quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

JUSTIÇA
Apenas 3 tribunais enviam dados sobre 'fichas sujas' ao CNJ
Folha de São Paulo
DE BRASÍLIA

Só três dos mais de 90 tribunais do país cumpriram integralmente determinações do Conselho Nacional de Justiça de prestar informações sobre a existência de servidores fichas sujas no Judiciário.

Isso motivou o presidente do CNJ, ministro Joaquim Barbosa, a enviar ofício às cortes de país cobrando o cumprimento das regras estabelecidas no ano passado e determinando, para alguns tribunais, novos prazos para que apresentem informações.

O CNJ havia determinado que os tribunais informassem até a última segunda a existência de servidores atingidos pela resolução. O prazo para que todos fossem demitidos é no dia 9 de fevereiro.

Segundo o conselheiro Bruno Dantas, 11 tribunais chegaram a mandar informações sobre servidores em cargos de confiança, mas alguns deles não apresentaram em relação aos terceirizados.

Os três que apresentaram informações completas foram os Tribunais Regionais do Trabalho do Amazonas e Rio Grande do Norte e o Tribunal Regional Eleitoral de Roraima, onde não havia funcionários atingido pela resolução.

Nenhum comentário: