terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

E foi-se à luz divina o nosso inesquecível Assis Batista, o garçon Corrozinho. Fica com Ele, amigo. Adeus.

LUTO: Cajazeirense morre após parada cardíaca; ele reclamava de dores no peito
Ele era muito conhecido e foi um dos garçons que trabalhou no sodalício Cajazeiras Tênis Clube.
DiáriodoSertão
Cajazeirense morre no HRC

Faleceu por volta 13h45min desta segunda-feira (13), no Hospital Regional de Cajazeiras, o garçom mais conhecido do município, o irreverente Assis Batista, 81 anos, mais conhecido por Corrozinho.

Idoso se sentiu mal em sua residência e foi socorrido para Unidade de Pronto Atendimento com reclamando de dores no peito esquerdo.

Corrozinho foi transferido para o HRC, sofreu uma parada cárdica e a equipe tentou reanimar o cajazeirense por meia hora, porém, sem êxito, evoluindo para o óbito.

Ele era muito conhecido e foi um dos garçons que trabalhou no sodalício Cajazeiras Tênis Clube.

O garçom foi o escolhido para ser homenageado pelo Bloco Cafuçu este ano, que tradicionalmente relembra história de cajazeirenses irreverentes vivos, que se destacam no município. No ano passado o bloco homenageou Maria Pereira.

3 comentários:

Fatima Moreira disse...

Meus sentimentos a toda família e amigos. Que os conforte nessa hora de dor.

Anônimo disse...

ASSIS BATISTA, O CORROZINHO!

Taí um resgate BACANA que só o SeteCandeeirosCajá é capaz de fazer!

Unknown disse...

Só boas lembranças do finado.Poi do DER.este trabalhou com o meu PAI "JOSÉ MOREIRA" no CAJAZEIRAS TENS CLUB.MEUS SENTIMENTOS.JARBAS E FAMÍLIA.