quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

AGU derruba liminar que tirou Moreira Franco de ministério
Decisão de juiz do Distrito Federal havia vetado a nomeação do peemedebista, citado na Lava Jato
Noticiasaominuto
A Advocacia-Geral da União (AGU) informou ter derrubado, nesta quinta-feira (9), a decisão que suspendia a nomeação de Moreira Franco como ministro da Secretaria-Geral da Presidência. A nova decisão é do TRF-1ª Região, em Brasília.

Na quarta (8), o juiz Eduardo Rocha Penteado, da Justiça Federal do Distrito Federal, decidiu em liminar que Moreira Franco não se tornasse ministro.

O magistrado dez a determinação com base em ações apresentadas por três cidadãos na primeira instância da Justiça Federal em Brasília, alegando “desvio de finalidade” e “ofensa à moralidade”.

As denúncias argumentavam que Moreira Franco, citado na Lava Jato, foi nomeado pelo presidente Michel Temer para obter foto privilegiado.

Um comentário:

Anônimo disse...

DERRUBOU , FOI? FOI NÃO?

DIABO DE LIMINAR É ESSA, QUE NUM SE SUSTENTA EM PÉ NEM 24HS.