segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Segundo a Caneta Desesquerdizadora, se fosse vestido pró-Obama ou pró-Hilary, seria "empoderamento negro", mas...

Cantora acha jeito de ficar famosa no Grammy: vestido pró-Trump
Cantora Joy Villa usa vestido com as cores da bandeira americana e o slogan do novo presidente, 'Make America great again'
Veja.com
Joy Villa chega para a cerimônia da 59ª edição do Grammy no Staples Center, em Los Angeles, nos Estados Unidos

Em meio a um clima avesso ao novo presidente americano, Donald Trump, uma cantora pouco conhecida achou um jeito de alcançar a fama mundial no tapete vermelho do Grammy, na noite deste domingo. Ela se vestiu com um coladérrimo vestido feito das cores da bandeira dos Estados Unidos, sobre o qual se lia o slogan da campanha do republicano, “Make America great again”.
*******

Se fosse um vestido pró-Obama ou pró-Hillary seria "empoderamento negro", mas como era pró-Trump, aí virou "jeito de ficar famosa" pros esquerdistas da LIXO (VEJA).

Um comentário:

Anônimo disse...

"MAKE AMERICA GREAT AGAIN"

Lembrei das leituras dos romances de JORGE AMADO.
Ele sempre citava as mulatas do "balaio" grande.