a jovem agora pretende apresentar seu TCC fora do campus, em uma data ainda a ser definida. "Não pretendo fazer lá, é um lugar inseguro. Já tínhamos tido roubos, mas na área externa, à noite. Assim, dentro da sala de aula, às 10h da manhã, quem poderia imaginar?", afirma.

Segundo a universidade, "além de vigilantes armados próprios e terceirizados, o campus de Goiabeiras conta com um sistema de 415 câmeras que funcionam por 24 horas". Ela afirmou ainda, em nota, que as imagens internas serão entregues à polícia

Nenhum comentário: