domingo, 31 de dezembro de 2017

Sempre é tempo de expressar o imensurável amor às pessoas de nossas vidas...


Hoje, dia 31 de dezembro, continua a ser o seu dia, minha mãe, Mércia Cunha. Mesmo depois de anos de sua ausência física na terra sinto sua presença em todos os instantes da minha vida. Hoje não celebraremos seu aniversário, como sempre fazíamos com a sua alegria contagiante, mas continuamos a comemorar a sua linda e marcante existência. 

Fostes uma pessoa grandiosa, marcante na vida das pessoas que tiveram a sorte de sua convivência. Pessoas como você não morrem nunca. Sempre serão imortais em nossos corações. Beijo grande minha querida !!!!
Se a democracia fracassa, o fracasso é de todos nós
Clóvis Rossi
Folha de São Paulo

No ano que está para começar, os brasileiros vamos para a oitava eleição presidencial direta consecutiva, desde o fim da ditadura. Não estaremos sozinhos : votarão também paraguaios, colombianos e mexicanos. Nem incluo a Venezuela na lista, embora também esteja prevista eleição presidencial, porque é uma fraude democrática completa —e ainda por cima fracassada.

Muito para festejar em 2018, portanto. Ainda mais para quem, como eu, deve ter o recorde mundial de cobertura de transições do autoritarismo para a democracia (Argentina, Brasil, Chile, Paraguai, Uruguai, Bolívia, El Salvador, Guatemala, Nicarágua, Portugal, Espanha, África do Sul).

Nem sempre fui só testemunha ocular, mas também participante da festa, porque acho que, contra ditaduras, não cabe neutralidade. Ou se está com a civilização ou com a barbárie.

Na noite do plebiscito de 1988 que acabaria assinalando o fim da ditadura de Augusto Pinochet, estava tentando avisar a Folha de que o resultado atrasaria quando, por trás, se aproximou minha amiga, a valorosa jornalista Patrícia Verdugo, prematuramente morta, e sussurrou no meu ouvido: "Ganamos".

Alguns anos antes (1983), Raúl Alfonsín, candidato presidencial na Argentina que igualmente saía das trevas da ditadura, vendeu a democracia com "spots" televisivos que diziam que, com ela, tudo iria melhorar (saúde, educação, a vida enfim). Não foi bem assim, mas todos os países acima citados estão hoje melhor do que durante as respectivas ditaduras. Até o Brasil, pode acreditar.

O que talvez tenha murchado é a ilusão revolucionária, como demonstra o depoimento à sempre brilhante Sylvia Colombo do escritor nicaraguense Sergio Ramírez, admirável amigo: "Permaneceu (na Nicarágua) apenas a retórica revolucionária, com seu discurso anti-imperialista e anticapitalista. Mas nada disso é verdade, porque o governo de Ortega [Daniel Ortega, líder histórico do sandinismo] tem uma aliança profunda com os grandes empresários. (...) A Nicarágua não mudou estruturalmente em quase nada. Metade da população vive na pobreza aguda, e mais de 70% dos empregos são informais".

Troque Nicarágua por, digamos, Brasil, Argentina dos Kirchner, a Venezuela chavista, e a avaliação não seria muito diferente (o IBGE acaba de mostrar que 64,9% dos brasileiros vivem em situação de "pobreza multidimensional", quando se inclui na medição, além da renda, a educação e as condições de habitação).

Na Venezuela, é muitíssimo pior. Trata-se de um desastre social e econômico sem paralelos na história da América Latina.
No conjunto do subcontinente, dá, pois, para entender o desânimo dos eleitores. Mas lembro-me de um diálogo no elevador que me levava à antiga sede do Partido Socialista Operário Espanhol, nas vésperas da eleição de 1977, a primeira do pós-franquismo. O elevador era antigo, lento, rangia a cada movimento.

O ascensorista, mal-humorado, talvez franquista, comentou: "É lento como a democracia". Alguém do fundão devolveu: "Lenta pero segura".

Vamos, pois, erguer a cabeça e lembrar que "demo" vem de povo. Se a democracia fracassa, o fracasso é de todos nós.

Meu abraço fraterno e mais que especial para a nossa amiga Elieuza Uchoa, com votos de um Feliz Ano Novo. Parabéns, amiga.


ÚLTIMA PESQUISA DE 2017: Lula encerra 2017 na liderança da corrida presidencial, com Bolsonaro em 2º
PolêmicaParaíba
Na última pesquisa eleitoral de 2017, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva aparece em 1º lugar na corrida presidencial. O petista é seguido pelo deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) em levantamento realizado pelo instituto Paraná Pesquisas divulgado neste sábado (30.dez.2017).

A cerca de 10 meses das eleições, foram feitas 3 sondagens diferentes na disputa pelo Palácio do Planalto. Desta vez, os testes foram feitos com a variação de possíveis candidatos do PT (Partido dos Trabalhadores). Além de Lula, também foram avaliados a ex-presidente Dilma Rousseff e o secretário de Desenvolvimento Econômico da Bahia, Jaques Wagner.

A pesquisa foi feita semanas antes do julgamento envolvendo Lula no TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região). Em 24 de janeiro de 2018, a corte analisará o recurso protocolado pela defesa do petista contra a condenação feita pelo juiz federal Sérgio Moro. Caso mantenha a penalização, o ex-presidente corre o risco de ficar de fora das eleições.

OS CENÁRIOS
No cenário 1, Lula tem 29,2% das intenções de votos. Bolsonaro surge com 21,1%. Todos os outros candidatos embolados em empates técnicos. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Porta-voz da Rede Sustentabilidade, Marina Silva está em 3º lugar nesse cenário, com 8,6%. Governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB) soma 7,9%. O ex-ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Joaquim Barbosa –que é sondado pelo PSB para concorrer ao Planalto– tem 6,8%.

Sem Lula, Bolsonaro lidera com folga o 2º cenário pesquisado. O deputado soma 22,8% das intenções de voto. A ex-presidente Dilma Rousseff surge tecnicamente empatada com Marina Silva. A petista tem 13,4% e a porta-voz da Rede soma 12,2% das intenções de voto nessa comparação.

No cenário 3, foi testado o nome de Jaques Wagner. Se as eleições fossem hoje e o secretário baiano e ex-ministro de Dilma concorresse pelo partido, o PT correria o risco de ficar de fora da disputa de 1 eventual 2º turno presidencial –o que não ocorre desde 2002. Jaques Wagner soma apenas 3,9% das intenções de voto, ficando em 7º lugar nesse cenário de disputa.

Nos 3 cenários, foram ouvidos 2.020 eleitores em todo o país. As entrevistas foram feitas de 18 a 21 de dezembro. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos. A partir da próxima 2ª feira (1.jan.2018), todas as pesquisas eleitorais deverão ser registradas na Justiça Eleitoral. 

DATAPODER360
O último levantamento do DataPoder360 já apontou para essa tendência. No cenário em que aparece contra os adversários mais tradicionais, Lula tem oscilado na faixa de 26% a 32% desde abril, quando o DataPoder360 foi lançado e começou a fazer pesquisas mensais. O petista somou 30% contra 22% de Bolsonaro na intenção de votos.

Quem pode, pode!


SIMONE OUSA E ESCOLHE SEGUNDA PELE TRANSPARENTE PARA SHOW COM SIMARIA
Cantora apostou em look pra lá de revelador para subir ao palco com a irmã
Revista Quem
Que é isso, coleguinha?! Simone, da dupla com a irmã Simaria, deixou os fãs de queixo caídso ao apostar em um look super revelador para um show no Festival Villa Mix, na cidade de Penha, em Santa Catarina. 

No palco, Simone mostrou as curvas ao usar uma segunda pele telada e com bordados brilhantes estratégicos. Suas curvas, claro, ficaram em evidência no palco, enquanto a dupla cantava hits como Louca, Regime Fechado e 126 Cabides.

Sempre bem-humorada, Simone dançou, brincou com a plateia e sensualizou. Já Simaria alegou estar rouca e se protegeu da forte chuva que caía no local. O Festival Villa Mix acontece no parque do Beto Carreiro Word e conta ainda com apresentações de Alok, Jorge & Mateus, Matheus & Kauan, Guilherme & Santiago, entre outros.
Simone e Simaria 
Simaria (Foto: Leo Franco/AgNews)

Adeus, Mago. Vá com Deus.


Comunicamos a todos os amigos e amigas o falecimento do meu querido sogro Mauro Maurício da Cunha, mais conhecido como “Mago do Baixo”. O corpo já está sendo velado no Memorial Esperança, em frente ao Hospital Regional. Ficará até às 09:30 da manhã, sendo translado para sua cidade natal, Angicos - RN. 

Desde já agradeço a solidariedade.

Modelo plus size recria foto de Gigi Hadid nua em campanha de moda
Diana Sirokai quer provocar o debate sobre diversidade 
Deborah Bresser, R7
Diana reproduziu a imagem de Gigi Hadid em campanha de modaReprodução/Instagram

"Eu gostaria muito de saber como uma modelo do meu tamanho ficaria nesta foto". Essa foi a justificativa dada pela modelo plus size Diana Sirokai em seu Instagram, ao compartilhar uma imagem na qual reproduz a pose feita por Gigi Hadid, para a campanha de primavera-verão da marca Stuart Weitzman. 

Na foto original, Gigi tirou toda sua roupa, exceto as botas. A imagem provocativa também chamou a atenção de Diana, que resolveu copiar a cena e posar nua, só com um par de botas de salto preto. Esta não é a primeira vez que a modelo plus size levanta o debate sobre a diversidade na indústria da moda. Ela já recriou a foto de maiô de Kim Kardashian.

O objetivo, novamente, era provocar a discussão sobre representação corporal. Quem sabe, no futuro, modelos como Diana não tenham necessidade de recriar fotos para ver mulherres como ela nas campanhas e sejam, de fato, uma possibilidade real para as marcas de moda. 
Diana já havia reproduzido uma imagem clássica do Instagram de Kim Kardashian vestindo um maiô branco

Na capa do jornal Gazeta do Povo


Câmara cava mais o fundo do poço de Bayeux
Heron Cid
Poder Legislativo cria pedagogia do desmantelo: a partir de agora, vale tudo em Bayeux

Uma criança aprende logo cedo em casa pelos exemplos. O que é proibido e o que é permitido. Na escola, se ensinam preceitos, regras e limites que o aluno carrega para a vida.

Dá-se a esse processo o nome de pedagogia.

A Câmara de Bayeux não aprendeu bem essa lição de casa. Ontem, livrou a cara do prefeito afastado Berg Lima, flagrado pelo Ministério Público e Polícia Civil recebendo maços de dinheiro a título de propina.

Onze vereadores preferiram, por interesses políticos, fingir acreditar na tese de um empréstimo de dinheiro, único álibi que restou a defesa nas últimas horas para justificar o escandaloso vídeo em que o prefeito aparece negociando a liberação de pagamento de fornecedor.

Da condenação política da Câmara, Berg se livrou, em que pese continuar afastado da Prefeitura, de secretários e de fornecedores por decisão do Superior Tribunal de Justiça.

Aí está o tamanho da contradição.

Enquanto o STJ mantém o prefeito longe da gestão, a bem do interesse público, o Legislativo – que deveria ser o primeiro guardião da população – sentencia que o rapaz nenhum crime praticou e deve – por consequência – é voltar a governar a cidade que envergonhou.

O povo de Bayeux pensou que havia chegado ao fundo do poço. Os vereadores provaram que é possível cavar mais um pouco.

As manchetes do jornal Correio Braziliense


Os destaques do jornal Folha de São Paulo


As manchetes do jornal Correio do Povo


As manchetes de jornais brasileiros neste domingo, último dia do ano de 2017

FolhadeSãoPaulo: 70% das novas indústrias do Paraguai vêm do Brasil

Globo: No primeiro ano, Crivella cumpriu apenas 9 de 54 promessas

Extra: Pezão planeja quitar novembro até o dia 15

Estadão: Três servidores públicos são presos por semana no País

ValorEconômico: Contas de luz não terão cobrança adicional em janeiro, informa a Aneel

ZeroHora: 17 são indiciados por avisar motoristas sobre blitze

EstadodeMinas: Cidade começa 2018 com 11 vereadores presos ou afastados

CorreioBraziliense: País deve abrir 500 mil vagas formais em 2018

CorreiodaBahia: Profissionais do jogo

JornaldoCommercio: O paradoxo Temer

OPovo: Facções. Territórios dominados pela violência

CorreiodaParaíba: Prefeito 'rouba' novena e é excomungado pelo padre

sábado, 30 de dezembro de 2017

Piso salarial de professores da rede pública será de R$ 2.455
Aumento acontece a partir de janeiro de 2018

O Ministério da Educação (MEC) anunciou nesta quinta-feira, 28, o valor de R$ 2.455,35 como piso salarial dos professores públicos, em âmbito nacional, a partir de janeiro de 2018. O reajuste foi de 6,81% e ficou acima do índice da inflação, previsto para 2017 em 2,8% pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). O salário anterior, vigente em 2017, era de R$ 2.298,80.

O ministro Mendonça Filho (DEM) assinou a portaria que deve ser publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (29). Ele se reuniu na semana passada com representantes dos sindicatos de professores e dos secretários da Educação. De acordo com o MEC, o reajuste do piso ficou acima da inflação pelo segundo ano consecutivo.

O piso nacional do magistério vale para os profissionais de educação básica em início de carreira, com formação de nível médio, contratados para jornada de 40 horas semanais e é atualizado anualmente, sempre em janeiro, conforme determina a lei.

Apesar do patamar mínimo, as redes de ensino de Estados e municípios enfrentam dificuldades financeiras para pagar o salário estabelecido pelo MEC. Conforme pesquisa divulgada no ano passado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), metade dos Estados conseguia atingir o piso nacional.

O ministro disse, em gravação divulgada pelo MEC, que o piso nacional "motiva" e "valoriza" os professores. Mendonça Filho cobrou que os municípios e Estados sigam a legislação. Ele ressaltou "a necessidade de que as prefeituras e os governos estaduais respeitem o piso nacional dos professores, que tem crescido nos últimos anos, e deve assegurar o mínimo de dignidade a todos os professores do País".

O MEC informou que o critério de reajuste tem como base o crescimento do valor mínimo anual por aluno do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) de 2016 em relação a 2015.

O presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, protestou contra o reajuste. "É estranho, para não dizer surreal. O governo, no mesmo período em que edita uma emenda constitucional (do teto) que por 20 anos só permite aumentar seus gastos na inflação, que é 2,8% neste ano, dá um aumento de 6,81%. É uma lógica perversa para a federação brasileira. Quem produziu esse caos fiscal foi a União e a maioria do Congresso, não as prefeituras."

A CNM deve divulgar nesta sexta-feira um estudo com impacto do aumento no piso dos docentes nas contas municipais. Ziulkoski diz que 24% da folha do funcionalismo das prefeituras é gasta com magistério, o que representa cerca de R$ 68 bilhões. Por isso, o impacto nas contas dos municípios deve ficar em R$ 4,5 bilhões a mais a partir de janeiro só com salários, podendo chegar a R$ 7 bilhões, quando adicionados os encargos.

Segundo o presidente da CNM, o Fundeb, que financia os salários, aumentou 93% desde 2009, enquanto o piso salarial subiu 158%. Isso faz com que os municípios gastem atualmente quase 80% do que recebem do Fundeb com os salários. "Isso liquidou com a qualidade da educação", disse Ziulkoski.

Anular o voto ou votar em branco?!! Que nada! Não vou votar é em ladrão de jeito nenhum e de partido nenhum. A fichinha tem que ser bem limpinha!

ESSES GÊNIOS QUE PRETENDEM VOTAR EM BRANCO
DiáriodoPoder

Pesquisa do Instituto Paraná informa que quase a metade dos eleitores - 47,3% para ser exato - pretende votar em branco ou anular o voto para deputado federal na eleição parlamentar do ano que vem.

Não é uma beleza? O sujeito, por todos os motivos, está decepcionado com nossa representação política e convencido de que a maioria dos eleitores brasileiros é composta de irresponsáveis que só elegem filhos do capeta. Enojado por tanta safadeza, gostaria de ver todos longe do Congresso e presos. Qual sua reação? Faz beicinho, pega seus caminhõezinhos e vai embora dizendo que não brinca mais. Vai votar em branco, num gesto tão proveitoso quanto um chute na parede.

No entanto, é das pessoas conscientes da má qualidade de nossa representação parlamentar que se esperaria uma reação racional, capaz de promover a eleição de pessoas melhores, mais qualificadas. Ao eleitor indignado, o bom senso recomenda um chá de maracujá para acalmar, um bom período de observação da cena política no seu entorno, a análise dos nomes mais qualificados e o subsequente empenho pessoal para eleição, em 2018, do candidato escolhido.

Se, ao contrário, esses eleitores ficarem em casa, não entrarem na fila para votar, a única certeza possível em relação à próxima legislatura é a de que a quota de filhos do capeta será muito maior. E nossos amigos de beicinho estarão, queiram ou não, na fila dos que vão pagar a conta. Os que se lambuzaram junto com os corruptos e os que a eles venderam seus votos continuaram povoando o covil de ladrões. Só os indignados, os decepcionados e os que se julgam impotentes podem fazer diferença.

Atenção! Olha a ficha caindo! A campanha pelo voto em branco só não é patrocinada pela Organização Criminosa que devastou o país porque há quem, desinformado das consequências, faça a campanha por ela, afastando das urnas os eleitores de que os bons candidatos precisam.

A culpa é da múmia...

Múmias ajudaram na redução de gancho para Guerrero jogar a Copa 
Jamil Chade - Estadão
Três múmias encontradas na Cordilheira dos Andes em 1999 foram usadas na defesa do peruano Paolo Guerrero diante das acusações de doping nas Eliminatórias para a Copa da Rússia. O jogador havia sido suspenso por um ano pelo uso de benzoilecgonina, um metabólito comum à cocaína e folha de coca, na última rodada do torneio, no início de outubro. Seus advogados reverteram a suspensão para seis meses, o que permite que o atacante vá ao Mundial, utilizando muito mais que uma análise esportiva. 

A equipe de experts e os advogados de Guerrero, Pedro Fida e Bichara Neto, buscaram um arqueólogo para tentar provar que a substância encontrada no corpo do atleta pode permanecer no organismo por anos. Na realidade, por séculos. 

Um estudo realizado por universidades britânicas, peruanas, dinamarquesas e argentinas, publicado em 2013, é a base desse argumento. A avaliação se concentra em três múmias: uma garota de 13 anos, outra de quatro e um menino de cinco. Todos foram encontrados no topo do vulcão Llullaillaco, na Argentina, um dos lugares sagrados para o sacrifício humano entre os incas e localizado a mais de 6,7 mil metros de altitude. Quase que totalmente preservados, os três corpos teriam sido vítimas de capacocha, um ritual tradicional de sacrifício de crianças. Estima-se que elas teriam vivido entre os anos de 1480 e 1532. Uma atenção especial foi dada pelos arqueólogos à garota de 13 anos, chamada de “A Donzela”. Em seu cabelo negro, uma quantidade importante de benzoilecgonina foi encontrada – a cocaína é apenas uma invenção do século 19. 

Folhas de coca foram encontradas entre seus dentes e a tese principal dos especialistas é de que a menina foi obrigada a consumir aquele produto antes do sacrifício. Quinhentos anos depois, o produto continua a ser detectado em seu corpo. “Análise do cabelo revela a presença de coca e de benzoilecgonina, o que mostra que todas as três crianças haviam digerido coca”, aponta o estudo. As múmias revelam 7 nanogramas por miligrama de cabelo. Nanograma é a bilionésima parte do grama. 

Apesar de ter conseguido uma redução da pena para apenas seis meses, Pedro Fida e sua equipe levarão o caso ao Tribunal Arbitral dos Esportes, onde tentarão isentar o jogador de qualquer punição. As audiências devem ocorrer nas primeiras semanas de 2018.

Vamos organizar esse cabaré...

Mulher vai visitar marido na UTI e “encontra” duas amantes no local
Nenhuma das supostas amantes sabia que o homem era casado. Uma delas tem um filho com o paciente e espera o segundo
Metrópoles
Uma mulher teve uma surpresa nada agradável ao visitar o marido, internado em estado grave, em uma UTI na cidade de Apucarana, no Paraná. Ela procurou a polícia depois de encontrar, na porta do hospital, duas amantes do homem que também esperavam visitar o paciente doente.

O delegado que cuida do caso contou a um jornal local que houve uma confusão na porta do hospital quando as três descobriram as traições. As supostas “amantes” contaram aos policiais que não sabiam que o homem, que tem 26 anos, era casado. A esposa registrou uma queixa para tentar impedir que as outras duas mulheres visitem o marido na UTI.

E ele continua na UTI, desacordado, pois o estado é grave”, contou o delegado. Após a queixa da esposa, as amantes também registraram uma queixa pelo direito à visita ao amado.

O paciente tem um filho de 2 anos com uma das amantes, que está grávida do segundo. A segunda mulher com quem ele tinha um caso também afirma que está esperando um bebê.

O rapaz foi internado na última semana, depois de sofrer um acidente no dia 18 de dezembro. Ele teria batido de frente com um poste após perder o controle da moto que guiava.

A capa do jornal cajazeirense Gazeta do Alto Piranhas


Hipertrofia do Estado é a fonte da crise
Ronaldo Caiado - Folha de São Paulo
Caros leitores, este artigo encerra uma fase de colaboração minha com a Folha, iniciada em julho de 2015. Em 2018, darei início à campanha para governador de Goiás e, nos termos das regras acordadas com este jornal, não me será possível acumular a condição de candidato com a de articulista. Muito justo.

Agradeço a oportunidade que me foi dada e espero em algum momento futuro retomá-la. Foi um período profícuo, em que tive o privilégio de me dirigir a uma plateia empenhada em decifrar esta esfinge que é o Brasil contemporâneo.

Penso ter colaborado. Procuro exercer a política, hoje tão aviltada, nos termos em que a concebia Aristóteles, como a mais nobre das atividades humanas. Acredito na política e creio que só ela é capaz de solucionar os problemas que ela mesma cria.

Vejo o Brasil diante de uma daquelas encruzilhadas históricas que definem por gerações o destino das nações. O colapso institucional –natureza da presente crise– é também a oportunidade de refundar a República, em bases mais sólidas, do ponto de vista moral e estrutural.

A crise acordou a sociedade, que se tornou participativa, atuante, manifestando-se nas redes sociais, hoje convertidas em tribuna livre da cidadania. É ali que o embate eleitoral já está sendo travado. Com todas as impurezas decorrentes do facciosismo que invadiu as redes, há a voz do cidadão comum, até há pouco um ente passivo, que hoje se faz ouvir. E ai de quem o ignorar!

O grande vilão do desconcerto que vivemos –político, econômico, social e moral– é o Estado hipertrofiado, disfuncional e ingovernável, paraíso dos que chegam à vida pública não para servir, mas para delinquir. O ambiente tornou-se convidativo.

O que temos assistido nos últimos tempos –13 anos e meio da era PT e o ano e meio de governo Temer– é a potencialização, num grau impensável, de mazelas históricas. Corrupção sempre houve, mas não na escala que se estabeleceu, sistêmica, que banalizou o bilhão e até o trilhão.

O que já veio à tona até aqui –e ainda há mais por vir– nos coloca como campeões mundiais em corrupção. O que se desviou é superior ao PIB de muitos países.

A lenda de que o PT tirou milhões da pobreza é outra balela recentemente desmentida: pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) sustenta o contrário.

Entre 2014 e 2015, segundo mandato de Dilma Rousseff, nada menos que 4,1 milhões de brasileiros ingressaram na linha da pobreza. Desse total, 1,4 milhão está na extrema pobreza. Na miséria. Os dados fazem parte do Radar IDHM, estudo feito pelo Ipea com base nos dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), do IBGE.

Somem-se a esses dados os 14 milhões de desempregados, que os petistas querem lançar na conta de Michel Temer. Faria sentido apenas se se considerasse que Temer foi vice de Dilma e apoiou todos os governos petistas, sendo assim, ainda que figurativamente, parceiro na construção dessa tragédia.

O Brasil é ainda campeão mundial em homicídios (cerca de 70 mil por ano) e exibe os piores índices de desempenho escolar. É esse o passivo que temos de resolver. Os números assustam, mas o Brasil é bem maior que seus problemas. Há saída.

O diagnóstico é o ponto de partida para a terapêutica. Já o temos. Reformando o Estado, tornando-o mais enxuto, transparente e funcional, daremos um grande passo para reorganizar o país.

A equação é simples; consiste em tornar o Estado servidor da sociedade. Essa é a luta que continuarei a travar, não importa se no Executivo ou no Legislativo.

Vai estudar, danada!

Mãe faz 'textão' no Facebook para castigar filha após reprovação na escola em Vila Velha
Segundo a mãe, o uso das redes sociais foi fator crucial para o mau desempenho da filha na escola. Por esse motivo, resolveu publicar no perfil da própria filha
Folha Vitória

A vendedora Bruna Rodrigues, de 31 anos, resolveu publicar um 'textão' no Facebook da filha para corrigi-la após uma reprovação no 7º ano do Ensino Fundamental de uma escola no município de Vila Velha. Kailany Vitória, de 13 anos, foi reprovada nas matérias de Geografia e História, o que causou indignação em Bruna, que publicou uma foto da filha com os dizeres: "Reprovada!!! 7º Ano #Vergonha".

Segundo a mãe, o combinado com a filha foi de que a publicação seria excluída após uma semana. Contudo, ela não imaginava que o post, realizado na última quinta-feira (21), teria tanta repercussão. Em poucas horas chegou a mais de 4 mil reações e centenas de compartilhamentos. Bruna então resolveu excluir a postagem do perfil da filha.

Veja o post abaixo:

Essa é a face de alguém que foi o ano inteiro pra escola em busca de zoeira ao invés de ir estudar! Lá se foi 1 ano da minha dedicação, 1 ano jogado no lixo !!! Isso mesmo Brasil a Srta Kailany Vitória De Souza REPROVOU nas matérias GEOGRAFIA e HISTÓRIA KKKKKK Parece piada mas é verdade. A culpa segundo ela é dos professores que não a suportam kkkkkk Mas perguntei quem descobriu o BRASIL e ela não sabia, perguntei quem foi Princesa Isabel ela tbm não sabia, perguntei em qual região fica o estado de Goiás, em que região fica o espírito santo e ela tbm não sabe kkkkkk os professores não ensinaram kkkkkkk tadinha ela foi a única que os professores não ensinaram nada !!!! Mas então AMIGOS eu a MÃE monstra e boazinha da kailany Vitória fiz esse post para HOMENAGEAR a minha princesa e deixar claro a minha tristeza nesse momento. A partir de agora ela não tem mais telefone, face, menseger, pois ao invés de estudar e aprender quem descobriu o BRASIL ela se preocupou em saber quem estava ficando com quem, ao invés de aprender em qual região fica o nosso estado ela se preocupou em saber aonde fulano passou o final de semana por não saber conjugar vida social com os estudos a partir de hoje ela não terá mais rede social.

Convite Missa de 30º Dia pela alma de nossa inesquecível Fabíola Ramalho. Hoje, em Cajazeiras, na Igreja São João Bosco, às 19:00h e, em João Pessoa, na Igreja Santa Júlia, às 17:00h.


Velório no Paraná tem chope, música e 'uniforme' vermelho
LUIZA POLLO - O ESTADO DE S.PAULO
João Luiz Ferrari morreu ao 70 anos e queria uma despedida alegre
João Luiz Ferrari não resistiu a uma pneumonia aos 70 anos de idade, e a família quis homenageá-lo Foto: Imagens cedidas por Brenna Ferrari/Acervo pessoal

João Luiz Ferrari tinha sobrenome propício para sua atividade: era preparador de carros de corrida. Apaixonado por automobilismo e aeromobilismo, o avô de 70 anos morreu com uma parada cardíaca em decorrência de pneumonia na última terça-feira, 26, e ganhou uma homenagem da família: no velório, alguns familiares combinaram de usar roupas vermelhas, a cor considerada mais marcante do carro que leva no nome.

Chope e música completaram a celebração da vida de João, relata Brenna Ferrari, neta, ao E+. "Meu tio (genro do meu avô) lembrou de um acordo que eles tinham feito sobre o velório deles... Que o primeiro que morresse ia fazer um velório alegre, pra lembrar dos momentos bons e dos brindes com os amigos, que era o que ele gostava de fazer sempre nos momentos de tristeza", conta.

Um vídeo do encontro foi compartilhado nas redes sociais e nos grupos de WhatsApp em Cascavel, oeste do Paraná, onde ocorreu o velório, e fez sucesso entre os que receberam. "Encaramos isso de uma maneira bonita e alegre", explica Brenna.

E num tem mais aquele negócio de 'troca de tapa' não?!

Popular sofre tentativa de homicídio em Cajazeiras na noite desta sexta-feira
Uma tentativa de homicídio foi registrada na noite desta sexta-feira (29), no bairro Vila Nova em Cajazeiras.

Segundo informações da polícia, o caso aconteceu quando a vítima, identificada como Marcelo Henrique de Sousa, de 28 anos, foi surpreendido na Rua Antônio Fernandes da Silva por dois marginais, que efetuaram vários tiros em sua direção acertando o pé e a perna.

Após os tiros, os elementos fugiram com destino incerto.

A PM esteve no local, colheu informações e passou a realizar rondas, mas ninguém foi preso.

Marcelo Baiano, como é conhecido, foi socorrido para o HRC onde foi atendido ficando em observação.

Na capa d'O Dia: no Rio de Janeiro, o dinheiro acabou...


No jornal Lance: Diego Souza no São Paulo


A primeira página do jornal Correio Braziliense


As manchetes do jornal Correio Braziliense


As manchetes de jornais brasileiros neste sábado

FolhadeSãoPaulo: Delatores da Odebrecht não explicam 600 codinomes

Globo: Pezão pretende zerar o rombo e prevê tomar mais medidas amargas

Extra: Três seleções querem tirar Rueda do Fla

Estadão: Desemprego cai para 12% menor nível do ano

ValorEconômico: Retomada da economia e juros baixos impulsionam mercado de ações

ZeroHora: Ano eleitoral começa com muitos candidatos e poucas certezas

EstadodeMinas: Abasteça antes de pegar a estrad

CorreioBraziliense: Mundo aposta no Brasil como o maior produtor agrícola

CorreiodaBahia: Virou carnaval

DiáriodePernambuco: A hora de renascer

DiáriodoNordeste: Órgãos federais planejam milhares de vagas  em 2018

CorreiodaParaíba: Mínimo é de R$ 954 e cai extra da luz

sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Corrida de São Silvestre? Já ganhamos! É Vanda e não tem mais pra ninguém!


Cajazeiras tem representação feminina na 93ª Corrida de São Silvestre. Parabéns pra você, minha irmã e guerreira, Vanda Sobral! 

Boa sorte na sua primeira de muitas.

Jesus socialista?
Padre José Eduardo

O socialismo é um arranjo de ideias segundo o qual toda e qualquer transcendência deve ser refutada imediatamente como ideológica. A única realidade seria o dado sensorial imediato. Toda e qualquer interpretação deste, o que inclui a filosofia inteirinha, é por seus sustentadores considerada como ideologia opressora, autoritária e silenciadora.

Como, porém, alguém chega à afirmação grotesca de que Jesus Cristo teria sido socialista?

A distorção cognitiva é tão grande que requer a análise de cada termo do julgamento.

O termo “socialista”, aqui, é esvaziado de seu significado real, filosófico e histórico, e forjado retoricamente a partir de ideias difusas, genéricas, inconsistentes, imprecisas, composto pela revolução cultural gramsciana, que tomou os seus aspectos positivamente interpretáveis, quase de modo sentimentalista, para repropor o produto de modo propagandísticamente atraente. E deu certo por um certo tempo!

Ninguém sabia bem o que era o socialismo, mas as pessoas acreditavam que era uma coisa boa, que nunca deu certo, embora ninguém saiba muito bem o porquê, muito menos os socialistas, e que todo mundo que era “do bem” devia ser socialista de algum modo…

Neste sentido, Paulo Freire soube traduzir o ideário socialista num discurso tão sentimentalmente apelativo para a consciência cristã que, finalmente, conseguiu aquilo que a filosofia marxista de Karl Korsh pretendia, substituir a consciência do homem pela estrutura mesma do marxismo.

A falsificação, embora grosseira, precisava ir muito mais além, e recriar a própria imagem de Jesus Cristo. Em certo sentido, teria de dar-se a inversão completa do dado bíblico: agora teríamos que criar um Jesus Cristo à imagem e semelhança do “homem novo” socialista. Mas, como fazê-lo?

Havia um modo. Já nos finais do século XIX, a teologia protestante histórico-critica havia criado aquilo que, em lógica, se chama “falácia de falsa dicotomia”: o Cristo da fé versus o Jesus histórico. Aquele seria uma elaboração posterior da comunidade dos crentes, este seria o personagem real, com uma práxis histórica revolucionária.

Com um golpe de retórica, transformaram Cristo em mitologia e, obviamente, como o Jesus histórico seria em si mesmo inacessível, transformaram-no também num mito, num arquétipo que, apesar de inalcançável, seria, pelo menos, manipulável. A tese foi condenada por São Pio X, mas pouca gente deu importância.

A chamada “cristologia de baixo” se tornou o campo fértil para o desmonte do imaginário cristão. Apresentando-se um Jesus “humano demais” conseguiu-se interceptar nele um novo Cristo, desconhecido até então, um Cristo socialista.

Como, porém, esta série de desvios se tornou possível? Um sem-fim de forçações flagrantes, inadequadas, absurdas, que fizeram Cristo caber nos estreitíssimos limites materialistas do socialismo…

Não é possível substituir a fé por uma ideologia sem, antes, desligar a própria fé no coração do homem.

Se apresentassem este Cristo socialista para Agostinho, Tomás de Aquino, Teresa d’Ávila, Inácio de Loyola ou Francisco de Assis eles desprezariam o simulacro como uma loucura, no máximo, digna de risos. Isso jamais os convenceria!

Por quê? Porque, evidentemente, eles sabiam quem era Cristo. A luz da fé, brilhando em suas almas, dava-lhes a percepção clara de Jesus Cristo vivo, uma Pessoa real, na qual não há dicotomia alguma. É o Verbo Eterno, a Segunda Pessoa da Santíssima Trindade encarnada, e pronto!

Num certo dia, quando Santa Teresa recebeu a primeira vez a graça da oração contemplativa, disse ao seu confessor: “eu vi Jesus Cristo”. Ele perguntou-lhe como era Cristo. Ela não soube explicar. O sacerdote replicou-lhe: “mas como você sabe que era Ele?”. Ela disse: “estou mais certa disso do que da luz do Sol que ora brilha sobre nós”.

Ela conheceu Cristo porque, pela graça, penetrou em outro nível ontológico, percebeu o ser divino como fonte do ser mesmo de todos os seres. Ela viu a Deus pela fé.

O mesmo disse Agostinho: “queres tocar em Cristo, crê que Ele é co-eterno com o Pai e o terás tocado”.

Jesus Cristo jamais poderia ser socialista, não apenas porque isso seria totalmente extemporâneo, mas porque aqui há uma contradição radical de princípios: o socialismo, por princípio, não é sequer uma filosofia, mas um arranjo de ideias usado por um grupo de pessoas que visa somente o poder e, por isso, afirma que nada, na realidade, é alguma coisa, tudo, absolutamente tudo, é apenas dado material-sensorial puro sem significado; ao contrário, Jesus Cristo é a Verdade mesma, o próprio Logos de que está impregnada totalmente a criação, o Ser no ato de ser de todos os seres.

Entre estes dois princípios não há alguma conveniência. Conjugá-los só é possível para quem não sabe direito o que é socialismo, desconhece completamente Jesus Cristo pela fé e está munido de uma retórica fatalmente fajuta.

Leia um texto de João Ferreira sobre o tema 'assalto a Maria do Rosário'...


Foi não, foi?!

Deputada Maria do Rosário tem o carro roubado em Porto Alegre
Parlamentar carregava com bagagem seu Citroen Aircross no bairro Chácara das Pedras, para viagem, quando assaltantes chegaram
RENATO DORNELLES - ZeroHora
Parlamentar teve de entregar o carro

A deputada federal Maria do Rosário (PT-RS) teve o carro roubado no bairro Chácara das Pedras, na zona norte de Porto Alegre, no início da noite desta quarta-feira (27)

De acordo com o comunicado feito pela parlamentar à Brigada Militar (BM), ela e o marido, Eliezer Pacheco, estavam em frente à casa deles, carregando com bagagem o seu Citroen Aicross para uma viagem. Por volta das 19h, três ladrões chegaram em um veículo vermelho, cujo modelo não foi identificado, e anunciaram o assalto. Pelo menos um dos assaltantes estava armado

O veículo da deputada foi levado com pertences pessoais. Segundo informações preliminares, os ladrões fugiram em direção à Avenida Saturnino de Brito, na Vila Jardim. A BM realizou, na noite de quarta-feira, buscas na região para tentar localizá-lo, mas não obteve sucesso até as 23h15min. Maria do Rosário e o marido não sofreram ferimentos.

Em nota divulgada no fim da noite, a assessoria da parlamentar confirmou que o casal passa bem (confira a íntegra abaixo). 

Outro caso

Esta não foi a primeira vez que a deputada virou alvo de ladrões de veículos em Porto Alegre. Em março de 2006, ela buscava a filha, então com cinco anos, na casa da mãe, no bairro Jardim do Salso, quando três homens armados abordaram a parlamentar e o motorista. Maria do Rosário recém havia descido do carro, um Siena, quando os bandidos anunciaram o assalto. Na ocasião, além do automóvel, os assaltantes levaram documentos e pertences pessoais. Na mesma noite, a Polícia Civil prendeu dois suspeitos por receptação e localizou o veículo.

Nota oficial

Leia, na íntegra, o que disse a assessoria de imprensa de Maria do Rosário sobre o crime desta quarta-feira: 

Informamos que a deputada federal Maria do Rosário e seu esposo, Eliezer Pacheco, foram vítimas de assalto na tarde desta quarta-feira (27), em Porto Alegre. 

Além do carro, foram levados pertences pessoais. O boletim de ocorrência já foi realizado. Brigada Militar e Polícia Civil foram acionados e prestaram pronto atendimento. 

Rosário e Eliezer passam bem.