sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

O negócio é sério!

A equipe da Prefeitura de Cajazeiras vai participar nesse sábado (13) de uma campanha nacional de conscientização dos cuidados que se deve ter para evitar a proliferação do mosquito transmissor da dengue e variações.

A campanha liderada pelo Exército, através do Tiro de Guerra conta com apoio da equipe de agentes de saúde e endemias, além de voluntários para distribuir 1000 panfletos nas residências.

A concentração acontecerá em frente à Prefeitura de Cajazeiras às 07h30min.

A prefeita Denise Carlinhos Albuquerque confirmou presença e convida todos para fazer parte desse mutirão.

Secom
Reportagem do fantástico sobre a operação andaime e desvio de duzentos milhões de reais será veiculada neste domingo
Adjamilton Pereira


Que cidade pequena não queria ter um ginásio? Um posto de saúde? O problema é que as obras foram feitas na base da licitação fraudada. O Repórter Secreto investigou esse esquema de corrupção, que se espalhava por mais de 80 cidades. Duzentos milhões de reais em projetos feitos por baixo dos panos.

Essa é a chamada da reportagem do Fantástico, para a edição do próximo domingo, no quadro Cadê o Dinheiro que tava Aqui, gravada recentemente e que está sendo aguardada com grande expectativa pela população da região, visto que o foco das investigações está em Cajazeiras e nos municípios por ela polarizados.

A reportagem deverá apresentar novidades no processo de investigação, já que o repórter Eduardo Faustini teve acesso a todo processo investigativo, além de entrevistar envolvidos, a exemplo do principal delator do esquema, o construtor Francisco Justino do Nascimento e mostrar imagens de obras fraudadas, a exemplo de obras na cidade de Cajazeiras, já antecipadas na chamada do fantástico.

Os filhos são fenômenos em ganhar dinheiro e o caseiro é Maradona...

O Maradona de Atibaia
O Antagonista

O sítio em Atibaia tem um caseiro conhecido pelo apelido de Maradona.

Além de cuidar da manutenção diária da propriedade, ele também recebeu os operários que atuaram na reforma do sítio, o arquiteto, os técnicos da empresa que construiu o lago e forneceu os peixes, assim como os instaladores da cozinha da Kitchens.

Maradona se chama Élcio Pereira Vieira. Ele sabe de tudo. Quem paga o seu salário?

Bittar assinou carteira de Maradona até 2013

O Antagonista descobriu que Élcio Pereira Vieira, o Maradona, teve sua carteira assinada por Fernando Bittar até 2013.

Depois disso, não sabemos o que houve. Será que o caseiro do sítio de Atibaia não está mais registrado?

O caminho do dinheiro é Jonas Suassuna

Se a força-tarefa da Lava Jato quiser descobrir o pagamento de despesas do sítio de Atibaia e compras para o apartamento ocupado por Fábio Luís Lula da Silva, o Lulinha, basta abrir a movimentação financeira das empresas de Jonas Suassuna e suas despesas pessoais.

O Antagonista foi informado de que todas essas informações estão guardadas na BNC Contabilidade.

Barraco chinês é igual ao nosso barraco. Com confusão na delegacia e tudo....




Eu rapaliga? Ele meu malido, você rapaliga! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Publicado por Bode Gaiato em Quarta, 9 de dezembro de 2015

Moacir Franco - Turbilhão. Pensando bem, a nossa vida é um carnaval...


E o próximo partido vai ter como bandeira a ética? Até quando?

Painel - Folha

O desembarque Políticos do PT, muitos deles com mandato, deflagraram no fim do ano passado sondagens para a criação de um novo partido. Nos últimos meses, as discussões envolveram cerca de 25 parlamentares, todos eles insatisfeitos com os rumos da legenda nesses tempos de crise. Movimentos sociais também foram acionados para discutir, de forma reservada, a proposta. Dissidentes afirmam que a ideia é retomar as conversas após as eleições municipais deste ano.

Não passarão Dirigentes do PT têm conhecimento da operação, mas colocam panos quentes. “Isso ficou forte na época do Eduardo Cunha [quanto o governo ainda defendia o diálogo com ele], mas já diminuiu”, disse um petista graúdo.

Agora, não O ex-governador Tarso Genro (RS), que esteve em algumas das reuniões para tratar do tema, afirma ser “natural” debater o assunto em um período “de grave crise partidária”, mas diz que agora não é o momento para discutir a proposta.

O Bode Gaiato e a policia interativa...


A capa do nosso jornal Gazeta do Alto Piranhas


O "criminoso" Sergio Moro
O Antagonista

Lula foi desmascarado pela Lava Jato.

A única saída que lhe resta é acusar o juiz Sergio Moro de ser um adversário político.

O Estadão tratou disso em seu editorial:

O PT contava com o bônus Lula. Mas o bônus virou ônus. Hoje, o PT é obrigado a carregar o peso político e moral em que se transformou o seu principal líder: Luiz Inácio Lula da Silva. A concretização daquilo que todo mundo sempre soube que mais cedo ou mais tarde aconteceria – o envolvimento cada vez maior e mais profundo de Lula nas investigações de corrupção – obriga o PT a defender o seu cacique a qualquer custo.

O articulador formal dessa ingrata missão é um pau-mandado de Lula, o presidente nacional do PT, Rui Falcão. Na segunda-feira passada, ele divulgou uma das peças fundamentais de sua estratégia no site “Agência PT de Notícias”.

O texto é uma impressionante peça de ficção que começa fazendo aquilo em que o PT é insuperável: atacar. Escreve Rui Falcão: “Nunca antes neste país um ex-presidente da República foi tão caluniado, difamado, injuriado como o companheiro Lula. Inconformado com sua aprovação inédita ao deixar o governo, o consórcio entre a oposição reacionária, a mídia monopolizada e setores do aparelho de Estado capturados pela direita quer convertê-lo em vilão” (…)

O PT acha que pode se salvar, como sempre, iludindo os brasileiros, agora combatendo “a escalada golpista” e o “cerco criminoso ao Lula”. Este, aliás, está envolvido em novo inquérito policial, de caráter sigiloso, no âmbito da Operação Lava Jato, a respeito do já famoso sítio em Atibaia que amigos generosos e desinteressados “disponibilizam” para recreio do clã Da Silva. O “criminoso” responsável por mais esse ato de “linchamento político e moral” de Lula, baseado em “denúncias sem provas”, é, claro, o juiz Sergio Moro”.

Gol não consegue repatriar receitas e interrompe rota venezuelana 
SAMY ADGHIRNI
DE CARACAS
Folha de São Paulo

Avião da companhia aérea Gol pousa na pista do aeroporto de Congonhas, em São Paulo 

Após meses de infrutíferas negociações com o governo chavista para tentar repatriar R$ 351 milhões bloqueados na Venezuela, a Gol decidiu interromper a rota entre São Paulo e Caracas, que opera desde 2007.

A informação foi confirmada à Folha pela empresa. Como a medida já entrou em vigor, o voo que sairia de Guarulhos nesta terça-feira (9) não foi realizado.

Passageiros afetados pela medida foram reacomodados em outras companhias.

A Gol já havia reduzido a frequência de 28 para 2 voos semanais desde 2014.

Mas o impasse na Venezuela, somado à grave recessão no Brasil, levou a empresa a engrossar a lista de empresas aéreas, como Air Canada e Alitalia, que encerraram operações na Venezuela pelas mesmas razões.

O problema decorre do complexo sistema de câmbio em vigor no país, onde o governo socialista maneja várias taxas de conversão.

Empresas aéreas são obrigadas a vender passagens em bolívar, moeda venezuelana. Parte do dinheiro arrecadado é usado para gastos locais, como salário de funcionários, pagamentos de taxas e de querosene.

O excedente, porém, precisa ser transformado em dólar para ser repatriado ao país de origem das companhias aéreas.

TAXAS

Em 2012, as empresas podiam repatriar o dinheiro a uma taxa preferencial de 4,3 bolívares por US$ 1. Em 2013, o índice de conversão passou para 6,3 bolívares/US$ 1, o que significou, na prática, uma desvalorização dos ativos das empresas aéreas no país.

A viabilidade comercial das operações ficou ainda mais comprometida em 2015, quando o governo impôs conversão a 12 bolívares/US$ 1.

Em reiteradas reuniões com autoridades venezuelanas, a Gol buscou solução para repatriar o valor acumulado numa taxa mais favorável, mas nem sequer a intermediação da Embaixada do Brasil e o apoio da Associação Internacional do Transporte Aéreo (Iata) foi suficiente.

A dívida total das companhias supera US$ 3,9 bilhões, segundo a Iata.

A Gol poderá usar seu capital retido na Venezuela para comprar imóveis ou algum outro patrimônio para preservar os ativos no país.

A TAM, que já havia reduzido a frequência para um voo semanal e tem R$ 161 milhões bloqueados no país, se recusou a dizer se manterá a rota.
Não há vagas
Ruy Castro 
Folha de São Paulo

Outro dia, um cartola do PT declarou que Lula 'mora no coração do povo brasileiro'. Na condição de brasileiro em dia com as obrigações e portador de um coração de dimensões regulares, vi-me tecnicamente apto a hospedar o ex-presidente. Gelei. A ideia de ter meganhas entrando e saindo do meu coração, vasculhando cômodos, armários e debaixo das camas para proteger o chefe, me apavorou.

Além disso, Lula é um hóspede folgado. Apossa-se dos apartamentos e sítios a que o convidam como se fossem dele. Promove reformas como derrubar paredes, mudar escadas de lugar e instalar elevadores internos, vide o famoso tríplex que não lhe pertence no Guarujá -imagine se pertencesse. Com seu à vontade em relação à propriedade alheia, temo que, uma vez hospedado no meu coração, logo iria querer alterar o curso de minhas veias e artérias, como tentou fazer com o rio São Francisco.

E acho que meu coração não comportaria a turma que anda com ele. Lula começaria a receber seus amigos empreiteiros, pecuaristas e doleiros, os quais iriam se meter por meus átrios e ventrículos, e sabe-se lá para onde meu sangue passaria a ser bombeado. Sem falar em sua mulher, dona Marisa - com suas prerrogativas de ex-primeira-dama, mandaria trocar meus velhos fogões por luxuosos micro-ondas e atracaria uma canoa em meu sistema vascular.

Mas isso não acontecerá. Consultei o cardiologista e ele foi taxativo ao se opor a que eu receba Lula em meu coração, mesmo que por poucos dias. Como médico, teve péssima impressão do desempenho de Lula no setor da saúde enquanto presidente. E citou o meu próprio caso.

Nos últimos anos, por certas atribulações cardíacas, quase fui duas vezes para o beleléu. Do qual só me salvei tomando dinheiro emprestado aqui e ali, por ter um plano de quinta e não poder contar com um sistema decente de saúde pública.

É 'arrumação' do meu amigo Antônio Rangel...'Tem zika aí, gente...'


Lula está perfeito no papel de farsante de si mesmo no vídeo feito para o PT

Chefão petista ataca os conservadores. É uma pena que o ator exemplar, dizendo, nessa hora, o texto de um bufão, não explique quem são os conservadores. Certamente ele não se refere aos empreiteiros com os quais se aliou na espoliação do dinheiro público e da cidadania. Certamente ele não se refere aos banqueiros, que seu modelo remunerou e remunera com tanta generosidade, o que lhe garantiu a gratidão eterna do setor. Certamente ele não se refere a alguns potentados do dito “capital nacional”, que se embriagaram com juros subsidiados do BNDES

Reinaldo Azevedo

Ah, não! Não venham me dizer que Lula não é, quando menos, um grande ator. É, sim! Talvez o melhor que já tenha pisado estas terras. Para entrar um pouco na teoria do teatro, ele não representa um papel como queria o comunista Bertolt Brecht, segundo o qual aquele que fala um texto tem sempre de manter certo distanciamento crítico, para que o espectador entenda que ali, afinal, se representa a realidade — não é a realidade ela mesma, sempre mais complexa. O dramaturgo alemão achava ser esse o caminho que conduz à consciência crítica.

Lula é da escola do russo Stanislavski: ele realmente entra na personagem; ele assume a máscara de forma convincente. Ele fala, e a gente acredita que ele é, de fato, quem ele diz ser. Seu rosto, seu olhar, seus esgares, sua coreografia… Tudo, enfim, coincide com aquele que ele finge ser. Lula é a farsa de Lula.

Foi nisso que pensei ao ver o filmete de pouco mais de três minutos em que o Poderoso Chefão do PT fala sobre os 36 anos do partido. Sim, um período muito bem-sucedido para a legenda: desse total, já são 14 (neste 2016) no poder. Não é pouco, não, gente! Trinta e oito por cento. Vocês já se deram conta? Desde a volta das eleições diretas para presidente, outros partidos venceram três eleições — o PRN, 1, e o PSDB, 2 —, e o PT venceu quatro.

Isso significa que essa legenda reuniu todas as condições — e elas nunca foram tão favoráveis — para construir uma nova moralidade no país. Ou, ao menos, para elevar o padrão ético da vida pública brasileira. E, no entanto, no 14º ano do poder petista, o Brasil vive uma crise econômica inédita, uma crise moral sem precedentes, uma crise ética assombrosa.

E nisso não vai o juízo de quem, como eu, não compartilha dos valores petistas. Notem: eu seria crítico das escolhas da legenda, como fui no passado, ainda que o país estivesse crescendo 4%, e a esmagadora maioria apoiasse o governo de turno. A visão de mundo do PT não é a minha.

Mas quê… A realidade que está aí grita as suas indecências, mas o nosso ator, no vídeo, volta à sua ladainha de sempre. O seu PT, ele diz, é o “partido mais importante do Brasil”, “o que mais inovou”, “o que deu voz e vez aos trabalhadores”, o que criou o “orçamento participativo” (como se essa falácia estivesse em vigor em algum lugar), “o que mais fez política social”. Antes, diz Lula, “trabalhador só aplaudia, nunca era aplaudido…” Agora sim!

Para certamente não parecer arrogante, ele até admite que o PT, grande como é, pode ter cometido erros e pecados, mas, ele assegura, são as virtudes da legenda que o fazem enfrentar o que ele chama de “conservadores”.

É uma pena que o ator exemplar, dizendo, nessa hora, o texto de um bufão, não explique quem são os conservadores.

Certamente ele não se refere aos empreiteiros com os quais se aliou na espoliação do dinheiro público e da cidadania. Certamente ele não se refere aos banqueiros, que seu modelo remunerou e remunera com tanta generosidade, o que lhe garantiu a gratidão eterna do setor. Certamente ele não se refere a alguns potentados do dito “capital nacional”, que se embriagaram com juros subsidiados do BNDES, enquanto o Tesouro capitalizava o banco público com dinheiro captado pela Selic — com a diferença sendo paga pelos “trabalhadores”, aqueles que, segundo Lula, têm, desta feita, voz e vez.

Eu realmente acho uma pena que este senhor esteja quebrando a cara por causa de um apartamento e de um sítio meio mixurucas — ao menos para os seus padrões, de milionário que faturou R$ 27 milhões só com palestras.

O sistema que o petismo erigiu é muito mais nefasto do que esses pecados. É, do ponto de vista penal, criminoso porque uma máfia se organizou para assaltar o estado. Mas também é moralmente asqueroso porque usou alguns caraminguás para distribuir à pobrada, fazendo-a sentir-se protagonista de um enredo que nunca existiu.

No vídeo, Lula não diz que é ele, hoje, o elo mais fraco do PT. Infelizmente, o que mais causa repulsa às pessoas é esse partido incapaz de ser transparente até com o dinheiro da pinga.

Ainda vai demorar um pouco para que o conjunto dos brasileiros entenda o tamanho da farsa.

A boa notícia é que ela começou a ser desmontada.
Cajazeiras lidera o ranking da Construção Civil no alto sertão e registrou um crescimento de 36% 
Adjamilton Pereira


A cidade de Cajazeiras registrou o maior crescimento na área de construção civil em todo o Sertão Paraibano, com um crescimento de 36%, isso com base no número de solicitações para novas construções, feitas junto ao CREA e fazendo comparativo de 2014, com o ano de 2013. 

As informações foram repassadas com base nas estatísticas de obras, registradas no CREA/PB, nas cidades mais importantes da micro-região do sertão paraibano, referentes aos exercícios 2013 e 2014, onde estão registradas as “Anotações de Responsabilidade Técnica”, documento que oficializa qualquer empreendimento de engenharia ou agronomia. 

A cidade de Cajazeiras registrou o maior crescimento do Sertão, com 1.068 anotações em 2013 e 1.451 em 2014, um aumento de 36%. Já a cidade de Sousa registrou em 2013, 877 anotações e em 2014, 979, um crescimento de 12%. 

Itaporanga fez 241 solicitações de anotações de responsabilidade técnica em 2013, e em 2014, 294, um crescimento de 22%. Por sua vez, a cidade de Pombal registrou 389 anotações, em 2013 e 506 em 2014, um crescimento acentuado de 30%. 

O município de Patos registrou em 2013, 2.000 anotações e em 2014 o mesmo número, não tendo havido, portanto, crescimento. 

Com Gazeta do Alto Piranhas.

A primeira página do jornal Folha de São Paulo


As manchetes do jornal Diário do Nordeste


Os destaques do jornal O Estado de São Paulo


A capa de hoje do Jornal da Paraíba


As manchetes de jornais brasileiros nesta sexta-feira

Folha: Suposto repasse da Odebrecht a publicitário do PT é investigado

Globo:  Com previsão de novo rombo, governo não sabe onde cortar

Extra: Justiça veta Linha Amarela de cobrar 2º pedágio

ValorEconômico: Lula será testemunha de defesa de Bumlai na Lava Jato

Estadão: Governo adia corte e agrava temor sobre política fiscal

ZeroHora: Chefe de polícia assume sem previsão de nomear agentes

EstadodeMinasMinas tem 104 cidades com epidemia de dengue

CorreioBraziliense: Servidores federais: pressão total por reajuste

- CorreiodaBahia: Bando ataca ônibus para executar rival

- DiáriodoNordeste: Iluminação pública fica 56% mais cara para fortalezenses

JornaldoCommercio: PT condena bloco 'Os Irresponsáveis' por alegoria de Lula dentro da prisão

CorreiodaParaíba: Foco de aedes dá multa de R$ 600

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Juiz autoriza PF a abrir inquérito sobre sítio frequentado por Lula
RUBENS VALENTE
Folha de São Paulo

O juiz federal Sergio Moro autorizou a Polícia Federal a abrir um inquérito específico para tratar da suposta relação do sítio de Atibaia (SP) frequentado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva com a empreiteira OAS e outras empresas e pessoas investigadas na Operação Lava Jato.

O sítio já é investigado em inquérito sobre a empreiteira e a PF quer abrir investigação própria sobre a suposta ligação de empresas com a propriedade rural. A informação consta de ofício enviado pela PF a Moro, responsável pela condução da Lava Jato na 13ª Vara Federal de Curitiba (PR).

Em despacho de quinta-feira (4), Moro afirmou que não tem "óbice [objeção] à efetivação do desmembramento requerido pela PF", desde que o Ministério Público Federal seja consultado e não se oponha.

O juiz explicou, no despacho, que o desdobramento das investigações "está sujeito a critérios discricionários da autoridade policial [PF], sob o controle do MPF", ou seja, a PF pode abrir eventual inquérito sem uma autorização prévia do magistrado.

Segundo a PF informou ao juiz, o novo inquérito "demanda necessário sigilo, já que o fato ainda está em investigação". A PF pediu que os documentos da OAS relativos ao assunto sejam enviados para o futuro inquérito, que tramitará em dependência a outro inquérito já aberto.

A Folha havia divulgado, em novembro, que a PF investigava a propriedade rural que está registrada em nome de dois sócios de um dos filhos do ex-presidente.

No último dia 29, a Folha revelou que a Odebrecht havia arcado com uma reforma no local, segundo uma fornecedora de materiais de construção.

A propriedade está registrada em nome de Fernando Bittar e Jonas Suassuna, sócios de Fábio Luis Lula da Silva na firma Gamecorp, contratada da empresa de telefonia Oi.

O pedido da PF para um novo inquérito foi feito no decorrer de um inquérito aberto pela Lava Jato em 2 de julho de 2014 para investigar supostos crimes de peculato e lavagem de dinheiro prestados por dirigentes da OAS.

A investigação não corre em segredo de Justiça. Por isso, o juiz Moro chamou a atenção da PF ao observar no despacho que "não é aconselhável a anexação de documentos com sigilo elevado em procedimento que tramita sem segredo de Justiça", fazendo referência à petição em que a PF indica que vai abrir um novo inquérito sobre Atibaia. "Pedidos da espécie devem ser preferencialmente veiculados de forma apartada", escreveu o magistrado.

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Idosa morre durante tiroteio no bairro São Francisco, em Cajazeiras, na noite deste domingo
Ângelo Lima








Uma idosa, identificada como Geralda de Sousa Venceslau, de 63 anos, morreu na noite deste domingo (07) vítima de um tiro, depois que dois elementos, efetuaram vários disparos contra o serviço reservado da polícia militar de Cajazeiras.

O fato foi registrado na Rua Vitória Bezerra, no bairro São Francisco.

Após os disparos, os acusado fugiram e com a chegada das guarnições foi preso um elemento natural do Ceará com revolver calibre trinta e oito que segundo informações teria vindo matar um popular no bairro São Francisco.

O corpo da idosa está no necrotério de Cajazeiras. Durante a troca de tiros uma viatura de prefixo -5630 foi alvejada por vários disparos.

A vítima ainda chegou a ser socorrida, mas, não resistiu ao ferimento e faleceu ao dar entrada no HRC.

Segundo familiares a idosa estava rezando no momento que foi atingida.

Se é pra rezar pelo 'santo', tem uma igreja lá perto do fórum...Enquanto isto, 'se mexeu com Lula', o resto do Brasil solta fogos.

Movimentos farão ato na porta do fórum na hora do depoimento de Lula
CATIA SEABRA
GUSTAVO URIBE
Folha de São Paulo


Arregimentados pelo PT de São Paulo, Movimentos Sociais preparam um ato na porta do Fórum na Barra Funda, onde o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva prestará depoimento na manhã do dia 17, uma quarta-feira.

CUT (Central Única dos Trabalhadores) e MST (Movimento dos Trabalhadores Sem Terra) estão entre os organizadores do protesto. O MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto) avalia se vai participar.

Segundo organizadores, Lula deverá caminhar entre seus apoiadores, onde prestará depoimento sobre suposta ocultação de patrimônio na compra de um apartamento tríplex no Guarujá. O grito de guerra será "Lula é meu amigo. Mexeu com ele, mexeu comigo".

O PT pretende ainda fazer manifestações de desagravo dois dias antes do depoimento, na reunião do conselho da presidência do PT, na capital paulista, na qual Lula deve participar. O petista também receberá defesas públicas na festa de 36 anos do partido, que será realizada no final deste mês no Rio de Janeiro

Além do ato durante o depoimento, os movimentos sociais preparam uma marcha em Brasília no dia 16 de março.

O depoimento do ex-presidente foi marcado a pedido do promotor Cássio Conserino, que diz haver indícios de que os investigados tentaram esconder a real identidade do apartamento, situação que configuraria crime de lavagem de dinheiro.

TRÍPLEX

O tríplex no no Guarujá também é alvo de investigação da 22ª fase da Operação Lava Jato, que investiga as transações envolvendo o imóvel.

Em seu despacho sobre a operação, o juiz federal Sergio Moro afirma haver a suspeita de que a empreiteira OAS "teria utilizado o empreendimento imobiliário no Guarujá para repasse disfarçado de propina a agentes envolvidos no esquema criminoso da Petrobras".

A esposa de Lula, Marisa Letícia, adquiriu a opção de compra do tríplex em 2005 por meio da cooperativa habitacional Bancoop, a antiga titular do condomínio sob investigação. Em 2014, o tríplex foi totalmente reformado pela OAS. Porém, em novembro de 2015, a assessoria de Lula informou àFolha que a família havia desistido de ficar com o imóvel.

O recuo ocorreu após as informações sobre o apartamento ganharem visibilidade na imprensa e a Lava Jato levar à prisão o ex-presidente da Bancoop e ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, além de executivos da OAS.

Outro imóvel ligado a Lula, um sítio em Atibaia que está em nome de sócios de um filho do petista, também está sendo investigado.

O tríplex de Lula que não é de Lula entrou na mira da Lava Jato. A mais honesta das almas anda penando um bocado

GUILHERME FIUZA
Época

A mais honesta de todas as vivas almas anda penando um bocado. O famoso tríplex de Lula que não é de Lula, no Guarujá, entrou na mira da Lava Jato. Sergio Moro e sua turma são mesmo uns golpistas: por que suspeitar de um entroncamento entre Bancoop, OAS, Vaccari, offshores de operadores do petrolão e Lula? Ou melhor, corrigindo: Lula não tem nada com isso. E as outras almas cheiram a talco. A Operação Triplo X da Polícia Federal só pode ser uma conspiração da direita contra o governo popular – para citar a frase imortal do companheiro Delúbio no mensalão.

As coincidências é que atrapalham a revolução progressista. O tríplex vizinho ao de Lula que não é de Lula pertence a Nelci Warken, acusada de estelionato no escândalo da Bancoop junto com o companheiro João Vaccari. Nelci foi presa pela Operação Triplo X, apontada como laranja do esquema. Ela tem offshores criadas pelo mesmo escritório que constituiu as offshores de operadores do petrolão, como Pedro Barusco. E os investigadores descobriram que outros apartamentos do mesmo conjunto Solaris, no Guarujá, pertencem igualmente a laranjas. O tríplex de Lula que não é de Lula está plantado, desgraçadamente, no meio desse laranjal. É muito azar.

A Lava Jato descobriu que um diretor da OAS foi mobilizado exclusivamente para comprar os armários de R$ 300 mil do tríplex de Lula que não é de Lula. Para uma das maiores empreiteiras do país mobilizar um diretor na missão grandiosa de comprar armários, o cliente deve ser mesmo muito importante. Talvez um xeique árabe ou um desses ditadores bilionários de países miseráveis. Lula é apenas um humilde filho do Brasil, não pode ter sido para ele.

Foi no meio dessa confusão que o ex-presidente e tutor de Dilma Rousseff declarou, para desfazer qualquer dúvida, que “não existe uma viva alma mais honesta” que ele. Estão vendo, seus golpistas? Vocês acham que a mais elevada entre as almas honestas aceitaria morar no laranjal do Guarujá? Como essa alma se sentiria em meio àquele entra e sai de picaretas de aluguel? No mínimo, nem se atreveria a descer para um banho de mar com as sandálias da humildade. Vai que você abre a porta do elevador e dá de cara com uma das cunhadas do Vaccari? Ou com a companheira Nelci offshore? As almas puras são vulneráveis às emoções radicais. Para viver enclausurado, melhor ficar em São Bernardo mesmo.

E aí lá vêm as coincidências mórbidas: qual era um dos focos centrais dos mandados de prisão da Operação Triplo X? Justamente São Bernardo. Só pode ser perseguição. Se a polícia está investigando apartamentos no Guarujá, o que foi fazer no ABC, que nem praia tem? Essa elite branca não deixa a classe operária em paz. De tanto procurar, a PF encontrou não só a companheira Nelci Warken, como um rabo do propinoduto ligando a OAS ao doleiro Alberto Youssef, operador do petrolão. Esse dinheiro viajava pela mesma rede de offshores criada para atender prepostos do PT como Renato Duque.


Essa turma boa que a Lava Jato já mostrou estar no guarda-chuva de João Vaccari e José Dirceu (as vivas almas que já foram presas) compõe o presépio do assalto companheiro ao Estado brasileiro – com o qual a mais honesta das almas não tem nada a ver. Lula nem sabe direito quem são esses aloprados. O lobista Milton Pascowitch, por exemplo, que levou Dirceu à prisão com sua delação sobre as propinas da Engevix, acaba de revelar que entregou R$ 10 milhões em espécie ao Diretório Nacional do PT, numa maleta de rodinhas. E R$ 4 milhões em propina na veia da campanha que elegeu Dilma Rousseff em 2010. Se alguém contar ao guardião da suprema honestidade quem é essa tal de Dilma, ele prende e arrebenta.

O Brasil caiu sete posições no ranking da corrupção (infelizmente o 1º colocado é o menos corrupto, senão teria sido uma incrível ascensão). Tudo isso graças a um governo podre que ninguém sabe de quem é, graças a um partido picareta que ninguém sabe a quem obedece, graças a um sistema de pilhagem que brotou do nada numa floresta de almas luminosas como as estrelinhas que carregam no peito.

Não dá para entender por que a elite cultural brasileira não manifesta seu apoio também ao companheiro Zika. Só porque ele não tem um tríplex?
LAVA JATO
DELAÇÃO DA ANDRADE COMPROMETE LULA E DILMA

DELAÇÃO DE OTÁVIO MARQUES DE AZEVEDO DEVE ATINGIR DILMA E LULA.

OTÁVIO MARQUES DE AZEVEDO ERA PRESIDENTE DA PODEROSA ANDRADE GUTIERREZ, E SUA DELAÇÃO PROMETE SER BOMBÁSTICA.

A decisão do juiz Sérgio Moro, de conceder prisão domiciliar aos dois executivos da Andrade Gutierrez, surpreendeu a Procuradoria-Geral da República, que há pelo menos um mês examina o possível acordo de delação deles. Fontes ligadas à investigação dizem que as delações de Otávio Marques de Azevedo, ex-presidente, e Elton Negrão, ex-diretor da empreiteira, comprometem Lula e a presidente Dilma.

Tanto quanto a Odebrecht, a mineira Andrade Gutierrez foi parceira dos governos petistas de Lula e Dilma, inclusive no financiamento eleitoral.

As revelações prometidas pelos executivos da Andrade Gutierrez são tão importantes que Moro os liberou antes de homologada a delação.

A expectativa, na Lava Jato, é que a delação de Otávio Azevedo será tão bombástica quanto seria a eventual delação de Marcelo Odebrecht.

Otávio Marques de Azevedo promete contar tudo sobre a corrupção dos governos Lula e Dilma, no petrolão e na usina nuclear de Angra 3.

É que tem o 'roubo do bem' (e os autores serão chamados de 'heróis do povo brasileiro') e o 'roubo do mal' (coisa de ladrão mesmo...).

O PT malufou
O Antagonista

Dizer que há uma "caçada política" contra Lula é o mesmo que afirmar que há uma "caçada política" contra Paulo Maluf.

Aliás, esse é o argumento de Maluf.

O PT malufou.


Conteúdo à la carte
O Globo

Semana passada tomei uma decisão radical: assim como quase um milhão de outros brasileiros ao longo do último ano, cancelei a minha assinatura de TV a cabo. Não vou sentir falta. Tenho uma smart TV da Sony, tenho Apple TV e Chromecast, um exagero de opções (e sobreposições) para quem, na verdade, pouco assiste televisão; mas, sobretudo, tenho computador e smartphone, hoje as minhas telas preferenciais. Não me lembro mais, por exemplo, quando foi a última que vez que assisti a um telejornal na TV, embora, ao longo do último ano, tenha assistido mais ao "Jornal Nacional" e ao "Jornal da Band" do que jamais assisti antes. A diferença é que, agora, eles estão ao meu alcance em outras telas, na hora em que posso assisti-los. Para quem tem banda larga, já não faz sentido se prender a uma grade de programação: o futuro está no conteúdo por streaming, aquele que assistimos ao nosso gosto e conveniência.

Estamos passando por uma mudança de paradigma como nunca se viu no universo da informação e do entretenimento -- e o que mais impressiona nessa mudança é a velocidade em que vem acontecendo. A televisão a cabo ou por satélite é, ela mesma, bastante recente no Brasil, onde chegou nos anos 90. As suas promessas eram assombrosas para quem vinha de uns poucos canais, em sua maioria pouco sedutores. Pela primeira vez, teríamos acesso à programação de emissoras estrangeiras e dezenas de filmes à nossa disposição, em vez da meia dúzia programada pelas estações locais. News junkies como eu passaram a ter canais destinados unicamente às notícias; quando a CNN cobriu a Guerra do Golfo ao vivo, em 1994, uma nova página foi virada na história do mundo.

Na nova economia da informação e do entretenimento, que transforma a grade de programação em coisa do passado, vamos, cada vez mais, consumir conteúdo de diferentes fontes. Saem os canais tradicionais que conhecemos, entram serviços como o Netflix, o HBO Now, que talvez chegue à América Latina ainda este ano, ou o indiano Dishflix, que segundo a "Folha de São Paulo" estaria prestes a vir para o Brasil, assim como o Amazon Prime. O filé mignon do Dishflix, cuja assinatura mensal na Índia custa cerca de R$ 6, são os filmes indianos, mas nem só de Bollywood se faz o seu vasto acervo.

Não por acaso, a Netflix está na mira das operadoras de TV por assinatura, que estariam se articulando com legisladores em Brasília para enquadrar a empresa e aumentar o seu custo para o usuário final através de uma série de taxas e obrigações regulatórias. É uma reação previsível, mas inútil. O aumento do custo da mensalidade da Netflix não vai devolver às operadores os clientes que perderam; no máximo, vai empurrá-los para a pirataria, para serviços como o Popcorn Time, repetindo a velha novela que já vimos nos mundos do software e da música.

Cajazeiras Grande: é na base da peixeira!

Duas tentativas de homicídio foram registradas na noite desta segunda em Cajazeiras
Ângelo Lima






Duas tentativas de homicídio foram registradas na noite desta segunda-feira (08) na cidade de Cajazeiras. Na primeira ocorrência, um homem foi esfaqueado no bairro São Francisco zona sul da cidade, mas as causas da tentativa não foram reveladas.

Segundo colheu nossa reportagem, o homem sofreu três facadas sendo socorrido por uma VTR do Corpo de Bombeiros para o HRC e seu estado de saúde inspira cuidados.

O acusado não foi identificado.

Já a segunda tentativa ocorreu no bairro Vila Nova zona leste da cidade, depois que um indivíduo identificado como Fagner, vulgo Ravengão, desferiu um golpe de faca no pescoço de Damião Pereira.

Uma equipe do SAMU socorreu a vítima para o HRC onde o mesmo foi atendido ficando em observação.

Depois do delito o acusado, que é coveiro, fugiu tomando rumo ignorado.

Minhas amigas Eri Leite e Nidja Andrade em ritmo de carnaval.


‘Você vai dar esse dinheiro todo para o filho do Lula?’
Vera Magalhães 

Luiz Claudio: mulher de lobista estranhou pagamentos

Cristina Mautoni, mulher e sócia do lobista Mauro Marcondes, ambos presos na Operação Zelotes, depôs terça-feira na Justiça Federal em Brasília.

Diante do juiz, Cristina disse que estranhou o pagamento de 2,4 milhões de reais a Luís Claudio Lula da Silva pela empresa da qual é sócia e questionou o marido: “Você vai dar esse dinheiro todo para o filho do Lula?”.

A Mautoni & Marcondes é suspeita de ter repassado para o filho do ex-presidente dinheiro que recebeu de montadoras para fazer lobby pela prorrogação dos benefícios de uma medida provisória.

Luís Claudio afirmou que prestou consultoria para a empresa de Marcondes. Nos documentos que apresentou para comprovar o serviço, foram anexadas páginas extraídas do site Wikipedia.

Mas a 'folia' foi para 'salvar o povo brasileiro', né?

TIROTEIO
Coluna Painel - Folha

José Dirceu não consegue aceitar sua prisão na Lava Jato porque sempre se considerou acima da lei.

DE ROBERTO LIVIANU, promotor de Justiça, sobre o ex-ministro ter dito em depoimento a Sergio Moro não ver razões para estar preso em regime fechado.

A primeira página do jornal Gazeta do Povo


As manchetes do jornal O Estado de São Paulo


Os destaques do jornal Folha de São Paulo


A capa do Jornal da Paraíba


As manchetes de jornais brasileiros nesta terça-feira de carnaval..."Ô quarta-feira ingrata chega tão depressa só pra contrariar..."

Folha: Dívidas de 20 Estados chegam ao limite da lei

Globo:  Planos não cobrem exames para Zika

Extra: Justiça do Rio está alerta a surto de zika nas cadeias

ValorEconômico: Economia da Índia avança 7,3% nos três últimos meses de 2015

Estadão: Preocupação com economia mundial faz bolsas caírem

ZeroHora: Separação da BM expõe déficit de 50% nos bombeiros

EstadodeMinasOlimpíadas do Rio: Zika pode tirar EUA dos jogos

CorreioBraziliense: Tá tranquilo, tá favorável

- CorreiodaBahia: Grupo armado invade delegacia e liberta detenta

- DiáriodoNordeste: Incêndio atinge prédio no Guararapes

JornaldoCommercio: Moços e velhos

CorreiodaParaíba: Folia nem terminou e DSTs já preocupam