sexta-feira, 23 de outubro de 2020

Criando palavras...

Deputado assíduo
O assíduo deputado Chico Arlindo fez um discurso criticando os deputados faltosos da Assembleia Legislativa de Alagoas, lembrando que ele ali comparecia “cotidiariamente”. 

O deputado Aurélio Viana aparteou, com ar irônico: “Não é “cotidiariamente”, deputado; o certo é ‘cotidianamente’”. 

Chico Arlindo devolveu: “Cotidianamente para Vossa Excelência, que só aparece aqui uma vez por ano. Para mim, que venho todos os dias, é cotidiariamente mesmo.”

Bafo de Rola? Já tá eleita! Veja, no vídeo, a animação da campanha.

Pela regularização da contratação de servidores

MPT notifica Estado e recomenda concurso público para a Saúde
PortalCorreio
O Ministério Público do Trabalho (MPT) notificou o Governo da Paraíba para que seja realizado concurso público na área da Saúde em até 120 dias. O órgão alega que as vagas no setor tem sido preenchidas por codificados, temporários e médicos contratados como pessoas jurídicas. O MPT estima que 7.200 servidores estão em situação irregular, contratados unicamente através do seu CPF, sem exame seletivo. Leia a recomendação na íntegra.

O procurador Eduardo Varandas, autor da notificação ao Estado, argumenta que o governo não pode mais terceirizar serviços através de cooperativas médicas, conforme decisão judicial. Varandas pontua que a contratação de médicos através de CNPJ, prática que ele chama de pejotização, também não será tolerada. Ele destaca que já há termo de ajuste de conduta que impõe multa ao Estado caso permaneça com a prática ilegal.

O procurador lembra que permitiu que contratações sem exame seletivo fossem realizadas, excepcionalmente, apenas durante os picos da pandemia de coronavírus, a fim de evitar colapso no sistema público de saúde.

“O Estado da Paraíba, durante várias gestões, tem-se esquivado de realizar concurso público para a área da saúde, um setor fundamental. Infelizmente, quem arca com a desídia administrativa é o usuário do SUS que não se beneficia de profissionais concursados e motivados”, defende Eduardo Varandas.

O MPT recomenda que seja desenhado plano de cargos e salários para os servidores da saúde compatíveis com a qualificação dos profissionais e com decência da atividade.

Além do governador, João Azevêdo, e do secretário de Estado da Saúde, Geraldo Medeiros, foram comunicados sobre a notificação o Ministério Público da Paraíba (MPPB); o presidente da Assembleia Legislativa (ALPB), Adriano Galdino, e demais parlamentares; o Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB); e todos os sindicatos que representam os trabalhadores na saúde.

“Tentaremos um esforço conjunto para sanear os gargalos da saúde pública paraibana. Não vislumbramos outra solução senão o concurso público para servidor efetivo”, reforça Eduardo Varandas.

Ao Portal Correio, a Secretaria de Estado da Saúde informou que a Fundação PB Saúde deverá ficar a frente da seleção. Ainda não foram informados detalhes sobre o concurso.

PORTAL CORREIO

Santa Rita tem concurso já realizado (por exemplo, para professor), candidatos aprovados, mas não contratados

Justiça defere pedido do MPPB e proíbe prefeito paraibano de fazer novas contratações de servidores
Também foi determinado o processamento da imputação de improbidade administrativa contra o gestor, que deverá apresentar defesa preliminar no prazo de 15 dias.
ReporterPB
A 5ª Vara Mista de Santa Rita deferiu o pedido de tutela antecipada requerido pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) e determinou que o prefeito do município, Emerson Panta, abstenha-se de realizar novas contratações e prorrogações de contratos vigentes de servidores sem prévia aprovação em concurso público, sob pena de pagamento de multa de R$ 1 mil por cada contratação. Também foi determinado o processamento da imputação de improbidade administrativa contra o gestor, que deverá apresentar defesa preliminar no prazo de 15 dias.

A proibição de novas contratações e prorrogações de contratos sob pretexto de excepcional interesse público deve ocorrer até o trânsito em julgado da sentença de mérito da ação civil pública (número 0804236-47.2020.8.15.0331) que foi interposta pelo MPPB.

Segundo a promotora de Justiça de Santa Rita, Anita Bethânia da Rocha, que atua na defesa do patrimônio público, o prefeito, ao invés de promover concurso público para o preenchimento de cargos na administração, contratou prestadores de serviço, de modo precário, sem observar os critérios, vedações e prazos máximos estabelecidos pela legislação municipal. As contratações foram realizadas no período de 2017 a 2020.

Para a juíza Anna Carla Alves, restou demonstrado que os 137 servidores municipais contratados por “excepcional interesse público” e relacionados na ação civil público pela Promotoria de Justiça já extrapolaram o prazo máximo da duração de seus contratos “determinados” e/ou foram recontratados antes de decorridos 12 meses do seu pacto anterior, além de não atenderem propriamente a situações de idônea excepcionalidade à incidência da regra do concurso público.

A magistrada destacou que o próprio Tribunal de Contas do Estado também reconheceu o excesso de contratações, sem a devida observância legal, tendo sido recomendado ao Município que evitasse novos contratos, além de ser priorizado o concurso público.

De acordo com a decisão judicial, o município, em caso de evidente necessidade e urgência de nova contratação futura, por excepcional interesse público, deverá informar o Judiciário e demonstrar que a contratação preenche os requisitos legais.

Na pesquisa do Ibope, Cícero tem 21%; Nilvan Ferreira com 15% e Ricardo Coutinho com 10%. Veja os números da rejeição.

Ricardo continua liderando maiores índices de rejeição, revela Ibope
Lista dos postulantes com grande reprovação traz ainda Ruy Carneiro (PSDB), com 17%; Nilvan Ferreira (MDB), com 17%, e Wallber Virgolino (Patriota), com 16%
Os candidatos Ricardo Coutinho (PSB) e Cícero Lucena (PP) são os mais rejeitados entre os postulantes a prefeito de João Pessoa. Os dois aparecem como 53% e 30%, respectivamente. Na primeira sondagem, eles tinham com 43% e 30%. O cenário foi revelado na segunda rodada de pesquisas realizada pelo Ibope Inteligência, a pedido da TV Cabo Branco. A consulta foi realizada entre os dias 20 e 22 deste mês. Ricardo e Cícero são os únicos, entre os candidatos, que já comandaram a cidade.

A lista dos postulantes com maior rejeição traz ainda Ruy Carneiro (PSDB), com 17%; Nilvan Ferreira (MDB), com 17%, e Wallber Virgolino (Patriota), com 16%. Anísio Maia aparece em seguida, com 15%. Já Edilma Freire tem 13%, empatada numericamente com João Almeida (SD).

Veja a relação completa abaixo:

Ficha técnica da pesquisa

A pesquisa foi realizada entre os dias 20 e 22 de outubro de 2020. Ao todo, foram entrevistados 602 votantes. A margem de erro máxima estimada é de 4 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra. O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral.

A pesquisa foi contratada pela Televisão Cabo Branco LTDA./ TV Cabo Branco. A consulta foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba sob o protocolo No PB 08581/2020. A pesquisa foi feita de forma presencial, com os entrevistadores utilizando os equipamentos de proteção (EPIs) necessários para garantia da própria saúde e também a dos entrevistados.
Do Blog do Suetoni.

Na capa do jornal Correio Braziliense, merecida homenagem ao Rei Pelé - 80 anos

 



quinta-feira, 22 de outubro de 2020

Boa questão.

O que leva uma pessoa a queimar uma igreja
Por Paulo Polzonoff Jr. - GazetadoPovo
A foto que correu o mundo mostra o triunfo da extrema-esquerda cristofóbica no Chile. Mas como alguém pode se orgulhar de destruir a própria alma?

O poeta Manuel Bandeira, num dos momentos de desconsolo que lhe eram tristemente comuns, escreveu aquele que talvez seja o verso mais fatalista da língua portuguesa. O veredito de que “as almas são incomunicáveis” ganha, hoje, com todo o ruído das redes sociais e o ímpeto revolucionário dos jovens criados na segurança e abundância, uma dimensão maior. Soa quase como uma confissão de derrota, quando não um chamado para a reflexão silenciosa e resignada.

As imagens das igrejas incendiadas pela extrema-esquerda, pelos ultrarrevolucionários no Chile despertam, num primeiro momento, a onipresente revolta, que lentamente recua e dá lugar à pergunta imemorial: por quê? Para encontrar alguma resposta, é preciso abrir caminho pela multidão piromaníaca, prender a respiração para não aspirar a fumaça, desviar de santos reduzidos a escombros e, por fim, encontrar no meio da igreja ela, a jovem que, entre chamas infernais, celebra seu triunfo.

Contra o fogo e de máscara, é impossível identificá-la. Dificuldade agravada porque ela, a revolucionária, provavelmente não se vê como indivíduo. Ela é toda causa. Sua pele é causa, seu gênero é causa, os pelos de sua axila são causa. Sua roupa é causa, assim como seus cabelos, o tecido adiposo ao redor de sua cintura e seu gesto de triunfo diabólico. Seu intelecto é causa e sua alma, para que não reste dúvidas, é causa.

Ela que se regozija em meio às chamas deve ter aprendido desde pequenininha a odiar tudo o que a cerca. Talvez seus pais lessem para ela os poemas cheios de pieguice marxista de Neruda. Quem sabe lhe disseram que o Chile de Allende seria tão perfeito quanto o Reino dos Céus. Soma-se a isso umas desilusões amorosas, um chefe mal humorado num emprego mal remunerado, a necessidade desesperada de ser aceita por um grupo qualquer, nem que seja por um grupo de baderneiros escravizados pelo apego à juventude.

Destituída da individualidade, da qual abdicou por esses e outros motivos insondáveis, restou a ela destruir a única ponte a ligar o ser humano ao Mistério que atende por vários nomes. Ela faz isso porque tem mesmo fé no materialismo histórico que os profetas laicos travestidos de professores alardeiam como solução para todos os problemas do mundo. Uma vez purificada no fogo sacrílego, ela se olha no espelho e se vê como uma heroína improvável que lutou “do lado certo” da batalha pela alma de todos, todas e todes.

Mais importante: no futuro, velha e cansada, cercada por seus netes não-binários e depois de eliminar todos os grupos considerados opressores, num mundo sem família, fronteiras e religião, ela verá a foto emoldurada na parede e dirá, toda envaidecida: “eu mudei o mundo”. E ninguém questionará sua evidente senilidade da anciã revolucionária, uma demência cultivada desde a infância e na juventude adubada com o chorume de privilégios e narcisismo característicos de toda uma geração.

É, Bandeira, as almas são mesmo às vezes incomunicáveis. E, como neste dia me falta imaginação para entrar nesse labirinto escuro e cheio de certezas macabras que é a mente da militante feminista anticristã, me contento em olhar para a foto e rir (sim, rir!), sabendo que o fogo que destruiu as duas igrejas no Chile não é o fogo que destruirá a Igreja, muito menos os pilares sobre os quais ela foi erguida.

E que a redenção prometida pelo homem pregado na cruz hoje maculada pela arrogância política dos militantes é muito mais poderosa do que a birrinha infantil de qualquer incendiária.

'Al dente'...

No Piauí, Polícia Civil indicia mulher acusada de arrancar órgão genitais de vizinho com os dentes
A Polícia Civil concluiu o inquérito do caso do homem que teve os órgãos genitais arrancados e indiciou a mulher acusada de cometer o crime na cidade de Miguel Alves, no Piauí.

Segundo o titular da delegacia de União, Francírio Queiroz, a mulher, que ainda não teve a identidade revelada, foi indiciada por lesão corporal.

A versão dada pela mulher, de que teria cometido a agressão para se defender de um estupro, não foi comprovada e foi excluída do inquérito policial, de acordo com o delegado.

A denúncia foi encaminhada para o Poder Judiciário e a mulher vai responder ao processo em liberdade.

Saiba mais sobre o caso

A mulher começou a ser procurada no dia 5 de setembro. O crime aconteceu na casa do homem, durante a madrugada. De acordo com a Polícia Militar, a suspeita mora na casa ao lado da casa da vítima. O homem foi levado para o Hospital Estadual de União e recebeu alta no mesmo dia.

A Polícia Civil iniciou uma investigação para apurar a versão dada pela suspeita de arrancar os órgãos genitais de um homem após um vídeo e áudios divulgados pela própria mulher viralizarem nas redes sociais.

No material, a mulher confessou o crime e disse que agrediu o homem para se defender de uma tentativa de estupro.

Sobre o uso das verbas destinadas à Covid

MPF apura uso de verbas de combate à covid-19 para possíveis pagamentos indevidos à imprensa de Patos (PB)
Segundo relatório, foram gastos mais de R$ 131 mil do Fundo Municipal de Saúde nos últimos meses
Imagem: Secom/PGR

O Ministério Público Federal (MPF) instaurou procedimento com o objetivo de apurar uso de verbas de combate à covid-19 para possíveis pagamentos indevidos a pessoas que atuam na imprensa de Patos (PB) e empresas de comunicação do município.

Foi produzido o Relatório de Informações nº 04/2020, a partir de dados públicos relativos a despesas disponíveis no Portal da Transparência da Prefeitura Municipal de Patos, com informações públicas constantes das bases de dados à disposição do MPF. No relatório, se verificou o pagamento total de R$ 131.700, nos últimos meses, através do Fundo Municipal de Saúde, com recursos destinados ao combate da pandemia.

Para o prosseguimento das investigações, o procurador do caso, Tiago Misael de Jesus Martins, determinou expedição de ofício ao Tribunal de Contas da União (TCU) na Paraíba, solicitando informações sobre repasses federais para o Fundo Municipal de Saúde entre os recursos descritos no Portal da Transparência do Município de Patos, especificamente em relação aos recebedores descritos no Relatório de Informações nº 04/2020.

O MPF requisitou, também por ofício, que a Prefeitura de Patos apresente, em 10 dias, eventuais processos de dispensa de licitação, bem como de empenho, liquidação e pagamento realizados em favor das pessoas descritas no relatório de informações. O procurador ressalta que, no interior do processo de liquidação, deve conter provas de que serviços de publicidade sobre a pandemia de covid-19 foram efetivamente prestados.

Foi requisitado, por fim, com o objetivo de auxiliar nas investigações, todas as vinhetas eventualmente veiculadas em rádio, acompanhadas de relatório assinado pela empresa, discriminando datas e horários em que foram ao ar; além de links de todas as matérias jornalísticas publicadas em sites.

Procedimento nº 1.24.003.000367/2020-68

Assessoria de Comunicação
Procuradoria da República na Paraíba

OMS diz não.

OMS se posiciona contra a obrigatoriedade de vacina de covid-19
Vice-diretora da entidade afirmou que adultos têm capacidade de discernimento e que não recomenda medidas autoritárias sobre o tema
Roberta Ramos, Revista Oeste
A vice-diretora da OMS Mariângela Simão disse que vacina de covid-19 não pode ser obrigatória
Foto: Unaids

A Organização Mundial da Saúde (OMS) se posicionou contra a obrigatoriedade da vacina de covid-19, assim como o governo federal brasileiro.

De acordo com a vice-diretora da entidade, Mariângela Simão, em entrevista à CNN Brasil, adultos têm capacidade de discernimento para fazer escolhas informadas. Por isso, medidas autoritárias não se fazem necessárias.

Ela também aponta que obrigar a população a tomar vacina é algo de difícil implementação e fiscalização e que dependeria muito da situação interna de cada país.

“O desafio humano é usado para acelerar o processo e comparar uma vacina com outra, o que demora bastante tempo”, concluiu Mariângela. “A OMS tem colocado que precisa ter critérios: justificativa científica; tem que avaliar o custo benefício; recomenda-se que faça consulta pública sobre o tema; que haja coordenação entre pesquisadores e serviços de saúde; que a escolha de onde estudo vai acontecer seja criteriosa, pois se uma pessoa ficar doente, o serviço de saúde tem que ter condições de atender; e tem que ver o tipo de participante, que neste caso são voluntários jovens, de 18 a 30 anos, que têm menos complicações; e claro que tem que ter consentimento informado.”

Dia de São João Paulo II.

Ana Paula Henkel

Hoje, 22 de Outubro, celebramos o dia de São João Paulo II. O dia em que Karol Wojtyla celebrou sua primeira missa como Papa, em 1978, iniciando seu pontificado. “Se queres encontrar a fonte, deves caminhar para o alto, contra a corrente".

João Paulo II. Que falta ele faz por aqui.

Efeito de vacina é preocupante

‘Efeito colateral da vacina chinesa pode ser pior que a Covid-19’, diz neurocirurgião
Página1PB
Em entrevista ao programa Pânico desta quarta-feira, 21, o neurocirurgião Paulo Porto de Melo falou sobre os riscos e efeitos colaterais da Coronavac, a vacina contra o novo coronavírus produzida pela empresa chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan. Nesta semana, o imunizante chinês se tornou alvo de polêmicas com o anúncio, realizado pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, de que estaria em curso uma negociação para a compra de 46 milhões de doses da vacina. Após uma grande repercussão do acordo, o governo federal optou por recuar na decisão nesta quarta-feira, 21.

Durante a conversa, o neurocirurgião opinou sobre a controvérsia. “Primeiro precisamos entender que o processo de construção da medicina se dá passo a passo. Não é possível imaginar que exista uma vacina pronta em outubro para uma doença alastrada em março ou abril. Segundo dados de um estudo desenvolvido na Universidade Stanford, na Califórnia, estima-se que a taxa de letalidade global da covid-19, incluindo o Brasil, é de 0,3% e que cerca de 10% da população mundial foi infectada pela doença. Sendo assim, ainda temos 90% das pessoas suscetíveis ao vírus. O índice de efeito colateral da vacina chinesa, por sua vez, é de 5,37%, ou seja, quando colocamos esses 5% de chances de efeito colateral sobre a porcentagem da população brasileira que ainda não foi infectada, com certeza, vai morrer gente.” Paulo Porto de Melo comparou o índice de efeito colateral da Coronavac ao da vacina contra a poliomielite. “O público pode pensar que 5,37% é uma taxa baixa, mas representa, por exemplo, cem vezes mais chances de efeitos colaterais do que a vacina contra a pólio, que tem uma taxa de 0,05%. Por isso, talvez a vacina contra covid-19 mate ou prejudique mais gente do que a própria evolução da doença. Nós, médicos brasileiros, sabemos tratar a doença. Temos tratamentos para as fases precoce, intermediária e avançada então, por que vamos correr para fechar a economia ou lançar vacinas sem, ao menos, entender suas complicações a longo prazo?”, questionou. 

O médico repercutiu também o estudo brasileiro desenvolvido por grupos das Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e Universidade de São Paulo (USP), divulgado nesta semana, que comprova que o coronavírus é capaz de infectar células do tecido cerebral. “O vírus vai para o cérebro sim, mas não representa um grande terror. Até 1/3 dos pacientes infectados pela covid-19 terão sintomas neurológicos, sendo eles, por exemplo, dores de cabeça, alterações no olfato ou paladar, dores musculares, ou seja, sintomas totalmente reversíveis. No entanto, a possibilidade de alguns pacientes desenvolverem, por exemplo, um Acidente Vascular Cerebral (AVC), não é excluída. A gravidade do sintoma neurológico acompanha a gravidade do quadro de covid-19 e isso ressalta a importância do diagnóstico precoce”, concluiu.

Quem diria?!!

Covid-19: PT apresenta projeto para obrigar vacinação
Proposta é de autoria da presidente nacional do partido
Anderso Scardoelli - RevistaOeste
A presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann. Ao lado de colega de partido, ela defende a obrigatoriedade de vacina contra a covid-19

O Partido dos Trabalhadores quer obrigar todos os brasileiros a tomarem vacina contra o novo coronavírus. Em Projeto de Lei (PL) apresentado hoje à Câmara dos Deputados, dois representantes do PT propõem alterações no Programa Nacional de Imunizações, com inclusão de ações compulsórias em relação ao combate à covid-19.

A proposta da dupla petista sinaliza que a vacina a ser aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) terá sua aplicação “obrigatória”. Além disso, o texto defende que o imunizante precisa fazer “parte do calendário de vacinações do Programa Nacional de Imunizações”. O projeto é assinado pelos deputados paranaenses Enio Verri e Gleisi Hoffmann, presidente nacional do PT.

PT em sintonia com o PSDB

O PL de autoria dos dois parlamentares não faz distinção alguma entre os projetos de vacina que estão em fase de testes pelo mundo afora. Nesse sentido, o PT demonstra sintonia com ação definida por um governador do PSDB. O tucano paulista João Doria afirmou que a Coronavac será obrigatória para toda a população do Estado de São Paulo — apesar de o toxicologista Anthony Wong ter questionado a eficácia da vacina produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac.

Críticas ao presidente da República

Apesar de garantir que o projeto tem o intuito de imunizar a sociedade brasileira da covid-19, os deputados do PT apresentam justificativa recheada de críticas ao presidente da República. Para Verri e Gleisi, Jair Bolsonaro “tem atuado de forma contrária a todas as medidas de enfrentamento” da pandemia. Em trecho do documento, o mandatário do país ainda é chamado de “negacionista.”

A notícia é só esta.

 

Na capa do jornal Correio do Povo


quarta-feira, 21 de outubro de 2020

Novo relator no STF

Moraes se torna relator de inquérito contra Bolsonaro
Ministro substitui Celso de Mello no caso que apura suposta interferência política na Polícia Federal
Anderson Scardoelli - RevistaOeste
Alexandre de Moraes também é o relator do inquérito das ‘fake news’

O ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes é o novo relator do inquérito que apura suposta interferência política do presidente Jair Bolsonaro na Polícia Federal. O nome do juiz foi definido em sorteio pelo sistema eletrônico do STF, depois que o presidente da Corte, ministro Luiz Fux, determinou a redistribuição do caso entre os ministros. Celso de Mello cuidava do caso. A decisão acatou um pedido do ex-ministro da Justiça Sergio Moro, que também é investigado.

De acordo com o regimento do Supremo, os processos do gabinete de Celso de Mello devem ser repassados ao substituto dele no cargo. O presidente Jair Bolsonaro indicou para a vaga o desembargador Kassio Nunes Marques. Contudo, o nome teve de ser confirmado pelo Senado. A sabatina de Marques ocorreu nesta quarta-feira, 21. Os advogados de Moro argumentaram que a redistribuição era necessária porque o inquérito é um procedimento urgente.

Efraim Filho em destaque

Efraim Filho quer urgência na discussão sobre a prisão em segunda instância
Por Marcone Ferreira

O deputado federal Efraim Filho está no noticiário nacional, mas por uma boa causa e, certamente, algo que agrada a nós paraibanos. Ele assinou o requerimento de urgência a discussão sobre a prisão em segundo instância.

Efraim é o sétimo da lista de 24 líderes partidários que assinaram o requerimento, e está entre os parlamentares que querem que a discussão tenha um final feliz, já que é um debate que se arrasta há tempos na Câmara dos Deputados, em Brasília.

Quer dizer: o deputado da bancada paraibana assume uma bandeira defendida pelo povo, seja daqueles que o escolheram como representante no Congresso Nacional, ou de outros estados em que o parlamentar acaba sendo reconhecido por quem defende o bem comum.

Efraim foi notícia no Antagonista.

Cursos da UFPB com nota máxima no Enade-2019

Curso de Medicina da UFPB alcança conceito máximo no Enade 2019; VEJA A LISTA 
Fabricia Oliveira - PolêmicaParaíba
Dos 152 cursos superiores de instituições públicas e privadas na Paraíba que foram avaliados no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) 2019, sete alcançaram o conceito máximo da avaliação, a nota 5, de acordo com dados divulgados nesta terça-feira (20), pelo Ministério da Educação (MEC) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Todos os cursos que obtiveram a nota máxima no estado são oferecidos por instituições públicas. A maioria também é da área de exatas.

Cursos da Paraíba com conceito máximo no Enade, do MEC

Medicina, da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), campus João Pessoa;
Arquitetura e Urbanismo, da UFPB, campus João Pessoa;
Enfermagem, da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG);
Fisioterapia, da UFPB, campus João Pessoa;
Engenharia Civil, da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), campus Araruna;
Engenharia Civil, da UFPB;
Tecnologia em segurança do trabalho, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB), do campus de Patos.

O exame é obrigatório e avalia o desempenho dos concluintes dos cursos de graduação em relação aos conteúdos, às habilidades e às competências desenvolvidas pelo estudante durante a formação acadêmica. A cada ano o Enade se dedica a um Ciclo Avaliativo Trienal.

Vacina obrigatória? Já?!!

Morre voluntário brasileiro que participava dos testes de Oxford; laboratório não diz se ele recebeu vacina ou placebo
Informação foi confirmada pela Anvisa. Não se sabe se ele tomou a vacina ou o placebo.
Por G1
Morre voluntário brasileiro que participava dos testes da vacina de Oxford

Um voluntário brasileiro que participava dos testes da vacina de Oxford morreu, informou a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) nesta quarta-feira (21). Pesquisadores ligados aos testes do imunizante no Brasil apontam que o voluntário era um homem de 28 anos, médico e morador do Rio de Janeiro.

O caso foi revelado nesta quarta-feira pelo jornal "O Globo".

A Anvisa disse ter sido notificada do óbito em 19 de outubro, e que foi informada que o comitê independente que acompanha o caso sugeriu o prosseguimento do estudo (veja íntegra da nota da Anvisa abaixo). "O processo permanece em avaliação", disse a agência.

A Anvisa não esclareceu se o voluntário tomou a vacina ou o placebo. A farmacêutica AstraZeneca informou ao G1 que ainda não tinha um posicionamento sobre o caso.

Testes e acordo no Brasil

A vacina desenvolvida em parceria entre o laboratório AstraZeneca e a Universidade de Oxford é a principal aposta do governo federal para uma futura campanha de vacinação contra o novo coronavírus.

O estudo está na fase 3 dos testes, e eles começaram no Brasil em junho. Nesta fase, a eficácia da vacina é verificada a partir do monitoramento de milhares de voluntários. No país, 8 mil voluntários já participam do estudo.

Antes da fase 3, sua segurança foi verificada em pesquisas com um número menor de voluntários e nenhuma reação grave foi verificada, somente reações leves (leia mais abaixo).

O Ministério da Saúde prevê o desembolso de R$ 1,9 bilhão para o projeto AstraZeneca/Oxford, e espera oferecer 100 milhões de doses no primeiro semestre da vacina, caso os estudos confirmem sua eficácia e segurança. Além disso, prevê produzir mais 165 milhões de doses no Brasil no segundo semestre.

Segurança da vacina de Oxford

Um estudo com resultados preliminares da vacina de Oxford (AZD1222) foi publicado em 20 de julho, na revista científica "The Lancet". A pesquisa cita reações consideradas leves e moderadas e não fala sobre efeitos colaterais graves:

Dor após a vacinação: 67% sem paracetamol; 50% com paracetamol.
Fadiga: 70% sem paracetamol; 71% com paracetamol.
Dor de cabeça: 68% sem paracetamol; 61% com paracetamol.
Dor muscular: 60% sem paracetamol; 48% com paracetamol.

Os testes iniciais, das fases 1 e 2, foram realizados na Inglaterra, com 1.077 voluntários, divididos em dois grupos: 543 pessoas receberam a vacina experimental, e outras 534 receberam uma vacina de meningite (o grupo controle) – 56 participantes da vacina experimental receberam paracetamol profilático.

Nota da Anvisa sobre a morte do voluntário

Abaixo, veja a íntegra do posicionamento divulgado pela Anvisa:

"Em relação ao falecimento do voluntário dos testes da vacina de Oxford, a Anvisa foi formalmente informada desse fato em 19 de outubro de 2020. Foram compartilhados com a Agência os dados referentes à investigação realizada pelo Comitê Internacional de Avaliação de Segurança. É importante ressaltar que, com base nos compromissos de confidencialidade ética previstos no protocolo, as agências reguladoras envolvidas recebem dados parciais referentes à investigação realizada por esse comitê, que sugeriu pelo prosseguimento do estudo. Assim, o processo permanece em avaliação.

Portanto, a Anvisa reitera que, segundo regulamentos nacionais e internacionais de Boas Práticas Clínicas, os dados sobre voluntários de pesquisas clínicas devem ser mantidos em sigilo, em conformidade com princípios de confidencialidade, dignidade humana e proteção dos participantes.

A Anvisa está comprometida a cumprir esses regulamentos, de forma a assegurar a privacidade dos voluntários e também a confiabilidade do país para a execução de estudos de tamanha relevância.

A Agência cumpriu, cumpre e cumprirá a sua missão institucional de proteger a saúde da população brasileira."

Coisa linda de ser ver: amor entre irmãos.

Garotinho canta pra acalmar irmãzinha e emociona as redes. Vídeo
O amor entre irmãos é lindo. Veja o Colten, de 9 anos, num momento doce com a irmãzinha de 16 meses, Clairadee.

Enquanto a menina se aconchega sonolenta no colo do irmão, ele canta baixinho pra ela “Count On Me” de Bruno Mars.

A letra diz: “Você pode contar comigo tipo 1, 2, 3 … Eu estarei lá.” Clairadee fica totalmente relaxada e hipnotizada pelo carinho do irmão mais velho.

Eles são de Ohio, EUA e a cena, gravada em fevereiro de 2020, viralizou nas redes sociais com milhares de compartilhamentos.

Carinho

Os pais, dizem que o filho mais velho gosta de cantar pra irmãzinha e ela sempre o admira. Ele frequentemente ajuda a mãe, Charice, a cuidar de três irmãos mais novos. No vídeo, o jeito como a pequena olha para o irmão é de aquecer o coração.

“Meus bebês. Obrigado pela participação. Tenho muita sorte, esse menino É realmente incrível”, concluiu a mãe.

Assista:

Em debate a censura no Facebook.

Ex-engenheiro do Facebook denuncia como funciona a 'engenharia de censura contra discurso de ódio', perseguindo a direita e conservadores com chineses
POLITZ
O Facebook, a maior plataforma de rede social do mundo é notória por adotar um discurso e uma posição ideológica totalmente voltada à esquerda, inclusive, beneficiando diversas vezes os Democratas americanos, bem como suas ideologias perversas, censurando, perseguindo e combatendo grupos, perfis e páginas ligadas à direita e ao conservadorismo.

O ZeroHedge hoje trouxe uma publicação, originalmente reportada pelo The New York Post, que recentemente também foi vítima de censura por parte das redes sociais quando denunciou o esquema Hunter/Joe Biden, mostrando como funciona o esquema de engenharia contra 'discursos de ódio' na rede social.

E todos sabemos que 'discurso de ódio' nada mais é que um eufemismo para ser utilizado toda vez que a esquerda não concorda com você, literalmente transformando qualquer argumento contrário ao esquerdismo, como um 'discurso de ódio'. É a melhor desculpa e solução para tudo.

Conforme a reportagem do The New York Post, foi revelado que o Facebook utiliza pelo menos meia dúzia de funcionários chineses, especialistas no desenvolvimento de algoritmos e redes neurais para censurar a sua linha do tempo.

- "Você pode ver o poder [deles] em tempo real com essa tentativa de censurar, de restringir a distribuição dessa história do Post", disse o senador Josh Hawley, republicano do Missouri, em uma Conferência WSJ Tech Live na segunda-feira. "Quando você tem um monopólio no Facebook que tenta impedir a distribuição de notícias, temos um problema, e não é apenas com o New York Post."

Segundo a reportagem, o Facebook ou Foicebook no nosso entendimento, está liderando as acusações censura, inclusive recrutando chineses para trabalhar nas tecnologias de censura da rede social. A afirmação é de um próprio ex-engenheiro da empresa que conversou recentemente com o próprio The New York Post: "Então, em algum momento, eles [chefes do Facebook] pensaram: 'Ei, vamos conseguir vistos H-1B para que eles possam fazer este trabalho".

O ex-insider compartilhou algumas informações sobre a equipe do Facebook, chamada de grupo "Hate-Speech Engineering" ou "Equipe de Engenharia de Discurso de Ódio". A equipe é composta por pelo menos meia dúzia de cidadãos chineses e trabalha nos escritórios do Facebook em Seattle. Muitos desses Ph.D.s trabalham em algoritmos de aprendizado de máquina complexos que desenvolvem os seus feeds de notícias.

O ex-insider disse que a equipe ensina algoritmos para colocar conteúdo específico no topo de um feed de notícias enquanto outro conteúdo é colocado nos "últimos lugares".

Conforme explicado pelo insider, é assim que funciona a censura: o algoritmo de aprendizado de máquina e as redes neurais não proíbem conteúdo específico; eles apenas reorganizam o conteúdo no feed de notícias. É uma das "censuras mais sofisticadas da história da humanidade", observou o NYPost.

"O que eles não fazem é proibir uma hashtag pró-Trump específica", disse o ex-insider. Em vez disso, "conteúdo que é um pouco conservador demais, eles irão rebaixar a classificação. Você não pode dizer que está censurado".

O que é preocupante é como os estrangeiros, os da China, estão trabalhando na equipe de censura de mídia social do Facebook, que pode impactar diretamente como pensam dezenas de milhões de americanos. Por exemplo, se os algoritmos foram instruídos a empurrar histórias pró-Trump para baixo no feed enquanto empurram histórias pró-Biden, isso poderia impactar rapidamente o pensamento político de muitos, ou mesmo mudar o resultado de uma eleição se alguns estivessem indecisos.

De acordo com o NYPost, a equipe de Engenharia do Discurso de Ódio inclui um cientista pesquisador que obteve seu diploma de mestre em engenharia da computação pela Academia Chinesa de Ciências de Pequim.

NYPost entrou em contato com o Facebook sobre o assunto; aqui está o que o porta-voz da mídia social tinha a dizer:

- "Somos uma empresa mais forte porque nossos funcionários vêm de todo o mundo. Nossos padrões e políticas são públicos, incluindo sobre nosso programa de verificação de fatos de terceiros, e projetados para serem aplicados igualmente a conteúdo em todo o espectro político. Com mais de 35.000 pessoas trabalhando em questões de segurança e proteção no Facebook, a insinuação de que esses funcionários têm uma influência descomunal em nossas políticas ou tecnologia mais amplas é absurda."

Enquanto isso, se compararmos à censura que as reportagens sobre o caso Joe/Hunter Biden do próprio NYPost, outro ex-funcionário do Facebook afirmou também para o jornal de que a rede social "é praticamente um braço do Partido Democrata - um braço de extrema-esquerda do Partido Democrata".

Na terça-feira, o Project Veritas divulgou uma entrevista disfarçada a um gerente do programa Google Cloud que revelou que o mecanismo de busca está manipulando resultados intencionalmente para beneficiar os Democratas.

Tudo isso está confirmando que a grande tecnologia é inerentemente tendenciosa para os conservadores. Quanto ao Facebook, sua escolha de contratar cidadãos chineses das sociedades mais censuradoras do mundo sugerem: se você quer censura e repressão, vá para os especialistas! A CHINA!
.................
Fontes das Informações
"...content that is a little too conservative, they will down-rank. You can't tell it's censored."
www.zerohedge.com

China is one of the most censorious societies on Earth. So what better place for Facebook to recruit social media censors? There are at least half a dozen “Chinese nationals who are working on cen…
nypost.com

“Facebook is almost an arm of the Democratic Party — an arm of the far-left wing of the Democratic Party.” So said the former Facebook insider as we sat down for an interview at a Midtown restauran…
nypost.com

Polícia Federal nas ruas

PF cumpre mandado de busca em endereço do senador Fernando Collor em SP
Operação investiga esquema em 2014 e 2015 que envolvia o pagamento de propina para a liberação de licenças ambientais no Ibama, no Paraná.
Gabriel Palma, TV Globo e G1 SP
Fernando Collor é alvo de mandado de busca em operação autorizada pelo STF

A Polícia Federal cumpre nesta quarta-feira (21) um mandado de busca e apreensão em um endereço ligado ao senador Fernando Collor (PROS), em São Paulo. As buscas fazem parte da operação Quinto Ato, que investiga um esquema em 2014 e 2015 que envolvia o pagamento de propina para a liberação de licenças ambientais no Ibama, no Paraná. Cerca de 50 policiais participam da operação.

A operação desta quarta foi autorizada pelo ministro Edson Facchin, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Foram expedidos 12 mandados de busca e apreensão em endereços vinculados aos investigados e também foi determinado o bloqueio de valores financeiros. Além de São Paulo, também há mandados sendo cumpridos nas cidades de Curitiba e Pontal do Paraná, no Paraná, e Gaspar, em Santa Catarina.

Em Gaspar, a PF de Itajaí informou que cumpriu mandados em dois endereços de uma mesma pessoa, onde foram apreendidos documentos, um celular e um computador.

Os crimes teriam ocorrido entre 2014 e 2015, quando vantagens indevidas teriam sido pagas para a liberação de uma licença ambiental para a instalação de um porto no Paraná.

Procurado pelo G1, o senador ainda não se manifestou.

A operação desta quarta é um desdobramento da Operação Politeia, deflagrada em 2015, no âmbito da Lava Jato, quando carros de luxo do senador Collor foram apreendidos.

O nome da operação, Quinto Ato, é uma referência a um rastreamento financeiro feito pela PF a partir da quinta parcela de um jato executivo comprado pelo senador.

A PF em Cajazeiras

PF EM CAJAZEIRAS: Há suspeitas de extensão das apurações da Operação Andaime
Por Fernando Caldeira - NotíciasPB
A qualquer momento poderemos trazer novas informações sobre a presença da Polícia Federal (PF) na cidade de Cajazeiras no dia de ontem (20).

Pelas apurações iniciais que conseguimos com fontes do sertão, a ida da PF à Cajazeiras seria para intimar ex-secretários municipais de gestões passadas a deporem na sede da Delegacia da Polícia Federal em Patos.

O portal está mantendo contatos, inclusive com a PF, tentando buscar mais esclarecimentos a respeito do fato que, dizem, teria ligação e seria uma extensão das apurações da chamada Operação Andaime, deflagrada em 26 de junho de 2015.

A Operação Andaime desarticulou quadrilha especializada em fraudar licitações em obras e serviços de engenharia executados por 16 prefeituras do Alto Sertão da Paraíba. Entre os crimes praticados estão corrupção ativa e passiva; falsificação de documento público; lavagem de dinheiro; peculato e fraude licitatória; e organização criminosa.

Vacina só depois de tudo comprovado, cientificamente, conforme exigem os especialistas.

“Não compraremos vacina da China”, diz Bolsonaro
Presidente cancela acordo de ontem
Ministro Pazuello foi desautorizado
Poder360
O presidente Jair Bolsonaro é desafeto político do governador de São Paulo, João Doria

O presidente Jair Bolsonaro decidiu cancelar o acordo firmado pelo Ministério da Saúde para a compra de 46 milhões de doses da CoronaVac, a vacina contra covid-19 desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac Biotech em parceria com o Instituto Butantan, de São Paulo.

A reportagem do Poder360 apurou que Bolsonaro enviou mensagens a ministros com o seguinte teor:

“Alerto que não compraremos vacina da China. Bem como meu governo não mantém diálogo com João Doria sobre covid-19“.

O presidente e o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), são desafetos políticos.

Bolsonaro também manifestou publicamente sua percepção negativa sobre a vacina chinesa. Em resposta a usuários do Facebook, o presidente reforçou que o Brasil não comprará o imunizante da China e falou até em “traição“.
Horas depois da publicação desta reportagem, Bolsonaro voltou a comentar o que chamou de “vacina chinesa de João Doria” em suas redes sociais. O presidente publicou, às 9h45, que não permitirá que a população brasileira seja “cobaia de ninguém“. Eis o que escreveu Bolsonaro [os grifos são do próprio presidente]:

“Para o meu governo, qualquer vacina, antes de ser disponibilizada à população, deverá ser COMPROVADA CIENTIFICAMENTE PELO MINISTÉRIO DA SAÚDE e CERTIFICADA PELA ANVISA. O povo brasileiro NÃO SERÁ COBAIA DE NINGUÉM. Não se justifica um bilionário aporte financeiro num medicamento que sequer ultrapassou sua fase de testagem. Diante do exposto, minha decisão é a de não adquirir a referida vacina“.

A decisão de Bolsonaro desautoriza o ministro Eduardo Pazuello (Saúde), que havia assinado o protocolo para a aquisição das doses na véspera (3ª feira, 20.out.2020). 

O acordo previa a edição de medida provisória para disponibilizar crédito de R$ 1,9 bilhão para comprar as vacinas.

Entusiasta da CoronaVac, João Doria tem reunião nesta 4ª feira (21.out), em Brasília, com o presidente da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), Antonio Barra Torres.

A agência precisa autorizar o registro da vacina para que as doses possam ser disponibilizadas à população.

Bolsonaro e Doria tem atuado em polos opostos e protagonizado embates durante a pandemia. O presidente é contrário às medidas mais restritivas para obrigar o isolamento social, enquanto o governador paulista estimulou ampla quarentena no Estado mais rico do país. Os 2 chegaram a bater boca publicamente em reunião realizada em março.

Nos últimos dias, Bolsonaro e Doria têm divergido também sobre a obrigatoriedade da aplicação da vacina assim que ela estiver disponível. O tucano diz que irá exigir a imunização em São Paulo. Já o presidente afirma que o governo federal não tornará a vacinação obrigatória e que cabe ao Ministério da Saúde recomendações dessa natureza.

CORONAVAC X OUTRAS VACINAS

A vacina chinesa contra a covid-19 está na 3ª e última fase de testes. De acordo com o presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, a segurança da substância já está comprovada. Falta agora ter certeza sobre sua eficácia.

No início desta semana, autoridades paulistas apresentaram os resultados dos estudos mais recentes com a CoronaVac. Segundo os estudos, 35% dos 9.000 voluntários tiveram reações leves, como dor no local da aplicação, e nenhum efeito colateral grave durante os testes. O resultado significa que a vacina tem “excelente perfil de segurança“, de acordo com Dimas Covas. “É a vacina mais segura, no momento. Não no Brasil. No mundo“.

Os testes com a CoronaVac no Brasil são realizados desde julho com 13.000 voluntários em São Paulo e mais 6 Estados, bem como no Distrito Federal. As doses são aplicadas em profissionais de saúde que atuam no combate à pandemia. Ainda neste mês, os testes serão expandidos também para idosos, gestantes e portadores de doenças preexistentes.

O Ministério da Saúde tem acordo para compra de imunizantes da AtraZeneca (Reino Unido) e também de adesão à aliança internacional Covax.

Pesquisa realizada em agosto pelo PoderData mostrou que as vacinas em desenvolvimento que mais inspiram a confiança dos brasileiros são as dos Estados Unidos. São 26% da população os que dizem que preferem tomar a vacina norte-americana, caso várias sejam disponibilizadas. As vacinas chinesas foram a opção escolhida por só 8% dos entrevistados.
Entre os apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (aqueles que consideram o governo “bom” ou “ótimo“), 40% dizem preferir tomar a vacina dos Estados Unidos, enquanto só 7% dizem querer o imunizante chinês.

Os destaques do jornal Estado de Minas

 

terça-feira, 20 de outubro de 2020

Escute a oração que Jesus ensinou a seus Discípulos (Pai Nosso) com a narração de Gilson Souto Maior

 

Gilson Souto Maior

O PAI NOSSO é uma oração de todos os cristãos. É a continuidade de um projeto do jornalista Gilson Souto Maior, que objetiva gravar trechos bíblicos, e, levá-los, através da mídias, ao mundo cristão.

O destaque brasileiro no enfrentamento da pandemia

Brasil é o 2º país que mais ofereceu benefícios fiscais durante a pandemia na América do Sul
Medidas anunciadas pelo governo atingem 11,8% do PIB e só perdem para o valor ofertado pelo Peru, de 15,8%
Roberta Ramos - RevistaOeste
Primeiro-ministro, Walter Martos, peruano em visita a uma região afetada pelo coronavírus no país

O relatório “Uma análise do impacto econômico da covid-19 na América do Sul”, divulgado pela empresa de auditoria financeira KPMG, contradiz àqueles que insistem em afirmar que o governo federal não deu o devido apoio financeiro ao país durante a pandemia.

De acordo com as informações colhidas pelo relatório, o Brasil é o segundo país que mais ofereceu benefícios fiscais durante a crise do coronavírus na América do Sul.

As medidas anunciadas pelo governo tiveram um custo de 11,8% do Produto Interno Bruto (PIB, a soma de todas as riquezas produzidas aqui) do ano. Só perde para o que foi ofertado no Peru, que ficou em 15,8% do PIB.

Cabe dizer que a taxa de mortalidade do país vizinho é, segundo o site Worldmeters, a segunda maior do mundo, com 1.020 mortes a cada um milhão de habitantes.

Entre as medidas que usaram os recursos federais no Brasil estão, ainda segundo o relatório da KPMG, “apoio temporário à renda das famílias vulneráveis e compensação aos trabalhadores temporariamente suspensos ou com redução do horário de trabalho.” Ou seja, o auxílio emergencial, popularmente conhecido como coronavoucher, e os acordos trabalhistas que garantiram o emprego de milhões de brasileiros durante toda a pandemia.

Pesquisa eleitoral (Consult/Arapuan) em João Pessoa: quadro da rejeição dos candidatos a prefeito da capital

 



Avanço no saneamento básico

Leilão de saneamento básico em Cariacica, no Espírito Santo, tem deságio de 38%
Disputa ocorrida nesta terça-feira (20) é a segunda que ocorre sob o Marco Legal para o setor. Empresa vencedora deverá investir R$ 580 milhões em 30 anos
Com um desconto de 38,12% no valor máximo a ser recebido pela tarifa de esgoto (R$ 0,99 por metro cúbico, diante dos R$ 1,60 estabelecido no edital), a Aegea venceu o leilão pela Parceria Público Privada (PPP) do esgotamento sanitário de Cariacica e de alguns bairros de Viana, na região metropolitana de Vitória, no Espírito Santo. No total, a empresa terá que investir R$ 580 milhões em 30 anos, dos quais R$ 180 milhões devem ser desembolsados logo nos cinco primeiros anos. No total, cerca de 423 mil habitantes serão beneficiados.

A abertura dos envelopes ocorreu nesta terça-feira (20), na B3, em São Paulo. Sete concessionários disputaram o certame. Os serviços serão realizados em parceria com a Companhia Espírito-santense de Saneamento (Cesan) e o objetivo da PPP é a universalização do acesso à rede de esgotamento até o décimo ano de contrato. Atualmente, a cidade capixaba conta com apenas 48,3% de coleta de esgoto.

Este é o segundo leilão no setor de saneamento básico desde a sanção do novo marco regulatório, em julho deste ano. O primeiro ocorreu em 30 de setembro e selecionou a concessionária que será responsável pelos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário da Região Metropolitana de Maceió, composta por 13 municípios.

De acordo com o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, ambas as licitações realizadas sob as novas regras foram um sucesso. “O Marco Legal do Saneamento, aprovado pelo presidente Jair Bolsonaro, garante segurança jurídica para investimentos no setor e uma maior previsibilidade, o que contribuiu para o grande número de interessados”, explicou Marinho.

O secretário Nacional de Saneamento do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), Pedro Maranhão, participou do leilão e ressaltou que o Brasil está no caminho certo. “Estamos muito contentes com este acerto do Governo Federal em chamar a iniciativa privada para o setor de saneamento. Só assim vamos conseguir atender mais de 100 milhões de pessoas que não têm esgoto e outras 35 milhões que não têm abastecimento de água”, afirmou.

O MDR é o responsável por implementar e orientar as diretrizes das políticas públicas de saneamento básico no País. O projeto para a Parceria Público Privada foi estruturado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), em parceria com o Governo do Estado do Espírito Santo.

Marco Legal do Saneamento

O novo Marco Legal do Saneamento tem como principal objetivo estruturar um ambiente de segurança jurídica, competitividade e sustentabilidade, a fim de atrair novos investimentos para universalizar e qualificar a prestação do serviço no setor. A meta do Governo Federal é alcançar a universalização dos serviços de saneamento básico até 2033, garantindo que 99% da população brasileira tenha acesso à água potável e 90% ao tratamento à coleta de esgoto.

Pesquisa eleitoral em João Pessoa

Cícero e Nilvan lideram pesquisa Arapuan/Consult para disputa da prefeitura de João Pessoa; confira números
Paraíba.com.br
Na pesquisa do Instituto Consult, divulgada nesta terça-feira (20), durante o programa de Rádio “Arapuan Verdade”, o candidato Cícero Lucena, do Progressistas, aparece em primeiro lugar com 20,1%, seguido de Nilvan Ferreira, do MDB, com 19%, na disputa pela prefeitura de João Pessoa.

Wallber Virgolino (Patriota), possui 13%, seguido por Ricardo Coutinho (PSB), com 12,5%, Edilma Freire (PV), 7,2%, Rui Carneiro (PSDB), 6,1%, Raoni Mendes (DEM), 2,3%, João Almeida (Solidariedade), 0,9%, Anísio Maia (PT), 0,8%, Ítalo Guedes (PSOL), 0,3%, Rafael Freire (UP), 0,1%.

Camilo Duarte, do PCO. Carlos Monteiro, da Rede, Rama Dantas, do PSTU, não foram citados. 10,7% disseram que não votam em nenhum candidato enquanto que 7% não souberam responder à pesquisa.

Encomendada pelo Sistema Arapuan de Comunicação, a pesquisa está registrada com o número PB-01936/2020 no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB).

Durante o levantamento, foram ouvidas 1000 eleitores. entre os dias 16 e 18 deste mês. de diferentes faixas etárias residentes em 40 bairros da cidade.

A pesquisa possui uma margem de erro de 3,1 pontos percentuais para mais ou para menos.

Incentivo cultural em Cajazeiras

NA TERRA DO SABER: SECULT DIVULGA RELAÇÃO DE PROJETOS APROVADOS NA LEI ALDIR BLANC EM CAJAZEIRAS
FolhadoVale
O secretário de Cultura e Turismo da Prefeitura Municipal de Cajazeiras, Ubiratan di Assis, anunciou nesta segunda-feira (19) o resultado da seleção de projetos da Lei Aldir Blanc no município. Foram 93 projetos aprovados e 16 indeferidos. Nesta quarta-feira (21), a partir das 15h30, serão entregue os cheques da primeira parcela dos recursos na sede da Secult, no Casarão da Epifânio Sobreira, centro.

A Lei Aldir Blanc (14.017, de 29 de junho de 2020) estabelece recursos para a cultura nessa época de pandemia. Cajazeiras recebeu recursos na ordem de R$ 456.879,68, que serão pagos aos proponentes dos projetos aprovados em três parcelas. O secretário Ubiratan di Assis se disse satisfeito com o resultado e acredita que os projetos vão alavancar os eventos culturais na Terra do Padre Rolim nas mais diversas áreas.

Confira a relação dos projetos aprovados

Evoluindo Sonhos de Ser DJ – Romário da Silva Carvalho
Primeira Pessoa, 50 Ilustres – Alexandre Batista Rolim
Junina Tradição da Império – Guilherme Silva Andriola
Baú de Brincadeiras – Flávia Rafaela Rolim Gomes
Um Olhar do “Mei” de Feira- Haldemir da Silva Lima
Um Olhar do Açude Grande – Maria Sueli Dias de Freitas
Cajazeiras Memória em Músicas e Poesias – Fernando Inácio da Silva
Senhora Moon as Quatro Fases de Uma mulher – Girlene Ferreira Moreira
Cantorias na Feira – Gilmar Sousa de Oliveira
Apresentações Musicais com Neném Cantor – José Odair Moreira da Silva
Oficina de Iniciação ao Teatro – Francisco Hernandes de Oliveira
Capoeira Irmão de Fé Câmara – Renato Paranaíba Barros
Oficina de Iluminação Cênica – Frank Wollasy Burity de Oliveira
Museu do Futebol – Reudisman Lopes Ferreira
Música Boa Pra Todos – Ronielle de Oliveira Santos
Clássicos Nordestinos ao Pôr do Sol do Açude Grande – Jonas Leandro
Documentário Conspiração Apocalipse – Gilberto Alvares Monteiro
Autêntico Forró Pé de Serra – Damião Francisco de Souza
Música de Cajazeiras – Sérgio David de Souza Sobrinho
Primeiro Seminário de Dança “Mais Jazz” – Marcelo Pereira Silva
Memória Patrimônio Histórico – Aguinaldo Rolim
Natal Com Música Eletrônica – Romualdo de Almeida Braga
Carnaval de Cajazeiras na Rede – Fábio Pereira
2021 de Forró Instrumental – Francinélio Cândido Amaro
4° Edição Projeto Toca Raúl – Hélder Vieira Silva
Bricantes: Ancestrais e Referências – Fernanda Carolina Aguiar
Brincando Com os Pincéis – Waleska Tupiná de Souza
Quinto Paraíba em Dança – Francisco Alison Barbosa Silva
14° FENERD – Júlio César Oliveira da Silva
Literatura de Cordel – Poesia Virtual Veruza Rolim Guedes
Cidade Colorida- Fábio Gonçalves Rolim
Banda Lucas Gava – Clóvis Alves da Silva Dias
Sementes da Educação – Rômulo Tonyathy da Silva Mangueira
Ensaio do Cafuçu no Leblon – Eduardo Jorge Gomes Pereira
Mostra Lives de Curtas Metragens – Janduy Acendino Cassemiro de Assis
Ta na Rua… É Arte – José Denilson Feitosa Rolim
1° Mostra Cajazeirense de Música – José Aldemir Dantas Cartaxo
Cantoria de Calçada – Francisco Matias de Oliveira
Escrita Criativa e Dramaturgia: da ideia ao texto – Daniel Dantas
Corpo em Movimento “Dança e Acessibilidade”- Maria Tatiane Feitosa da Silva
Noite Cultural – Edivânia Figueiredo Rodrigues
Rádio Também é Cultura – José Pereira Leite Neto
ACAL – Francisco das Chagas Amaro da Silva
Música pra Quem Te Quer – Francisco de Assis França da Silva
Cantoria Popular – Francisco Xavier Cipriano de Oliveira
Balé Irmã Fernanda – Maria Bernadete de Sousa Martins
Criando Arte – Gilmara Ribeiro Porfírio
11° Forró na Praça – Joab Pires de Assis
Sucessos da Praça do Frevo On-line – Marcos Rogério Rolim
Sol Frência – Francinildo Tavares Ferreira
Auto de Natal – Juciê Alves Pereira
Festival de Música Live – Francisco Henrique da Silva
Contrabaixo para Iniciantes – José Moura Gouveia
Show do Calçadão – Luiz Carlos de Oliveira Vilar
Espetáculo o Tempo Não Para Cazuza Eternamente – Diógenes Tallison Ferreira
Apresentações Musicais da Banda Danos Morais – Romeu Moreira Vieira
Xote e Piseiro Nas Praças – José Edjonhson Souza Gomes
Biguinho Show na Praça – Everton Gomes Pereira
51° Festival de Repentista do Sertão Paraibano – Raimundo Borges de Almeida
Uma Arte Milenar – Maria de Lúcia de Souza Ferreira
Dança Movimento Promovendo Desenvolvimento – Maria Lourdejane da Silva Alves
O Palco Agora é Meu – Saulo Péricles Brocos Pires Ferreira
Cajazeiras Antigamente já era Moderna – Joyce Montinelly Oliveira
A Música de Esperança Para Novos Dias – Francineide Candido Amaro
Exposição de Pinturas – Mauricio Ribeiro de Andrade
Encontro com Chico Amaro – Francisco Amaro da Silva
Arte em PVC – Fabiano da Silva Feitosa
Teatro na Rua – Karla Crhistiane de Souza Feitosa
Capoeira e Inclusão Social – Vanderly Pereira Cabral do Nascimento
Um Universo de Estrelas, Drag Queen no Poder – Germano Bismar Apolinário
Uma Arte Milenar que Merece Continuar – Maria de Lourdes de Souza Mariano
Desenhando o Futuro – Mateus Alexandre de Lima
Poesia Cantada – Cícero Raelson da Silva Crispim
1° Festival de Circo “Lá Confusion” – Érica Veluma Ferreira Lopes
Movimento nos Bairros Populares de Cajazeiras – José Alves Neto
Fogo de Chão – Sérgio Jacob de Carvalho
8° Nostal Rock – Valdemir Silva de Santos
Mostra de Teatro Cajazeirense On-Line – Aline Pereira Almeida
Paredes Poéticas – Antônio Ciriaco da Silva
Nova Face, Levando a Cultura do Hip-Hop – Glemerson Vinicius de Albuquerque
Exposição “A Maria” Xilogravuras – José Marcos Pereira Bezerra
Arte em EVA e Filtro dos Sonhos – Eunice Ramalho Moreira
Uma Noite Musical com Rayara Moura – Rayara Araújo de Moura
Cantando na Praça – José Carlos Marques Maciel
Lives Artistas na Virada do Ano – Francinaldo Lins Amaro
Contação de Histórias Elaine Alves Pereira
Oficina Edição de Vídeos – Paulo Jorge Silva Oliveira
Live Natal Com o Pagodão AS – Genilson Pereira da Silva
Palhaçada de Natal com o Palhaço Palitinho – Arnaldo Furtado de Souza
Circula Dança: Ponto de Ruptura – Vitória Alencar Ferro Sanz
Apresentação de Monólogo: De Hoje eu Não Passo – Thainara Maria Gonçalves Farias
Música Jocélio Amaro e Amigos – Jocélio Amaro da Silva
23° Cajá Rock Live – Osvaldo Ferreira Moésia

Vida que segue...

Coronavírus: PB decreta calamidade pública por mais 180 dias
Complexo Hospitalar de Patos, no Sertão da Paraíba 

O decreto de calamidade pública foi prorrogado por mais 180 dias pelo Governo da Paraíba, na edição desta terça-feira (20) do Diário Oficial do Estado (DOE). A medida acontece devido à situação de emergência de saúde pública de importância internacional durante a pandemia do novo coronavírus.

O decreto permite a aquisição de bens móveis e imóveis privados, serviços pessoais e utilização temporária de propriedade particular. Assim como adoção de medidas excepcionais para combater a pandemia no território paraibano. Em casos de efetiva demonstração de urgência, podem ser feitas com a dispensa de procedimento licitatórios, a aquisição de bens e serviços.

3.001 mortes

Nessa segunda-feira (19), a Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou 114 novos casos de Covid-19 e oito óbitos. Das vítimas, quatro são das últimas 24 horas. Até o momento, 128.549 pessoas já contraíram a doença na Paraíba, 104.636 se recuperaram e 3.001 morreram.

As informações são do PortalT5 parceiro do Radar Sertanejo na Paraíba.

Espaço aos cuidados de outras doenças

 CAJAZEIRAS
Leitos de UTIs da Ala Covid do HUJB é desativada para o retorno de procedimentos cirúrgicos diz diretora
Portal CZN
O fechamento dos leitos de UTIs do HUJB (Hospital Universitário Júlio Bandeira), abertos para atender pacientes acometidos de Covid-19, ocorreu após a baixa nos índices de ocupação do Hospital Regional de Cajazeiras.

Segundo a diretora Dra. Mônica, desde setembro ocorreu o fechamento dos leitos de UTIs devido a baixa nas internações de pacientes acometidos de Covid-19, no HRC referência da região. Como o HUJB era apenas um suporte, a direção decidiu desmontar os leitos e reativar o Centro Cirúrgico para retornar os procedimentos de cirurgias devido a demanda existente.

O HUJB tem recebido pacientes de toda região necessitando de se submeter a cirurgias que foram reiniciadas no mês de setembro.

Que fase! Milton Neves e brasileiros detentores de bundas famosas...