quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Bee Gees. Fez um sucesso e bem enormes. Pegue na alça de minha lembrança!



I Started A Joke
Bee Gees

I started a joke
Which started the whole world crying
But I didn't see
That the joke was on me

I started to cry
Which started the whole world laughing
Oh if I'd only seen
That the joke was on me

I looked at the skies
Running my hands over my eyes
And I fell out of bed
Hurting my head from things that I said

'Till I finally died
Which started the whole world living
Oh if I'd only seen that the joke was on me

I looked at the skies
Running my hands
Over my eyes
And I fell out of bed
Hurting my head from things that I said

'Till I finally died
Which started the whole world living
Oh if I'd only seen that the joke was on me
Oh no! that the joke was on me
Oh...

Rafael Holanda com as suas boas lembranças de Cajazeiras e de seus homens e mulheres de bem.

Praça João Pessoa, em Cajazeiras. Em outro tempo. Tempo marcado na memória!

Caro Dirceu

Tenho saudade dos meus tempos de criança em que a difusora tocava chiquita bacana, enquanto Chicão, Gabriel, Waldemar e Leitão se dirigiam a banca de Bem-Bem para compra de jornais.

Dos sapatos engraxados na cadeira de Ze de Souza, vascaino doente, dos asilados a farejar os grandes jogadores de sinuca no bar de Zé Elizeu.

Da chegada de Antonio Rolim com Ernandes para abrirem a cooperativa rural. Do bar de Zé Palmeira onde era ocupado mais pela familia do que com os contumazes bebedores. Do bar de Ionas onde só entrava quem realmente tinha condições de beber e pagar. Da fila dos matutos a esperar que o consultorio de Dr.Sabino viesse a abrir para se consultar. Das belas senhoras que desde cedo estavam na porta de Maria Augusta para os cabelos pentear. Da casa de Eudes Cartaxo ponto de referencia para os amigos.

Dos bons que se foram e deixaram saudades, de Peto, Mucuim, Fuba, Ari baitola, cara de cu, Nilbertson e Nêgo de Ninfa,. Dos bons homens que fizeram bem a nossa historia, como Dirceu Galvão, Domicio, Arcanjo, Assis e Tim, Dr.Waldemar, Donato da farmacia, Donato Braga, Chico Correia e Assis Piano, Luiz Paulo, Aucindo e Juarez AndradeAntonio Holanda.

Das mulheres como Dona Sinhá, Querubina, Natercia, Dona Mariá, tia Erotildes, Rosalba de Agamenon, Ica Pires. Tenho saudade de tantos que a lembrança se perde pelo vento da memória.

Rafael Holanda
obs: perdoe-me se houve esquecimento.

No salão do OBar, em Cajazeiras, o nosso querido amigo, Julimar Dias. Grande cara!

Sidney Magal escapou 'fedendo'. Quase engravidava!

"Quando me olho pelado, já tenho vontade de rir", afirma Sidney Magal a revista 
Texto do UOL, no Rio


Sidney Magal posa para a revista "Quem" (29/2/12)

Com 36 anos de carreira e prestes a completar 60 anos, o cantor Sidney Magal revelou que o sexo perde muito encanto com os anos. Ele é casado há 33 anos com Magali. “Quando me olho pelado, já tenho vontade de rir [risos]. Fico imaginando que ela também tenha essa vontade [risos]”, contou ele à revista “Quem” desta semana.

O cantor – que está em cartaz no musical “Xanadu” – afirmou que não acha que sexo seja fundamental em uma relação. “Sempre achei o respeito, a pele, mais importantes”, disse Sidney, que irá lançar um CD e um DVD em junho deste ano com músicas novas e antigas.

Questionado se transaria com outro homem, ele afirmou que hoje em dia não. “Mas se não tivesse a relação que tenho e tivesse me apaixonado por um homem, lógico que faria, sem o menor problema”, contou.

O cantor, que já foi sex symbol, também contou uma história surpreendente do assédio de uma fã. “[Ela] trançou as pernas em mim e fez sexo com a minha coxa. Ela revirou os olhos, teve um orgasmo e caiu desmaiada. Minha mulher, que estava ao lado, perguntou ‘o que a gente faz?’. Eu disse: ‘ Não sei, deixa ela gozar’”, lembrou.

Mas olha só. Agora, uma flamenguista pra gozar os meus amigos vascaínos!

Pelo Baile da Saudade, no Cajazeiras Tênis Clube.

Laci e uma nossa amiga mascarada

Eita, diabo! A confusão é grande e Hildebrando tem história que faz um passeio completo pelo Código Penal!


Hildebrando dribla cerco e, da cadeia, ameaça Judiciário

Em duas cartas enviadas para fora da prisão, o ex-deputado federal e ex-coronel da Polícia Militar conhecido por crime com motosserra tenta extorquir autoridades do Acre

BRASÍLIA - Preso há 12 anos e condenado a mais de 110 anos de prisão, o ex-deputado federal e ex-coronel da Polícia Militar Hildebrando Pascoal - o "homem da motosserra" - driblou a vigilância da penitenciária de segurança máxima do Acre e enviou duas cartas de ameaça e extorsão a autoridades do Judiciário local. Ele exige dinheiro e afirma ter fatos a revelar aos Conselhos Nacional de Justiça (CNJ) e do Ministério Público (CNMP), conforme revelou o Estado no domingo, na coluna Direto de Brasília, de João Bosco Rabello. As cartas integram um inquérito sigiloso em tramitação no Ministério Público do Acre.


Dida Sampaio/AE - 12/1/2000 Hildebrando foi detido em 2000, após CPI do Narcotráfico, e condenado a 110 anos

Manuscritas e postadas no dia 23 de novembro de 2011 numa agência dos Correios em Rio Branco (AC), foram enviadas por Sedex à desembargadora Eva Evangelista, do Tribunal de Justiça do Acre, e à procuradora de Justiça Vanda Milani Nogueira, ex-cunhada de Hildebrando. Aos 60 anos, o homem que na década de 90 liderou o "esquadrão da morte" mostra-se ressentido e disposto a vingar-se de quem, segundo ele, o teria abandonado.

Na carta enviada à procuradora, Hildebrando pede que ela lhe envie R$ 6 mil "para me manter e manter minha família". E prossegue: "Caso não me atenda, tenha a gentileza de encaminhar esta carta para os órgãos competentes, pois caso contrário eu a encaminharei e apresentarei esclarecimentos provando os fatos".

O Ministério Público atribui as ameaças e tentativa de extorsão à cassação da patente de coronel da PM, decretada em 2005, mas que se efetivou no ano passado, com o trânsito em julgado (esgotamento dos recursos) da decisão. O ex-deputado explicita esse ressentimento na carta: "Você (Vanda) conseguiu com sua turma tirar a minha patente e o meu salário, posição que conquistei, com honra".

Eva foi a juíza-revisora do processo de cassação da patente. "É claro que me senti constrangida. Em 36 anos de magistratura, nunca fui ameaçada", disse Vanda ao Estado. Ela encaminhou a carta ao Ministério Público e ao presidente do TJ, pedindo reforço na ronda feita em sua residência.

Caneta. Na carta a Eva, Hildebrando diz que a única arma que possui no momento é uma "caneta" e avisa que pretende usá-la. Em 2009, ele foi julgado e condenado por um dos crimes mais bárbaros da década de 90: a morte de Agilson Santos, o Baiano. Segundo o MP, em julho de 1996, ele teve os olhos perfurados, braços, pernas e pênis amputados com o uso de uma motosserra. Ele teria sido morto por não revelar o paradeiro de José Hugo Alves Júnior, suspeito de matar Itamar Pascoal, irmão de Hildebrando.

Na mesma carta, afirma que teria presenciado Vanda entregar a Eva o gabarito das provas do concurso para o MP em que a filha dela, Gilcely, teria sido aprovada. Na carta a Vanda, acusa-a de sabotar uma reunião em que ele tentaria encerrar as desavenças com o desembargador Gercino da Silva Filho, mediada pelo então governador Orleir Cameli.
28.fevereiro.2012 00:28:01
Leia a íntegra das cartas em que o ex-deputado Hildebrando Pascoal ameaça desembargadora
estadão.com.br

Preso há 12 anos e condenado a mais de 110 anos de prisão, o ex-deputado federal e ex-coronel da Polícia Militar Hildebrando Pascoal – o “homem da motosserra” – enviou duas cartas de ameaça e extorsão a autoridades do Judiciário do Acre. O material integra um inquérito sigiloso em tramitação no Ministério Público do Estado. Leia a íntegra a seguir:

Procuradora de Justiça Vanda Denir Milani Nogueira

Desde os primeiros dias de minha prisão, você, com medo dos opressores, foi a pessoa que mais me abandonou. O que mais senti foi, para agradar os tiranos, o seu julgamento, coisa que você não tem moral de fazê-lo, pois a maioria dos problemas criados teve você como pano de fundo, ou seja, você como protagonista, principalmente aquele da Secretaria de Segurança Pública, quando você era delegada de polícia, que você hoje finge até para si própria que não tem nada a ver, esquecendo-se que pessoas que se encontram na minha situação, o que mais tem é MEMÓRIA.
Nas poucas vezes que precisei de você e de sua família, para não dizer a única, tive minhas mãos vazias.
Hoje encontro-me em uma situação, que sei, que cheguei a ela levada pelo descaso, pela falta de força de vontade, pelo descaso dos meus irmãos e da minha família e, que muitas vezes, ainda chegam aos meus ouvidos que eu teria sido o responsável por ter destruído a família.
Vanda, você sabe como ninguém que nossos problemas eram únicos e de todos, inclusive, indo à minha casa fazendo cobranças.
Durante meus julgamentos não delatei ninguém, dei meu próprio sangue e dos meus filhos e netas, e o que eu recebi foi o desprezo e o descaso.
O Des. Gercino pediu ao governador Orleir Cameli para que me persuadisse a participar de uma reunião com ele, para acabarmos com as desavenças. Orleir fez o pedido e eu o aceitei.
A reunião fora marcada para quarta-feira entre Gercino e eu, sendo mediada pelo governador. Ingenuinamente comentei com você, Vanda, da reunião que seria realizada entre Gercino e eu com a mediação de Orleir. Estranhamente a reunião não fora realizada.
Você, Vanda, sabendo da reunião porque eu havia lhe falado, movida pelo ódio e pela vingança por não ter sido escolhida por mim como candidata a deputada estadual, falou para o então governador que eu iria matá-lo, razão pela qual a reunião não se realizara.
Após minha cassação e prisão, o dr. Ery Varela, advogado do então governador Orleir Cameli, me falara desses absurdos, dessa mentira cometida por você.
O Des. Gercino entrou em desespero e passou a utilizar-se de todos os meios repugnáveis ao Estado Democrático de Direito para me destruir, como destruiu-me com o apoio de Jorge Viana.
Vanda, não tenho mais nada a perder. O que vai me segurar, no momento, é o objetivo de manter-me e manter minha família.
Você conseguiu com sua turma tirar a minha patente e o meu salário, posição que conquistei, com honra.
O Ministério Público e o Poder Judiciário acreano nunca teve e não tem autoridade moral para me denunciar e condenar-me.
Sinto muito, mas vou tomar atitudes que até hoje evitei, mesmo sendo muito massacrado, portanto, vou tornar público todas as mazelas do Ministério Público e do Poder Judiciário, fornecendo detalhes.
Não tenho mais nada a perder. O que vai me segurar, no momento, é o objetivo de manter minha família.
Diante do exposto, solicito que me encaminhe, mensalmente, a importância de R$ 6.000,00 (seis mil reais) para me manter e manter minha família (filhos e netas).
Caso não me atenda, tenha a gentileza de encaminhar esta carta para os órgãos competentes, pois caso contrário eu a encaminharei e apresentarei esclarecimentos provando os fatos.
Unidade Penitenciária 2/AC, 27 de setembro de 2011.
Hildebrando Pascoal
P.S. Vanda, Ainda tem as aposentadorias dos soldados da borracha para serem esclarecidas, ou seja, tornar público as podridões. Quando eu for ouvido pelos Conselhos Nacional de Justiça e do Min. Público as pensões dos soldados da borracha serão esclarecidas também.”

...............................
“Senhora Desembargadora Eva Evangelista,

Trinta dias, aproximadamente, antes da realização do concurso público para provimento de cargos de Promotor de Justiça do Estado do Acre, a senhora e o seu marido Menandro passaram a frequentar todas as noites a casa da procuradora de Justiça Vanda Denir Milani Nogueira, minha cunhada.
E como todas as noites nós nos encontrávamos lá para longas conversas, informações e recebimento de documentos sigilosos do Poder Judiciário, em momentos agradáveis regados a jantares, não é justo que só eu faça parte de uma colheita tão amarga: ver meus filhos e netos passarem necessidades por uma atitude de comum acordo que tomei com a senhora e outros amigos de seu quilate que não vem ao caso citá-los, a não ser em hora oportuna.
Diante de tanta amizade, de tantos envolvimentos, não cabia a senhora se aliar aos meus algozes Jorge Viana e Tião Viana condenando-me à desonra e à execração pública.
A senhora bem sabe que não é detentora de princípios éticos e morais para julgar-me como ser humano, nem tão pouco como Oficial honrado que fui.
Você Eva, sabe muito bem que eu presenciei a Procuradora de Justiça Vanda Milani Nogueira, minha cunhada, entregando-lhe, em mãos, o gabarito das provas do concurso público do Ministério Público Estadual para ser repassado para sua filha, Gilcely Evangelista, hoje Procuradora de Justiça.
Em outra oportunidade presenciei também, a minha cunhada Vanda entregando em mãos para o seu esposo Menandro que se encontrava em sua companhia o gabarito das provas do concurso público do Ministério Público do Estado do Acre.
Desta vez, o concurso fora anulado em face da evidência da incapacidade de seu marido e outro. O escândalo veio à tona.
Atendendo pedido verbal da minha cunhada Vanda e da senhora, fui ao jornal A Tribuna e pedi ao proprietário do jornal, empresário Ely Assem de Carvalho, que abafasse o escândalo referente ao concurso público do Ministério Público do Estado do Acre. Pedido semelhante fiz ao jornalista Silvio Martinelo, proprietário do jornal A Gazeta. Paguei muito caro por esse pedido feito ao Silvio.
Valter Montila era o Procurador-Geral de Justiça, de direito, mas de fato era a Vanda.
Depois a Vanda fora nomeada Procuradora-Geral de Justiça.
A única arma que eu tenho e que não gostaria de usá-la é a caneta, associada aos conhecimentos que tenho sobre sua conduta nada recomendável para uma pessoa da sua importância social, portanto irei usá-la com a consciência tranquila.
Encaminharei a cópia desta carta para os Conselhos Nacional de Justiça e do Ministério Público para conhecimento e providências, bem como após encaminhamento a postarei na internet.
Tenho plena certeza que serei ouvido pelos Conselhos e prestarei todos os esclarecimentos.
Infelizmente em certos momentos de nossas vidas, nos encontramos em posições em que nos deparamos com pessoas erradas, nos lugares errados e em situações mais erradas ainda, onde traímos os nossos ideais e nossas convicções.
Este é o desabafo de um homem que sempre, indiscutivelmente, colocou em primeiro lugar a ética e a honra.
Unidade de Regime Fechado 2/AC, 3/11/11″
Fonte e Texto do estadão.com.br

Pelo Baile da Saudade, no Cajazeiras Tênis Clube.

Márcya de Zeilto Trajano

George Sandro

As redes sociais repercutem este vídeo com reportagem da TV Bandeirantes!

Mudanças na aposentadoria do servidor público federal pretendem equilibrar o setor.

Câmara aprova mudança em Previdência de servidores

Proposta ainda irá ao Senado; se aprovada, funcionário público que quiser receber acima do teto do INSS terá de fazer contribuição extra

MARIA CLARA CABRAL
Folha de São Paulo

Depois de mais de 12 anos de discussão, o texto principal que institui o fundo de previdência complementar do servidor público foi aprovado ontem à noite na Câmara por 318 votos a 134.

O projeto ainda pode sofrer modificações em nova votação marcada para hoje -ontem foi aprovado o texto principal, mas ainda falta analisar os destaques. Depois, ainda seguirá para o Senado.

A proposta iguala o teto das aposentadorias dos servidores públicos federais civis ao do regime privado.

Com isso, o valor máximo do benefício pago pela União será de R$ 3.916,20 (atual teto do INSS), com o desconto de 11% do salário.

Quem quiser um benefício maior terá que pagar outra contribuição, que irá para um fundo complementar. O governo também participará deste fundo, empatando o índice aplicado pelo trabalhador, até o limite de 8,5%.

O novo sistema previdenciário, que valerá apenas para os novos servidores, visa acabar com o deficit do setor.

Dados da equipe econômica mostram que os cerca de 950 mil aposentados e pensionistas da União geraram, em 2011, um deficit em torno de R$ 60 bilhões.

Para efeito de comparação, no INSS, que banca a aposentadoria do setor privado e tem mais de 20 milhões de aposentados e pensionistas, o deficit foi de R$ 35 bilhões.

A expectativa é que, em um primeiro momento, o novo regime gere despesas extras para a União, que terá que arcar com os dois modelos de Previdência (o novo e o antigo).

O deficit só seria zerado em um prazo de mais de 30 anos. O aporte inicial para implementação do fundo será de R$ 100 milhões.

PRESSÃO DA BASE ALIADA

O novo fundo foi usado para pressionar o governo em diversas frentes.

O PDT, por exemplo, que aguarda por uma definição no Ministério do Trabalho, votou majoritariamente contra a proposta. A bancada do PSB de São Paulo, que pleiteia mais atenção nas negociações pela prefeitura da capital, fez o mesmo.

Já o PR, em busca de indicar um novo ministro dos Transportes, ameaçou votar contra, mas recebeu a promessa de que o problema seria resolvido. Mesmo assim, o partido votou rachado (20 sim, entre 32 deputados).

O projeto é semelhante a proposta que passou recentemente na Assembleia Legislativa de São Paulo -onde os deputados do PT votaram contra. Já o PSDB votou a favor tanto no plano federal quanto no estadual.

Diante das ameaças, o Planalto teve que fazer diversas concessões no texto.

Uma das principais, apoiada pelo PT, abriu a possibilidade de a gestão dos recursos ser feita pelos próprios participantes, levando a oposição a criticar possível partidarização. Na proposta original, a administração era feita, obrigatoriamente, por uma instituição financeira.

O governo também aceitou criar um Fundo de Cobertura de Benefícios Extraordinários para arcar com aposentadorias especiais, além de abrir a possibilidade da instituição de três fundos separados, um para cada Poder.

Pelo Baile da Saudade, no Cajazeiras Tênis Clube.

A lei do cão! Pai se ofendeu com postagem da filha no Facebook e tomou providências...! Merece reflexão.

Políticos desse naipe não merecem nosso respeito! Nem voto!

Se não somos governo, careca do Serra é linda’
Josias de Souza



Aspirando a pompa de um ministério, o Partido da República cansou de tropeçar nas circunstâncias que Dilma Rousseff atravessa no seu caminho. A legenda decidiu fazer em público o que fazia há meses em privado: chantagear.

Reunidos nesta terça (28), os senadores do partido deram um ultimato ao governo: ou Dilma devolve o Ministério dos Transportes ou o PR vai se incorporar em São Paulo à coligação tucana de José Serra, contra o petista Fernando Haddad.

Apeado dos Transportes sob denúncias de corrupção, o presidente do PR, senador Alfredo Nascimento, resumiu o ânimo de sua tropa: “Se não somos governo, temos que fortalecer o partido na base, nos municípios. Aí, a careca do Serra é linda.”

Nascimento fixou as bases da barganha. Disse que, tratado como deseja em Brasília, o PR adotará nos municípios um comportamento de partido governista. Contrariado, vai às eleições municipais com a fúria de um oposicionista.

Em São Paulo, o PSDB convidou o PR para uma aliança”, disse o senador. “Até então, tínhamos um compromisso com o governo. Mas, se continuar nessa situação, vamos cuidar da nossa sobrevivência.” Fixou um prazo para a paciência: “Temos até 20 de março para aguardar uma posição do governo.”

O presidente do PR tornou-se um personagem explícito. Já não se preocupa em maneirar: “É hipocrisia dizer que partido do governo não quer cargo. Não dá para ficar assim: ser governo para votar a favor, e ficar apenas com o ônus. Já que o PR não tem cargos, a eleição municipal passou a ser questão de sobrevivência.”

Quer dizer: se devolver a pasta dos Transportes ao PR, Dilma realçará a beleza do seu penteado. Negando o ministério ao pseudo-aliado, a presidente fará da calva de Serra um território cujo poder de sedução dispensa argumentos.

Como forma de provar a Dilma que o possível é um vocábulo semanticamente contido no impossível, o PR ameaça, como alternativa a Serra, lançar em São Paulo a candidatura do prefeito Tiririca.

As manchetes de jornais brasileiros, nesta quarta.


- Globo: Câmara aprova nova regra para servidor se aposentar

- JornaldoBrasil: Rio caminha nos próximos dias para perder royalties do petróleo

- O Dia: Chefe de UPP deu pirarucu de aniversário a traficante

- Extra: PM de folga poderá trabalhar em outro batalhão e receber hora extra

- Folha: Triplica apreensão de bagagens pela Receita em Cumbica

- Estadão: Corregedora do CNJ defende punição a juízes ‘vagabundos’

- JornaldaTarde: Na capital, 2,4 mi vagas para quem tem ensino médio

- ValorEconômico: Acordo deve aprovar Código Florestal com revisão futura

- Estado de Minas: Dupla infração

- CorreioBraziliense: Acabou – Sob pressão, distritais votam o fim do 14º e do 15º salário

- Zero Hora:  Inter busca alternativa para obra do Beira-Rio

- CorreiodaBahia: TV LCD a 999, tênis a 119, blusa a 29,90

- TribunadaBahia: Dívida da Saúde pode fechar o Aristides Maltez

- DiáriodoNordeste: Edital de licitação da AMC era dirigido à Citéluz, diz MP

- O Povo: Estado pagará pensão de R$ 414 por morte de Bruce

- DiáriodePernambuco: As drogas invadiram a nossa família de forma cruel e injusta

- JornaldoCommércio: Dilma amplia verba para o Grande Recife andar

- TribunadoNorte: Dinheiro do desvio do TJ era lavado em construtora

- JornaldaParaíba: JP tem 7 mil leitos, mas é 'prima pobre' no turismo

- CorreiodaParaíba: HU fará exame que prevê risco de infarto

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Uma lindíssma música!


Sugestão de Mary Braga de Carvalho

Esta reflexão de Dimenstein serve para Cajazeiras e para muitas outras cidades!


PT e PSDB revelam nossa mediocridade
Por Gilberto Dimenstein
Folha de São Paulo

Leiam todas (rigorosamente todas) as notícias sobre a candidatura Serra e vejam se existe alguma (uma única) menção sobre como sua decisão de disputar a Prefeitura estaria relacionada à melhoria da caótica cidade de São Paulo. O que se fala é sobre o impacto nas eleições estaduais e presidencial.

É uma revelação de nossa mediocridade. É uma mediocridade na qual nós, da imprensa, somos coadjuvantes.

Nesse baile da mediocridade estão todos, PSDB, PT e PSD, além do PMDB, juntos, de mãos dadas. Kassab só não está com o PT porque Serra, na última hora, saiu candidato. Do contrário, Kassab e Haddad estariam juntos --apesar de o PT ter sido, nestes anos todos, oposição. É como se ninguém acreditasse em coisa alguma, apenas na tomada no poder. O pior é que nem disfarçam.


Até o momento, essa eleição paulistana nada tem a ver com o cidadão comum que, todos os dias, é obrigado a enfrentar o caos do trânsito, a sujeira nas ruas, a escola pública sofrível, a poluição, a saúde precária. Onde estão das ideias para fazer da cidade uma incubadora de talentos, gerando mais e melhores empregos?

Parte da mediocridade somos nós mesmos, que não fazemos esse tipo de pergunta tão óbvia.

Pelo Baile da Saudade, no Cajazeiras Tênis Clube.

Meus amigos, Olivan Big Boy Pereira e sua Lourdinha

Pelo Baile da Saudade, no Cajazeiras Tênis Clube.

Meu amigo, Alberto da Telpa

O amor é lindo, mas - algumas vezes - cobra o seu preço de renúncia.

DIÁRIO DA JUSTIÇA DO TRABALHO DA PB PUBLICA CARTA COM HISTÓRIA DE ‘TRIÂNGULO AMOROSO E MUITO SEXO”
Texto do Jornaldaparaiba.com.br




A Justiça do Trabalho da Paraíba publicou em Diário da Eletrônico nº 921/2012 na Quinta-feira, 16 de Fevereiro de 2012 uma “carta amorosa” em sua página 17 que merece esclarecimento públicos por parte da Justiça do Trabalho. A carta foi implantada e publicada e conta a história de um triângulo amoroso vivido por uma suposta funcionária da Justiça do Trabalho da Paraíba que assina pelo nome de “Marta”.

Na carta, Marta supostamente descreve detalhes de um triângulo amoroso vivido

Eu fiquei muito mal comigo mesma com a "nova" história triangular que acabo de viver com você porque percebi que estava desejando uma reaproximação contigo, reviver os momentos bons que tivemos, mesmo que limitados...Ilusão claro, e sempre soube que você era/é "solto" e que ninguém é de ninguém. A carta descreve relações amorosas em carro, idas a motel, tesão e presentes trocados, a exemplo de um IPHONE.

Leia a carta:

Mas assim como no ano passado você sabia - e eu NÃO !!! – que estava me chamando para treinar no mesmo ambiente em que estava Jamile (UP), há um mês atrás, quando me convidou novamente, quando esteve em minha casa, e ainda quando transamos no carro, há uma semana, EU NÃO SABIA que você e uma pessoa tão próxima a mim, de quem gosto e a quem devo obediência profissional, está de caso com você...E percebo que esse caso está rolando, que se tivesse acabado, se fosse passado, ela não teria comentadodo/especulado há poucos dias porque não tem mais me visto na Prodígio...Ela soube por você que fizemos um novo contrato de treino, que voltei para a UP... Eu não sabia de nada de vocês mas vocês sabiam de mim, e VOCÊ sabia de nós duas!!! Eu não sabia mas incrivelmente, por intuição, de repente, percebi. E que bom que você confirmou! Aprecio a sua honestidade, ainda que tardia.

Não sou perfeita, não sou puritana, não sou moralista, adoro sexo, sempre gostei demais de fazer sexo com você, reconheço que tenho muita atração física por você, de verdade, e sempre pus muito carinho em nossos encontros. Não gosto de promiscuidade, não por moralismo, mas porque minha energia não se afina com isso e procuro mais do que sexo. Você deve se lembrar que logo no início eu lhe chamei para nos encontrarmos na a minha casa porque era/sou uma pessoa sem impedimentos e porque não me dou muito bem com as energias de motel. Nunca aceitei sexo "a três" porque gosto é do encontro íntimo, da brincadeira gostosa com o parceiro que me atrai, da troca a dois, não exatamente de tesão por tesão, de troca corporal apenas... Mas até pode ser caretice mesmo, mas tenho o dever de ser honesta comigo. A minha energia sutil é que me sustenta e me protege e a respei to muito. É muito sensível e aberta e recebe muita carga negativa em moteis. Dela vem minha guiança interna, meu senso e vontade de estar inteira e em verdade na minha vida e diante dos outros. Dessa energia sutil vem guinça, proteção, as intuições e os insights. Sempre soube que não havia um compromisso entre nós e sou romãntica e idealista mesmo e esse lado bem cru e realista da vida me deixa perplexa. O "vale tudo" não funciona muito pra mim mas eu é que devo ser estranha, talvez devesse estar noutro planeta. Eu aceitei estar com você sabendo que tinha uma namorada mas conviver com você e ela não deu para mim. Deu para você, como agora deu novamente conviver comigo e uma terceira pessoa quase da minha intimidade. E para ela deu também. Para mim não dá!!!

Aproveitem-se!

Segue anexo o comprovante (CUPOM FISCAL) do Iphone.

Marta

Pelo Baile da Saudade, no Cajazeiras Tênis Clube.

Minha amiga, Zelinha Vilhena

Ari Evandro diz que, no vídeo, somos nós... amanhã! Estaremos na boa, se conseguirmos fazer essas 'mungangas' que estão aprontando!


Sugestão de Ari Evandro

Para provar que a Seleção Brasileira não é uma Bósnia!


Mano Menezes tenta provar hoje que seleção brasileira não é uma bósnia

 

O técnico da seleção brasileira Mano Menezes tem hoje mais uma chance de provar que seu time não é uma bósnia. Para isso, aproveitou o clima de carnaval e convocou um trio elétrico para o ataque: Neymar, Leandro Damião e Ronaldinho Gaúcho.

Leandro Damião e Neymar declararam que estão muito felizes ao jogar ao lado de Ronaldinho. “É uma chance de ficarmos muito mais bonitos”, diz Neymar.

O técnico da seleção da Bósnia-Herzegovina-Raimunda, Yhsusp Zmiahxsg, disse que lamenta a não convocação de Deivid, do Flamengo, no time de Mano. “Era nossa chance”, afirmou.

Otileno Junior e Desiree Aparecida
O Sensacionalista

Pelo Baile da Saudade, no Cajazeiras Tênis Clube.

Meus amigos, Graça Furtado e Paulo.

Quem quer ser voluntário na Copa da Fifa?

Candeerista-mor.

Se tiver copa em Cajá, não chame os asilados como voluntários.

Marcos Diniz

Que vivam as advogadas!

Pelo Baile da Saudade, no Cajazeiras Tênis Clube.

Meu amigo Mendonça dos Correios e esposa

O despeito não tem limite, né não?

Agora é oficial! Mas que é sacanagem com meus amigos vascaínos...é!

Sugestão de Arlan de Zerinho

Olhe 'direitin' pra ver se é!

Memória afiada

Foto
Da Coluna de CláudioHumberto

O senador Áureo Mello passava o Carnaval de 1994 no Rio de Janeiro, na casa da família do poeta J.G. de Araújo Jorge. Certo dia, foi surpreendido pela famosa foto, nos jornais, de Itamar Franco com a modelo Lílian Ramos, no Sambódromo. Ela vestia só uma camiseta, sem nada por baixo.

- Que papelão o Itamar fez na avenida... – comentou um amigo do senador.

Áureo Mello ajeitou os óculos, aproximou o jornal do rosto e pilheriou:

- Meu Deus! Se não me falha a memória, isto aí é a dita cuja.

O senador tinha boa memória.

  

Professor lutar por um simples piso salarial?? Um piso!! É triste a constatação!

Vamos pagar o professor e fechar as escolas?’
Josias de Souza


Paulo Ziulkoski

O Ministério da Educação fixou em R$ 1.451 o piso salarial a ser pago por Estados e municípios aos professores de escolas públicas no ano de 2012. Presidente da Confederação Nacional dos Municípios, Paulo Ziulkoski afirma que as prefeituras não dispõem de caixa para custear a folha.

Estudo feito pela entidade comandada por Ziulkoski concluiu que o novo piso representa um acréscimo 22,22% em relação ao que foi gasto no ano passado para honrar os contracheques dos professores. O documento anota que, de 2009 a 2011, essa rubrica foi engordada em R$ 5,4 bilhões.

Uma parte, R$ 1,6 bilhão, pagou os reajustes salariais. Outra, R$ 3,8 bilhões, refere-se a contratações adicionais que tiveram de ser feitas para adequar as prefeituras à lei que destinou um pedaço da carga horária dos professores a atividades extra-classe –preparação de aulas e correção de provas, por exemplo.

Paulo Ziulkoski realça que a folha salarial não é a única despesa das escolas. Gasta-se também com material e manutenção dos prédios. Em timbre dramático, ele pergunta: “Como vamos fazer com isso? Vamos pagar o professor e fechar as escolas?”

Quem compara as lamúrias do mandachuva da confederação de municípios com o Brasil grande dos discursos oficiais de Brasília fica tentado a inquirir os seus botões: que diabos de sexta economia mundial é essa que não consegue pagar R$ 1.451 por mês aos seus professores?

As manchetes de jornais brasileiros, nesta terça.

 
- Globo: Rio vai criar força-tarefa contra policiais do bicho

- JornaldoBrasil: [R$ 1.451] Piso nacional dos professores tem aumento de 22%

- O Dia: Dona de casa poderá pagar menos para se aposentar

- Extra: Fred simulou lesão para não jogar pela seleção, revela pai do craque

- Folha: Depósito milionário para ex-vice do BB é investigado

- Estadão: Serra ainda pode disputar a Presidência, indica FHC

- JornaldaTarde: Ingressos pela internet: abusos na mira do Procon

- ValorEconômico: Justiça processa cartéis mundiais de componentes

- Estado de Minas: Piso nacional da educação fica em R$ 1.451, diz MEC

- CorreioBraziliense: Teste da vergonha para os distritais

- Zero Hora:  Estado faz mutirão para manter Copa na Capital

- CorreiodaBahia: Mudança completa

- TribunadaBahia: Passeio no metrô vai ser feito em dez minutos

- DiáriodoNordeste: Dilma em Fortaleza

- O Povo: Dilma reaproxima Cid e Luizianne

- DiáriodePernambuco: Seu carro custa R$ 10 mil por ano

- JornaldoCommércio: Era um filho, virou um monstro

- TribunadoNorte: Município terá que contratar 6 mil vagas em escolas privadas

- JornaldaParaíba: Malha fina pega 4.900 e intima 200 por semana

- CorreiodaParaíba: PAC estadual: 70 cidades terão R$ 543 mi em obras
 

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Um professor desbocado!

Caro Dirceu,

A gente não teve um desses no Estadual, se não teríamos (nos) enveredado para o rumo das Exatas.

Matuto abraço,

     Erivaldo
      Galego Cacaré

Olhaí Carlin Doidin! Seus amigos da Codeplan, em Brasília, estão felizes com o seu retorno!

Carlos Doido e o seu amigo Abimael
Os funcionários da Companhia Planejamento do Distrito Federal - CODEPLAN, agradecem ao Editor (Dirceu) e ao blog sete candeeiros caja pelas excelentes e boas noticias do nosso companheiro CARLOS DOIDO = CAJAZEIRAS e CARLÃO = CODEPLAN.

Abimael Tavares

Força, Chico!


Como está Chico Anysio?
por Malga Di Paula, segunda, 27 de Fevereiro de 2012

Caro Público, Fãs do Chico e Amigos, 

Estou passando esta mensagem a vocês de uma forma “coletiva” por ser impossível responder a todas as perguntas individuais sobre “como está o Chico?”

Sinto o desejo profundo em responder, sabendo que este seria também o desejo do próprio Chico, em gratidão a tantas orações, palavras de carinho, força e admiração que temos recebido do mundo inteiro.

As mensagens vêm de todo o Brasil, de brasileiros que vivem fora e de estrangeiros que viveram aqui, aprenderam a gostar do Chico e voltaram a seus países de origem.

Boletins médicos são passados todos os dias para a imprensa, mas de pedaço em pedaço, as informações se perdem e o público acaba por não receber notícias.

Hoje, dia 27 de fevereiro de 2012, faz 88 dias que Chico está no hospital, exceto por uma noite (em 21 de dezembro), quando tivemos a felicidade de estarmos juntos em nossa casa. Dia 22 de dezembro ele internou no CTI com hemorragia digestiva, mas na tarde de natal, tivemos a alegria de passarmos juntos com a família no quarto do hospital. Foi uma tarde incrível, ele viu as netas e teve com a Victoria, sua única filha de 17 anos que mora em NY, momentos adoráveis.

No dia 26 de dezembro de 2012 ele voltou para o CTI, onde continua até agora.

Então finalmente respondendo a pergunta “Como está o Chico?” 

Neste novo ano, ele já teve um problema intestinal que necessitou de uma cirurgia urgente, mas se recuperou bravamente, assim como sessões de hemodiálise, mas os rins voltaram a funcionar. Nas últimas semanas teve uma melhora significativa de todo o quadro, mas, infelizmente, outra bactéria bastante poderosa acabou infectando seu pulmão. 

No momento, ele se alimenta através de uma gastrostomia e está com traqueotomia (tubo inserido na garganta), conectado a um respirador artificial. O tubo impede que ele fale, por isso, nos comunicamos através da leitura labial. Agora, ele está fazendo uso de um coquetel de antibióticos e tem permanecido mais tempo dormindo que acordado. Nos momentos em que acorda, no entanto, há sempre um sorriso e uma grande serenidade no olhar.

Muitos fãs acreditam que em poucos dias estaremos de volta pra casa, mas, dolorosamente posso afirmar que esta data não está tão próxima como gostaríamos. Falo isso pela experiência vivenciada no último ano e sabendo que o período de recuperação é bastante longo.

O Chico tem provado que definitivamente não quer deixar de viver, está agarrado de unhas e dentes àquilo que mais preza - a própria vida. Ele tem sido minha fonte de inspiração, é nele que eu recarrego as minhas energias, pois, quando o vejo lutando tanto percebo que não há nada, absolutamente nada para se queixar da vida.

Em momento algum, meu coração teve dúvidas de que eu trarei o Chico de volta pra casa, mas admito que tive e tenho meus momentos de medo. Medo de vê-lo sofrer, medo de perdê-lo, medo da solidão, enfim... Medo do silêncio...

IMPORTANTE: Chico é portador de Enfisema, uma doença causada pelo uso do tabaco. NÃO FUME.

Agora, pronto! E quem pagou a conta?

Só tem enfeite!

Pelo Baile da Saudade, no Cajazeiras Tênis Clube.

José Anchieta e Eliane Feitosa

Continuam querendo sacanear meus amigos vascaínos!

Carlinhos Brown: o Vasco no Oscar!

Sem educação, Cajazeiras perde identidade!

Prefeitura não cumpre acordo e professores entram em greve por tempo indeterminado em Cajazeiras; ano letivo ainda não começou

O tesoureiro do sindicado municipal disse que a categoria espera se reunir com o prefeito Rafael há seis meses.


Professor Francisco das Neves, tesoureiro

O tesoureiro do Sindicado dos Funcionários Municipais de Cajazeiras (SINFUMC), o professor Francisco das Neves, declarou neste domingo (27), que o ano letivo não será iniciado nessa segunda-feira (28) nas escolas municipais, como havia sido previsto pelo poder público.

De acordo com informações do tesoureiro, os professores entrarão em greve para reivindicar o pagamento do piso nacional da categoria. Das Neves acrescentou que esta é a 4ª vez que os professores cruzam os braços no início do ano letivo somente nas gestões Léo Abreu e Carlos Rafael (PTB).

Ele informou que a decisão saiu de uma assembleia geral, onde surgiram duas propostas, uma de pela inicialização das aulas nessa segunda (27), fazendo apenas uma paralização e outra pela greve geral por tempo indeterminado. A segunda proposta foi a mais aceita pela categoria.

Segundo o professor, nessa terça-feira (28) acontecerá mais uma nova reunião para avaliar a greve e traçar estratégias de prosseguimento ao movimento.

Das Neves informou que os professores aguardam uma audiência com o prefeito há seis meses, porém, não foi marcada ainda. “O prefeito não gosta de receber a gente. Não sei qual o motivo”.

O outro lado
A reportagem do Diário do Sertão tentou entrar em contato com a Secretária de educação do Município, Maria do Carmo (Carminha), porém não foi encontrada para falar do assunto.

Texto do Diário do Sertão

O Oscar premiou grandes filmes.

OSCAR 2012: O Artista vence Melhor Filme
Cineclick

Jean Dujardin levou prêmio de Melhor Ator pelo filme O Artista que venceu como Melhor Filme

Surpresa no Oscar 2012. Empate entre os dois favoritos do prêmio: A Invenção de Hugo Cabret , de Martin Scorsese, e O Artista, de Michel Hazanavicius. Os dois receberam cinco estatuetas cada. O filme francês venceu na categoria principal, a de Melhor Filme, sendo a primeira produção estrangeira a receber o prêmio.

Das 11 indicações, A Invenção de Hugo Cabret ganhou nas categorias Direção de Arte, Fotografia, Efeitos Sonoros, Edição de Som e Efeitos Visuais. Já O Artista levou os prêmios de Diretor, Ator (Jean Dujardin), Figurino, Fotografia e Filme.

Meryl Streep confirmou o favoritismo e venceu em Melhor Atriz por sua atuação como Margaret Thatcher em A Dama de Ferro, que também levou Maquiagem. É a terceira estatueta da atriz, que já tinha vencido por Kramer vs. Kramer (1980) e A Escolha de Sofia (1983). O Brasil ficou de mãos abanando mais uma vez. A canção Real in Rio, da animação Rio, de Carlos Saldanha, não conseguiu trazer a estatueta, perdendo para Man or Muppet, de Os Muppets.

Confira os vencedores do 84º Oscar:

Melhor Filme: O Artista
Melhor Ator: Jean Dujardin (O Artista)
Melhor Atriz: Meryl Streep (A Dama de Ferro)
Melhor Ator Coadjuvante: Christopher Plummer (Toda Forma de Amor)
Melhor Atriz Coadjuvante: Octavia Spencer (Histórias Cruzadas)
Melhor Diretor: Michel Hazanavicius (O Artista)
Melhor Roteiro Original: Meia Noite em Paris
Melhor Roteiro Adaptado: Os Descendentes
Melhor Trilha Sonora:O Artista
Melhor Canção: Man or Muppet (Os Muppets)
Melhor Filme Estrangeiro: A Separação (Irã)
Melhor Animação: Rango
Melhor Curta-metragem: The Shore
Melhor Curta (animação): The Fantastic Flying Books of Mr. Morris Lessmore
Melhor Fotografia: A Invenção de Hugo Cabret
Melhor Direção de Arte: A Invenção de Hugo Cabret
Melhor Figurino: O Artista
Melhor Maquiagem: A Dama de Ferro
Melhor Documentário (Longa): Undefeated
Melhor Documentário (Curta): Saving Face
Melhor Montagem: Millennium - Os Homens Que Não Amavam as Mulheres
Melhor Efeitos Visuais: A Invenção de Hugo Cabret
Melhor Efeitos Sonoros: A Invenção de Hugo Cabret
Melhor Edição de Som: A Invenção de Hugo Cabret

E Mané Bugari tá todo 'ancho' com o seu Fluminense campeão!

O Senado quer ampliar os poderes do CNJ.

Senado prepara-se para reforçar poder do CNJ
Josias de Souza



A Comissão de Justiça do Senado realiza nesta terça (28) uma audiência pública com a ministra Eliana Calmon, corregedora-geral do Conselho Nacional de Justiça. O encontro antecede a votação de proposta de emenda constitucional que potencializa os poderes do CNJ.

Deve-se a proposta ao senador Demóstenes Torres (DEM-GO). Apresentou-a numa fase em que entidades classistas de magistrados questionaram no STF a prerrogativa do CNJ de investigar juízes e servidores do Judiciário suspeitos de irregularidades.

Embora o Supremo tenha reconhecido as prerrogativas do CNJ ao julgar a ação, os senadores consideram que convém explicitar na Constituição os poderes do órgão, ampliando-os.

Relator da proposta de Demóstenes, o senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) incorporou ao texto nacos de outra emenda, de autoria de Humberto Costa (PT-PE). Confere ao Conselho de Nacional do Ministério Público atribuições análogas às do CNJ, só que aplicadas à investigação de procuradores suspeitos de irregularidades.

Participam da audiências desta terça, além de Eliana Calmon, o ex-ministro do STF e da Defesa Nelson Jobim, e juiz Paulo Schimidt, vice-presidente da Associação Nacional dos Magistrados do Trabalho.

As manchetes de jornais brasileiros, nesta segunda.


- Globo: Após reduzir verba, governo promete nova base em 2 anos

- JornaldoBrasil: Após série de denúncias do 'JB', ambulâncias aparecem em bloco

- O Dia: Fluzão campeão!

- Extra: O Tricolor riu por últiimo

- Folha: Farc prometem acabar com sequestro de civis

- Estadão: Reconstrução da base na Antártida vai levar um ano

- JornaldaTarde: Novas câmeras vão flagrar camelôs em SP

- ValorEconômico: Mercado mantém cautela mesmo com alta da Bolsa

- Estado de Minas: 2012: o ano que, enfim, vai começar

- CorreioBraziliense: Jovens ateiam fogo em dois moradores de rua. Um morreu

- Zero Hora:  Fogo consome história do Brasil na Antártica

- CorreiodaBahia: [o time do Bahia] Nº 1

- TribunadaBahia: Bahia dorme e acorda líder. Vitória desperta

- DiáriodoNordeste: Obras visitadas por Dilma têm mais de uma década

- O Povo: Como a visita de Dilma interfere na aliança PT x PSB

- DiáriodePernambuco: Seu carro custa R$ 10 mil por ano

- JornaldoCommércio: Tumulto e morte no novo Aníbal Bruno

- TribunadoNorte: ABC vence novo clássico e conquista primeiro turno do Estadual

- JornaldaParaíba: PB tem 3ª maior superlotação de penitenciárias do NE

- CorreiodaParaíba: Al Qaeda x EUA: tiroteio entre traficantes rivais deixa criança de 4 anos ferida em João Pessoa
 

domingo, 26 de fevereiro de 2012

Para a alegria de Mané Bugari, Otacílio Feitosa e Otacílio Trajano, o Fluminense é campeão!

Agora, vai!

Nosso consultor em preparação física, Roosevelt Leitão, recomenda o exercício.

Beyonce como Etta James. Linda interpretação. Cenas do filme 'Cadillac Records'.

Segredo para quem é gordo e quer usar calça jeans.

Sormani foi visitar a família no Paraná!


Sormani de Fidera, o nosso doutor cegão, o 'caba' mais entendido de cirurgia (no mundo!), estava de férias. Foi para Brasília e desfrutou da companhia dos amigos e conterrâneos cajazeirenses. Depois, esticou até o Paraná. Lá reencontrou sua família. A garota da foto é sua prima. Mais organizada que o partido comunista. Quando era ilegal!

Eu fico imaginando o tamanho das estórias que Sormani contou à família!

Sofrimento de pai flamenguista. Esta não vai aderir de jeito nenhum!


Sugestão de Márcia Galvão

Deu na Coluna do Cláudio Humberto: miserável é miserável!

Já morreu tarde


Foto

Em 1955, um ano após a morte de Evita e pouco antes de cair, o general argentino Juan Domingo Perón demitiu o poeta maior Jorge Luis Borges de uma sinecura na Biblioteca Nacional de Buenos Aires. Pura pirraça.

- Perón es un miserable! – reagiu o poeta

Em 1973, Perón retornou ao poder e faleceria em seguida. Um jornalista procurou Borges e tentou induzi-lo a uma resposta generosa sobre o morto. Ele repousou as mãos sobre o cabo da bengala e exclamou:

- Ahora, Perón es un miserable muerto!

Tenha muito cuidado onde coloca a língua!


O político é mais ou menos como o ator. Todos os outros morrem apenas uma vez. O político e o ator são reincidentes. Podem morrer várias vezes. Ressuscitam noutros papéis, novinhos em folha.

Neste final de semana, José Serra morreu e renasceu em poucas horas. Foi à cova o Serra avesso à ideia de voltar à prefeitura de São Paulo depois de ter amealhado 44 milhões de votos numa disputa presidencial.

Veio à luz o Serra devotado à sua cidade. Arde-lhe na alma o desejo de voltar a ser prefeito. Para concretizar o sonho, manda às favas o projeto de governar o país. O novo Serra foi traduzido por Gilberto Kassab.

Essa questão [de Presidência] está encerrada na vida do Serra”, disse Kassab. “Ele abandona esse projeto. Ele deixou isso muito claro. […] Ele entendeu que deveria abandonar esse projeto. E ele abandonou.”
Segundo Kassab, todas as “preocupações”, os “projetos” e os “estudos” de Serra estão agora 100% concetrados em São Paulo. “A cidade ganha com um grande pré-candidato, depois um grande candidato e prefeito. Os próximos cinco anos dele serão voltados para a cidade.”

A referência temporal não é gratutita. “Cinco anos”, trombeteou Kassab, como a enfatizar que Serra, uma vez eleito, não cairá na tentação de trair de novo a confiança dos eleitores.

Não vai trocar a prefeitura por uma nova candidatura ao Planalto, eis o que Serra terá de realçar. O petismo de Fernando Haddad afia o discurso. Vai ressuscitar um compromisso assumido por Serra em 2004.

Em campanha, apôs o jamegão num documento (cópia abaixo). Em sabatina promovida pela Folha, comprometeu-se a cumprir os quatro anos de mandato. Eleito, rasgou o comprimisso em 2006. Foi à cadeira de governador.

O primeiro desafio do novo Serra será o de convencer o eleitorado de que o velho Serra, aquele político obcecado pelo Planalto e decidido a não virar a página para trás, morreu neste final de semana.

O PT dirá: é óbvia a impossibilidade. Ou o eleitor é inteligente ou é crédulo. Se é crédulo, não pode ser inteligente. E o PSDB: a inteligência está no exercício de renovar a credulidade.


O Poderoso Cartola!

Charge do Miguel, via ‘Jornal do Commercio. Josias de Souza.

Mãe e filho, Dalva de Oliveira e Pery Ribeiro. Ave Maria. Adeus, Pery!

As manchetes de jornais e revistas brasileiros, neste domingo.


- Globo: Dobra arrecadação de IR pago por pessoas físicas

- JornaldoBrasil: Sindicato médico critica 'política de saúde genocida' no Rio

- O Dia: Craque do Flu ameaçado de ir para prisão por contrabando

- Extra: Paes: escolas de samba têm que se livrar dos criminosos

- Folha: Falhas e omissões atrasam processos contra políticos

- Estadão: Incêndio destrói base brasileira na Antártida e deixa dois mortos

- JornaldaTarde: Triplica busca por doadores de sêmen

- ValorEconômico: Petróleo registra maior alta diária em nove meses

- Estado de Minas: Desrespeito em toda parte

- CorreioBraziliense: Os brasilienses de um bilhão de reais

- Zero Hora:  Incêndio atinge base do Brasil na Antártica

- CorreiodaBahia: A vaidade do soteropolitano

- TribunadaBahia: Líder o Bahia volta a campo. O Vitória quer acertar o passo

- DiáriodoNordeste: Como encarar o leão e evitar a malha fina

- O Povo: Como construir o seu perfil nas mídias sociais

- DiáriodePernambuco: Aprisionados pelo álcool

- JornaldoCommércio: Da lama à cidadania

- TribunadoNorte: Ano letivo começa com risco de greve, obras e dúvidas sobre vagas

- JornaldaParaíba: Imóvel valoriza até 30% e Tambaú é ouro da vez
- CorreiodaParaíba: Manaíra e Cabo Branco são ilhas de calor

- Veja: Ágape: o milagre da leitura

- Época: “Foi um renascimento” diz Gianecchini a Época

- IstoÉ: A caminho da imortalidade

- IstoÉ Dinheiro: Inteligência artificial dá lucro

- CartaCapital: O bola murcha